sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Homenagem à Santa Bárbara

A Santa Casa de Misericórdia de Cachoeira mantém a tradição das reverências para Santa Bárbara, santa católica sincretizada no candomblé como Yansã, a rainha dos raios e dos trovões, em seu dia, 4 de dezembro(terça-feira). às 19 horas será celebrada uma missa na Igreja da Ordem Terceira do Carmo. Após a missa, os fiéis saem em procissão com a imagem da santa para pecorrer as ruas do centro histórico. O cortejo religioso contará com as participações das filarmônicas Lyra Ceciliana e a
Minerva Cachoeirana.
Também no dia de Santa Bárbara, será servido um caruru na praça Dr. Milton, organizado pelo psicólogo Raimundo Oliveira e um grupo de pessoas da comunidade. A iguaria será servida após a procissão. Está programada também uma atividade cultural com as presenças da Esmola Cantada e o Afoxé Filhos de Oxalá. O caruru é preparado com a colaboração de diversas pessoas.

VÍDEO: BABALORIXÁ LEOPOLDO ROCHA NA FESTA DE OGUM DE 2006

video

Terreiro cumpre obrigação ritualística

Terminará na madrugada de sábado, os rituais do axêxê de um ano do babalorixá Leopoldo Silvério da Rocha, fundador do Ylê Oyó Mecê Alaketu Ogum, terreiro da nação ketu, da cidade de Governador Mangabeira. Filhos e filhas de santo e de sangue, amigos, após os rituais, participarão de uma missa que será celebrada às 7 horas, em memória do religioso e da sua esposa Nanci Santos Leite, ambos mortos em acidente de automóvel no dia 14 de maio do ano passado. No mesmo acidente faleceu um jovem ogã da casa. O Terreiro Ylê Oyó Mecê Alaketu Ogum retomará as suas atividades religiosas ainda no próximo mês, tendo como zelador Leomar Rocha filho de santo e de sangue e sucessor do babalorixá Leopoldo Silvério da Rocha.

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Artesanato cachoeirano

Quem aprecia um bom artesanato pode dar uma passadinha no hall do Centro de Cultura e Arte de Cachoeira para conferir. Lá, estão expostas uma grande variedade de peças confecionadas pelas artesãs do Instituto Mauá local. O bazar natalino já é uma tradição de final de ano na cidade histórica Monumento Nacional. Parabéns para o pessoal do Instituto Mauá cujos trabalhos são coordenados pela competente artesã Noelice Pereira. O Mauá agora está funcionando no Centro de Cultura e Arte, um local de fácil acesso para toda população. ( Foto: A artesã Noelice Pereira)
Pensamento para um Bom Dia HOJE:
"Experiência não é o que acontece com você, mas o que você fez com o que lhe aconteceu".
(Aldous Huxley)

quarta-feira, 28 de novembro de 2007

POMPOM PATÉTICO

Depois de sofrer uma "churria" durante uma manifestação popular, Pompom parece que destrambelhou de vez. Foi parar num programa de rádio para falar um bocado de bobagem e fazer insinuações contra seus adversários políticos. Não satisfeito com sua falação catatônica, atacou novamente de "representante do Governo do Estado na região". Este negócio está virando obsessão crônica. Este rapaz precisa ser tratado com urgência. Quem avisa amigo é. Se demorar muito, vão vê-lo repetindo pelas ruas da cidade, vestido com a roupa de Napoleão Bonapart, chapéu feito de jornal na cabeça, espada de cabo de vassoura em punho e montado num cavalinho de pau:" eu sou representante do Governo do Estado, eu sou representante do Governo do Estado, eu sou representante do governo do Estado...

