sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Diário eletrônico do STJ

A partir de segunda-feira o Diário da Justiça impresso e eletrônico feitos pela Imprensa Nacional serão substituídos pela versão eletrônica veiculada pelo STJ. O Diário de Justiça Eletrônico será o único veículo oficial de publicação dos atos judiciais e administrativos do Superior Tribunal de Justiça.

PRESIDENTE AUTORIZA COMISSÃO GERAL PARA COMEMORAR 8 DE MARÇO

PRESIDENTE AUTORIZA COMISSÃO GERAL PARA COMEMORAR 8 DE MARÇO

O presidente da Câmara, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) autorizou, para às 9h da terça-feira, dia 4 de março, a instalação de uma comissão geral para tratar de assuntos de interesse direto das mulheres e tidos como prioritários para o desenvolvimento sócio político do Brasil.

Num rápido encontro com a executiva da bancada feminina, o presidente reconheceu a valia da comissão para um encaminhamento mais prático das discussões. A comissão terá como tema a "Mulher nos Espaços de Poder" e "A Lei Maria da Penha no Combate à Violência". Na ocasião também está previsto a realização de um ato para lembrar os dez anos da morte da deputada federal Cecy Cunha (PSDB-AL), assassinada no dia da sua diplomação. "Infelizmente é um caso que está impune e que marca muito bem a nossa luta pelo combate à violência contra mulher", ressalta a deputada federal Sandra Rosado (PSB-RN), coordenadora da bancada feminina.

A comissão geral deve abrir oficialmente a programação da Câmara dos Deputados pelo Dia Internacional da Mulher; que poderá se encerrar com uma sessão solene do Congresso Nacional, previsto para o dia 11 de março no Senado Federal. A programação oficial será divulgada na próxima quarta-feira, dia 27, durante encontro da bancada feminina com a imprensa.