Manifestantes ocupam escritório da Embasa

Carregando colchões, garrafas com água e copos, e fazendo muito barulho com apitos, um grupo de moradores do Alto da Rodagem, área que vive em risco constante de desabamento, ocupou pela manhã, por algumas horas, o escritório local da Embasa em Cachoeira, para reivindicar a ligação imediata das redes de esgoto e de abastacimento de água do Conjunto Habitacional 25 de Junho, para onde serão transferidos. As casas já estão prontas e as pessoas que foram beneficiadas com o projeto não podem sair da área de risco porque a Embasa ainda não executou o serviço que lhe compete. Os manifestantes fizeram muitas tentativas para falar com a direção da Embasa por telefone em vão. O gerente local da estatal finalmente conseguiu o contato, e a direção da Embasa conversou com o prefeito Tato Pereira que foi levar a sua solidariedade aos manifestantes. A Embasa propôs ao prefeito que a mão de obra para a execução do serviço fosse contratada pelo município. Tato Pereira concordou com a proposta e os manifestantes deixaram as dependências do escritório. O filiado do Partido dos Trabalhadores de Cachoeira, Teobaldo Miranda, esteve no local criando um clima de tensão entre ele e os manifestantes. Dizendo-se "representante do governo do estado", Miranda tentou intervir na manifestação como uma autoridade, mas foi rispidamente rechaçado pelos manifestantes na presença de jornalistas e radialistas que faziam a cobertura do fato.

terça-feira, 27 de novembro de 2007

Exposições e recital

O Pouso da Palavra - Espaço de Arte, Cultura e Comunicação – do poeta e fotógrafo Damário DaCruz, localizado na cidade da Cachoeira, realizará no próximo sábado (01/12), a partir das 20 horas, a abertura de duas exposições: Natividade de Bel Mascelani e entrenós de Diana Taylor. A exposição Natividade ficará exposta até do dia 22 de dezembro e entrenós até o dia 15 de dezembro.

Na mesma noite terá o recital Sambando na Poesia com a participação do Grupo Samba de Crioulo.

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Poeta do Recôncavo vai representar o Brasil na Colômbia

O poeta Wesley Barbosa Correia, da cidade Cruz das Almas estará representando o Brasil no XI Festival Internacional de Poesia, que acontece na Colômbia, de
04 a 08 de dezembro de 2007. Segundo o poeta, a sua passagem por este
Festival "representa o esforços dos milhares de
artistas espalhados pelo Brasil, produzindo literatura
de modo tão artesanal e muitas vezes anônimo". "Que
nossa arte se encha portanto de responsabilidade
social e se levante em nome destes que fazem brilhar
de imensas luzes o chão do país".

Novos cursos para UFRB/Cachoeira

Foram aprovados mais dois cursos para o Centro de Artes, Humanidades e Letras da UFRB(Universidade Federal do Recôncavo da Bahia) de Cachoeira. São os cursos de Economia e Turismo. A boa informação foi passada pelo professor Robério Marcelo. Mas os cachoeiranos ainda sonham e querem o Curso de Direito.

Benê de "Jaleco Branco"

Às vésperas de assumir o Governo do Estado do Rio de Janeiro, que na época se desmanchava em temporais, a ex- senadora e ex-ministra do Governo Lula, Benedita da Silva, apelidada pelo saudoso Dr. Leonel Brizola, como a "Rainha de Sabá", ao lado do seu esposo o ator baiano Antônio Pitanga, foi hóspede de uma das mansões do empresário Gervásio Oliveira construida em frente ao povoado de Coqueiros, em Maragojipe, na margem esquerda do Paraguaçu. Benedita, pôde, então, ao lado do seu esposo, desfrutar da casa cinemaográfica erguida sobre o manguezal, com heliporto, quadra de esporte, cinema, cascatas artificiais, jardins projetados pelo mesmo pessoal que fez um famoso jardim da Casa da Dinda de Collor de Melo, adega climatizada, piscinas e outros detalhes de luxo e conforto que só quem tem muita grana pode possuir. O anfitrião deixou à disposição da ilustre convidada uma lancha, a bordo da qual, ela e o esposo, chegaram até a cidade histórica de Cachoeira, onde passearam pelas ruas e foram saudados por uma eufórica comitiva de petistas cachoeiranos ainda à bordo da lancha do milionário, agora denunciado pela PF na "Operação Jaleco Branco" como membro do esquema de fraudes em licitações públicas.
O arquiteto Fernando Frank, o mesmo do Projeto da Mansão Wildberg, no bairro da Vitória em Salvador, também deu o seu toque profissional no projeto da mansão que atualmente não pertence mais ao milionário Gervásio, o amigo de Benê e de muita gente graúda na Bahia e em outros estados brasileiros. As festas na mansão eram disputadissímas por pessoas influentes. O bacana sabia agradar aos seus convidados. Era iate prá lá e prá cá transportando gente; helicópteros cumprindo a mesma missão. O legítimo uísque escocês rolando sem freios, ágapes e acepipes das melhores quituterias da Bahia grande. O cara é quente.

sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Democratização dos Meios de Comunicação e Rádio Comunitária

Debate: Democratização dos Meios de Comunicação e Rádio Comunitária

Ocorre nesta terça-feira, dia 27 de novembro de 2007, às 15h, na sede do Centro de Artes, Humanidades e Letras da UFRB, o debate sobre Democratização dos Meios de Comunicação e a Importância das Rádios Comunitárias. O debate acontece na aula da disciplina Gêneros Jornalísticos, do professor Luiz Nova.
O evento conta com a participação da jornalista Simone de Moraes, da REBECA - Rede Brasileira de Educomunicadores Ambientais -, como expositora. A REBECA tem como objetivo o fortalecimento da comunicação e da educação ambiental, além de defender a democratização da informação e saberes. A REBECA defende também o direito à comunicação e a participação popular na criação e gestão da comunicação.
As debatedoras serão a jornalista Alzira Costa e a dirigente do Grupo Raízes, Rita Santana.
O objetivo do evento é discutir a democratização dos meios de comunicação, focando a importância da existência das Rádios Comunitárias, assim como a dificuldade de serem estruturadas. Essas rádios são
emissoras administradas por um conselho da comunidade, sem fins lucrativos; não pertencem à religião, partido ou empresa; seu objetivo maior é o desenvolvimento da comunidade, portanto devem preservar seu pluralismo e democracia.

Música Contemporânea na Ordem Terceira do Carmo

Uma boa opção para este sábado, 24, é o Concerto de Música de Câmara Contemporânea com o Gimba(Grupo de Interprétes Musicais da Bahia) sob a regência do maestro Olivier Cuendet, da Suíça, às 19h, no Museu de Arte Sacra do Recôncavo(Ordem Terceira do Carmo). Na programação a primeira audição mundial de obras especialmente escritas para o Grupo Gimba pelos compositores baianos:
Cláudio Luiz do Val, Paulo Costa Lima e Alexandre Reche, como também a primeira audição brasileira de obras de compositores suíços, tais como Daniel Ott, Wen de Qing, UP Schneider. O Projeto é uma iniciativa da Fondation Suisa, Association Suisse des Musiciens, Fundation Henneberger, Fundação NICAT-DeLUZE, Pro Heveltia e apoios da prefeitura de Cachoeira e Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. A entrada é franca.

Performance poética em Cruz das Almas

Na próxima terça-feira (27/11/07), às 19:00h, na Sala de Cinema da Biblioteca Municipal Carmelito Barbosa Alves, em Cruz das Almas, os atores Emundo Guedes e Mary Cristal apresentarão performance poética baseada na obra de Wesley Correia:"Pausa para um beijo e outros poemas".

quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Padroeira dos Músicos

Hoje é o dia de Santa Cecília, a padroeira dos músicos, e em especial, padroeira da Sociedade Orpheica Lyra Ceciliana. Para reverenciar a sua padroeira a Lyra Ceciliana mandou celebrar missa na Capela d'Ajuda, às 19h30min. Logo em seguida, como manda a tradição sairá a procissão com a imagem da santa pelas principais ruas da cidade. A imagem de Santa Cecília fica na Igreja de Nossa Senhora da Conceição do Monte, onde há um altar somente para ela. Antigamente, a festa de Santa Cecília era tão animada e concorrida como ainda é a festa de Nossa Senhora d'Ajuda encerrada há poucos dias.

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Adeus Valdir

Uma tragédia nos deixou abalados. Morreu hoje à tarde vítima de acidente, o comerciante e meu amigo Valdir Souza Alves, proprietário da uma loja de móveis e eletrodomésticos. Valdir Anão como era conhecido, estava vistoriando as obras de reforma do prédio de sua loja na Rua 13 de Maio, quando desequilibrou-se e caiu da laje. Era um cidadão do bem, consciente e muito querido pelos seu verdadeiros amigos. Deixa viúva Lia, com era casado há muitos anos. Toda nossa solidariedade à Lia neste momento triste. O sepultamento será nesta quinta-feira às 11 horas no Cemitério da Saudade.

Festa consciente

A Câmara de Vereadores sacudiu a poeira e mostrou que está sintonizada com os anseios da sociedade cachoeirana. As comemorações pela passagem do Dia da Consciência Negra foi um grande sucesso. A comunidade respondeu positivamente as proposta dos vereadores cachoeiranos. Durante dois dias, a programação mobilizou um grande público que prestigiou o evento. O ponto alto aconteceu na terça-feira 20 de Novembro, com a homenagem aos sambodres e sambadeiras de Cachoeira, seguida da palestra do professor Sandro Correia que falou sobre a importância dos terreiros de candomblés para a preservação do meio ambiente. Depois foi a vez da festa da celebração da consciência negra com a participação dos samba de roda de Dona Dalva, Filhos da Barragem, Filhos do Caquende, Esmola Cantada e a Filhas de Yamim. A programação foi encerrada com chave de ouro com a apresentação do Afoxé Filhos de Oxalá. Nota dez para a performance do Grupo de Capoeira Muleki é Tu. Também foi bastante elogiada a exposição de artes plásticas com obras de Fory, Mimo, Sino, Dante Lamartine, Dory, Jomar Conceição, Valdemir Cardoso(Bolão - já falecido), Cristina Solimando e Dona Dadi. Não faltou a distribuição de acarajé e abará iguarias típicas da culinária afro-brasileira, preparadas e servidas pela baiana Nara de Anália. Em síntese: a Câmara de Vereadores acertou em cheio na iniciativa.

Arte no CAPS

Os usuários do CAPS Ana Nery, em Cachoeira, já estão promovendo bazar natalino com toda produção artesanal do ano. A arteterapia está fazendo muito bem para dezenas de pessoas. Para colaborar com esse trabalho de socialização destas pessoas tão especiais podemos visitar o bazar e também fazer umas comprinhas para Natal. Os preços são baixos e os produtos artesanais são confeccionados com talento e amor. A diversidade de produtos é grande. Vale a pena conferir. Cidadania faz bem para a alma e para o coração.(Foto:Arquivo /2006)

Informática e cidadania

O Telecentro de Informática de Cachoeira encerra na próxima terça-feira, na parte da manhã, a iniciativa pioneira de inclusão digital para alunos da APAE - Associação de Pais e Amigos de Excepcionais. Durante três meses uma turma de dez alunos da APAE recebeu noções de informática e uso da internet no Telecentro que funciona na Ladeira da Ajuda. Um belo exemplo de iniciativa cidadã que merece ser ampliado para outros segmentos da nossa comunidade. É mais uma prova de que a cultura digital está ao alcance de todos. Parabéns para o pessoal da APAE e para os monitores do Telecentro pelo tratamento de atenção e respeito aos alunos da instituição.

terça-feira, 20 de novembro de 2007

Semana da Consciência Negra

Prosseguem, hoje ,na Câmara de Vereadores de Cachoeira, as celebrações pelo Dia Nacional da Consciência Negra. Mais do que uma comemoração, o evento é um marco na história da Câmara de Vereadores do município que abre as suas portas para discutir com a sociedade este tema tão importante para a sociedade brasileira, que, durante muitos anos, exaltou a existência de uma suposta democracia racial. Os fatos comprovam o contrário e povo negro luta pelo estatuto da igualdade racial, por oportunidades de inserção no mercado de trabalho, nas universidades etc. Ontem a Câmara esteve lotada de espectadores para assistir ao documentário "Atlântico Negro na Rota dos Orixás". Hoje a partir das 19h30min a programação será retomada com uma homenagem especial dos vereadores cachoeiranos aos grupos de samba de roda: Filhos do Caquende, Filhos da Barragem, Samba de Dona Dalva e Filhas de Yamim. Em seguida será a vez do professor universiário Sandro Correia proferir palestra A importância dos terreiros de Candomblé para preservação do meio ambiente. Logo após, abertura da exposição com obras de artistas cachoeiranos, performance do grupo de capoeira Muleki é Tu e apresentação do Samba de Roda de Dona Dalva.

Festa de Nossa Senhora d'Ajuda

Mais uma vez, os festejos em louvor à Nossa Senhora d'Ajuda deixaram muitas saudades. Estão de parabéns os organizadores do evento e a população de Cachoeira que provaram que estão dispostos a preservar a tradição. A festa é uma das mais autênticas manifestação da fé e da alegria dos baianos. No próximo ano caberá ao advogado Evandro Soares da Cruz e a sua irmã Mazé honrarem o compromisso com os nossos antepassados que nos deixaram este legado maravilhoso que a festa de Nossa Senhora d' Ajuda da cidade histórica de Cachoeira. Filhos do músico da Minerva Cacheirana e ex-ferroviário, seu Luiz, os irmão foram escolhidos para juízes das comemorações. A tarefa não é fácil, mas com fé e determinação vão cmprir a missão com as bênçãos de Nossa Senhora d'Ajuda.

SAÚDE MENTAL

Acontecerá no dia 30 de novembro de 2007, na cidade de Muritiba-Ba o 1º Fórum de Saúde Mental do Recôncavo Sul Baiano, com o tema: Saúde Mental no Recôncavo - perspectivas e desafios. O evento contará com a presença da equipe de Saúde Mental da SESAB, trabalhadores e usuários do Caps dos municípios de Cachoeira, São Félix, Maragojipe, Cruz das Almas, Santo Antonio de Jesus entre outros. O objetivo do Fórum é criar uma Rede de Integração entre as equipes dos CAPS, colaborar para reflexão acerca do tema, contribuir para o aperfeiçoamento das ações e serviços dos Caps e possibilitar integração e união entre trabalhadores da saúde mental e gestores da região.

sexta-feira, 16 de novembro de 2007

Vestígios da ditadura

Na década de 80, a Policia Federal invadiu a Residência Universitária, a R1 do Corredor da Vitória. Era uma quinta-feira santa, véspera da Sexta Feira da Paixão. Os estudantes que estavam ali foram surpeendidos na madrugada pela truculência de prepostos da Polícia Federal. Os policiais no auge da truculência, jogavam das janelas tudo o que encontravam pela frente nos quartos da residência. Nem mesmo uma boneca de plástico(não era inflável) que foi usada numa cena de um filme super oito do professor e atual cineasta baiano premiado Joel Almeida, escapou da fúria. Reza uma lenda entre os contemporâneos daquele momento histórico, que a referida boneca, além de ser atirada de uma das janelas do casarão onde está instalada a residência, um policial teria dito: "Esta boneca também é comunista". Contam ainda, que eles despertavam os estudantes aos gritos: " acorda comunista descarado". A ditadura que se despedia da vida do povo brasileiro, e que encontrou brava resistência de estudantes universitários abrigados naquele casarão onde também funciona o restaurante universitário, deixou para sempre, na memória de dezenas de jovens, a marca de sua crueldade. Com redemocratização do País, pensávamos que estes métodos violentos já estavam em desuso. Qual nada! Mais uma vez, testemunhamos a PF agindo como nos anos da ditadura na Bahia ao despejar na base da força bruta estudantes do prédio da reitoria da UFBa.

quinta-feira, 15 de novembro de 2007

Inauguração

O prefeito Tato Pereira(PMDB) ao lado do presidente da Câmara de Vereadores, Wilson Souza do Lago, e do secretário de obras e Meio Ambiente, Cláudio Billy, inaugurou nesta quinta-feira, dia 15, as obras de reaqulificação urbana do bairro Nova Esperança. Depois dos discursos, o Grupo Esmola Cantada da Ladeira da Cadeia e o Samba de Roda Filhos do Caquende fizeram a animação da festa.

quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Ladeira da Caixa D' Água em São Félix

Ponto para prefeitura de São Félix que está concluíndo as obras de urbanização do local conhecido como Laderia da Caixa D'Água, em São Félix, no acesso a estrada de Muritiba. Antes com um aspecto degradado, o local onde residem muitas famílias de baixa renda, agora está com cara de bairro novo e decente. É visivel a alegria dos moradores com as obras de beneficiamento.

Nova Esperança

Os moradores da Rua Nova Esperença vão receber nesta quinta-feira, 15 de novembro, as ruas do bairro totalmente pavimentadas. As obras de requalificação urbana do bairro que nasceu de uma antiga invasão, nas terras da fazenda do político Edvaldo Brandão Correia, na área da Ladeira da Cadeia, foram executadas pela prefeitura municipal. O prefeito de Cachoeira fernando Antônio da Silva Pereira estará entregando àquela comunidade mais este trabalho da sua gestão, às 10 horas.

Fundação Hansen Bahia

Devido ao início das obras de restauração do prédio onde funciona a Fundação Hansen Bahia, na Rua 13 de Maio, pelo Programa Monumenta, o acervo de obras da entidade estará exposto, temporariamente até abril de 2008, no Museu da Ordem Primeira do Carmo, situado na Praça da Aclamação em Cachoeira. Na Casa dos Hansen em São Félix, na Ladeira dos Milagres de Santa Bárbara, serão concentradas as atividades técnicas e administrativas da Fundação.

terça-feira, 13 de novembro de 2007

Educação Patrimonial

A 7ª Superintendência Regional do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) – Bahia deu início, em 2006, a uma ação de educação patrimonial na cidade de Cachoeira-BA, considerando-se que a cidade é tombada pelo Iphan desde 21/09/1971. Esta ação baseia-se na experiência e vivência subjetivas e cotidianas que cada cachoeirano tem dos bens culturais, traduzidas na percepção ou interpretação de sua cultura, e ao mesmo tempo em ação, como protagonistas que a cada dia reproduzem e modificam a cultura, atribuindo-lhe novos significados. Assim, qualquer ação de educação patrimonial só é possível através do envolvimento da comunidade. Para isso, formou-se um grupo de trabalho a partir de reuniões abertas realizadas com a comunidade no Escritório Técnico do Iphan, entre maio e novembro de 2006. O resultado deste trabalho foi a publicação, Cachoeira: Vivências e Compreensões do Patrimônio Cultural, cujo lançamento será no dia 30 de novembro, às 18:30 horas, no Conjunto do Carmo, oportunidade em que celebrará também a passagem dos 70 anos desta instituição preservando o Patrimônio Cultural Brasileiro. À tarde será realizado um seminário com professores da rede pública da cidade, e às 18:30, começando a atividade dirigida ao público geral, com exibição da publicação e apresentação de grupos musicais locais de samba de roda, choro e filarmônica.

Tô na área!

Acabo de chegar de Brasília. Estou muito cansada. O ministro das Comunicações, Hélio Costa, viajou de Belo Horizonte para Brasília no mesmo vôo que a nossa turma da Bahia. Ao que tudo indica, sem mordomias, num vôo doméstico da Gol. O maior buxixo depois da reunião da Teia Cultural - reunião dos Pontos de Cultura do Brasil foi o anúncio da saída do ministro da Cultura Gilberto Gil do Ministério. Gil ficou praticamente todos os dias em Belo Horizonte. Conversou muito com os participantes do evento. Está em jogo a manutenção do Programa Cultura Viva com a saída de Gil do Ministério. Sobre Brasília, juro que não encontrei nenhum agatunado em ação. Estive bem próxima de um punhado de políticos. Até descontrai e deixei a minha surrada bolsa de coro bem pertinho do grupo. Graças a Deus, ninguém roubou o meu tikt refeição de oito conto de reis. Esta era a minha grande fortuna no momento.... Estou cansada e vou dormir.

sábado, 10 de novembro de 2007

Teia Cultural II

Prossegue a programação da Teia Cultural, em Belo Horizonte. Hoje, aconteceu uma reunião com Célio Turino, secretário do Programa Cultura Viva e os representantes dos Pontos de Cultura aqui presentes. Muitas queixas questionamento sobre o futuro e a sustentabilidade dos Pontos de Cultura que estão espalhados em diversos municípios do País. No palco da Praça da Estação, no finalzinho da tarde rolou a apresentação do músico Pereira da Viola junto com o grupo de jovens violeiros do Balcão de Artes e Cultura Viva. No Grande Teatro do Palácio das Artes, dois grupos de Maracatu de Pernambuco agitaram a platéia. Já no Palco Livre, do Parque Municipal, os Mestres Griôs puderam mostrar seus trabalhos. destaque para o Mestre Griô da cidade de Araci, Zé Pedreira, grande repentista baiano. Agora na Casa do Conde, onde estou neste momento, está acontecendo uma apresentação emocionante de do grupo de capoeira regional, da cidade de João Neiva, do Ponto de Cultura Pulsando o Brasil. As músicas de capoeira são executadas por uma orquestra de violinos e berimbaus. O Mestre Curió guardião da tradição da capoeira regional, não perdeu tempo e disparou que há diferenças entre os estilos de capoeira angonla e regional, mas que ambos merecem ser respeitados. Por fim, deu as mãos aos regionalistas e disse que "todos unidos somos fortes para lutar pela nossa raça e tradição. O mestre foi bastante aplaudido. Na sala ao lado, o pessoal da TV Brasil está reunido com representantes de Pontos de Cultura. Lu Cachoeira está lá, firme, defendendo a participação dos Pontos de Cultura na programação da nova Tv pública brasileira. Logo mais, Alceu Valença vai se apresentar no Palco da Praça da Estação junto com o Maracatu Leão Coroado.

sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Capoeira é ginga e malícia

O Mestre Curió que está se apresentando com o seu grupo neste momento na Tenda da Igualdade Racial, na Casa do Conde, um dos espaços onde estão acontecendo as atividades da Teia Cultural 2007, em Belo Horizonte, deu um show de conhecimento sobre a prática da capoeira. O Mestre criticou o comportamento de uma nova geração de capoeiristas que "batem nos alunos para mostrar superioridade". O experiente Curió, aluno do Mestre Pastinha ensina que capoeira é "manha, ginga e malícia, não força bruta". Ele também criticou a formação de tantos mestres de capoeira como vem acontecendo, e disse que nesses 62 de capoeira, só formou até hoje, apenas 3 mestres, entre eles, a Mestra Jararaca, a única mestra angoleira do Brasil. O Mestre disse ainda que antigamente não havia "essa história de professor de capoeira, monitor, instrutor". "Havia o mestre, o contra-mestre. Isso tudo agora é novidade", lembrou Curió. Sem papas na língua, o Mestre capoeirista detonou a organização da Teia Cultural. "Está muito desorganizado, a gente precisa falar para que no próximo ano os erros sejam corrigidos", enfatizou. Também está sendo o livro "Capoeira, manha e malícia", de autoria de Cristina Albert Dias.

Terno da Alvorada


Domingo é o Dia do Terno da Alvorada, o evento que fecha a programação popular da Festa em Louvor a Nossa Senhora da Ajuda. O terno é aguardado com muita ansiedade pelos foliões cachoeiranos. É dia de soltar as barbies dos armários e tomar todas. Para quem vai participar da folia, desejo muita paz e alegria. Divirtam-se pra valer em clima de fraternidade. Ah! também não se esqueçam dos preservativos. C.. de bebum não tem dono. Ai cebola, tempero de...

























TEIA CULTURAL

Oi galera! Estou em Belo Horizonte desde terça-feira, dia 6. Estou participando do maior evento da diversidade cultural da América Latina. O evento é uma iniciativa do programa Cultura Viva do Ministério da Cultura. O evento está sendo marcado por vários problemas de organização, mas, mesmo assim, tem sido positivo em vários aspectos. Encontrar um pouquinho de cada região do Brasil num só local já é um grande lance. Ontem, fiz uma matéria sobre a palestra do escritor Ariano Suassuna proferida no Grande Teatro do Palácio das Artes, porém não deu para veicular. O Centro de Informática do evento estava lotado e o local é muito desconfortável. Suassuna é um jovem irreverente de 80 anos de vida que tripudia sem o menor pudor a arquitetura de Brasília e as obras de Oscar Nyemaer. Detona os marxistas e se derrerte de elogios para Daiane dos Santos. Hoje pela manhã, ministro Gil falou de cultura, usou metáforas, lembrou da sua infância na cidade de Ituaçu, na Bahia, ressaltou a importância da internet como ferramenta para divulgação da produção cultural brasileira. Encantou a todos e depois cantou. Tolerante, deixou que várias pessoas interrompessem o seu discurso. Ao lado de Gil estava o grande ator e ativista cultural Sérgio Mambertti. Neste momento estou no espaço cultural "Casa do Conde". Gil está ali ao lado falando de cultura digital. Aliás, o tema da discussão é: "Cultura Digital. Que porra é essa?". Assisti aos shows do pessoal do Clube da Esquina (sem Milton Nascimento), Fagner e Martinho da Vila. Até domingo ainda vão rolar shows com Alceu Valença, Netinho de Paula, além das apresentações dos grupos culturais de vários estados. O palco onde estão rolando os shows foi instalado na Praça da Estação e aprogramação está sendo coordenada por Jorge Mautner. A grande notícia é que Lu Cachoeira(Lu Bicudo) foi um dos ganhadores do prêmio Escola Viva do Ministério da Cultura. O prêmio foi bem merecido pelo traballho que Lu desenvolve pela cultura no Recôncavo baiano. Visitei o Museu de Artes e Ofícios instalado no pŕedio da Estação Ferroviária. Recomendo a visita. São mais de 2 mil peças expostas. Fiquei muito impressionada com uma balança que foi adquirida na Bahia e que teria sido usada para pesar escravos. Caso não atualize o blog é porque estarei com dificuldades para acessar a internet. Parece brincadeira, mas viajei sem máquina fotográfica.

segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Câmara vai homenagear sambadores de Cachoeira

A Câmara de Vereadores prestará uma justa homenagem aos grupos de samba de roda de Cachoeira, para marcar o Dia Nacional da Consciência Negra, na próxima segunda-feira, dia 20 de novembro. Serão homenageados: Os Filhos do Caquende, Samba Suerdieck, de Dona Dalva, Filhos da Barragem e a Esmola Cantada. "A iniciativa da Câmara visa ressaltar o trabalho cultural dos sambadores cachoeiranos que expressam por meio da arte toda força e expressão do povo negro", justificou Wilson Souza do Lago, presidente da Câmara de Vereadores. A dama do samba de roda do Recôncavo Dona Dalva Damiana fará uma apresentação neste dia, logo após a palestra "A importância dos Terreiros de Candomblés para Preservação do Meio Ambiente" com o mestre em Engenharia Ambiental e professor da Uneb, Sandro Correia, às 19h30min. No mesmo dia, será aberta a exposição o Negro nas Artes com obras de artistas cachoeiranos e a participação especial de Nei Pontão coordenador do Projeto de Capoeira Muleki É Tu. Vai ser uma verdadeira kizomba com o povo de ketu, jêje e nagô e de todas as nações remanescentes de Zumbi de Palmares.

Dona Dalva Damiana é autora de diversas composições cantadas pelos sambas de roda do Recôncavo, e também fundadora do Samba de Roda Suerdieck. A partir de uma iniciativa do Samba de Roda de Dona Dalva esta manifestação cultural foi tombada pelo IPHAN como Patrimônio Imaterial Brasileiro e posteriormente reconhecido pela Unesco como Patrimônio Imaterial da Humanidade. ( Foto: Dona Dalva Damiana, a grande sambista do Recôncavo).

sexta-feira, 2 de novembro de 2007

Terno do Silêncio

Um seleto grupo de amigos do bioquímico Edgar Lima, entre os quais Raioliversan, Zezé Soares da Cruz e Jorge Fraga, fará um aquecimento prévio para o Terno do Silêncio que sairá à zero hora de domingo. O grupo vai se encontrar na residência de Edgar onde está prevista a degustação de finos ágapes e acepípes, além, é claro, de vinhos. Como Edgar Lima é muito refinado, por certo não será servida nenhuma iguaria à base de uma espécie de peixe que povoa o Rio São Francisco, famosa por seu instinto predador. O mesmo grupo promete bater cartão, também, na Lavagem das Baianas, domingo às 10 horas. Quem sobreviver ao Terno do Silêncio verá.

quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Restauração revela obras artísticas

A restauração da Igreja de Nossa Senhora da Conceição do Monte que está sendo realizada dentro do Programa Monumenta do Ministério da Cultura e financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento e contrapartida do governo do Estado, está revelando importantes detalhes da construção primitiva do templo do início do século XVIII. Já foram desciobertas obras de cantaria nas janelas e fachadas, pinturas decorativas nas paredes da nave e da capela-mor, piso de pedra, soleiras também de pedra e uma seteira na parede do batistério. (Na foto o presdiente da Irmandade de N. Sa. da Conceição do Monte, Isac Tito e o restaurador Júlio Maya).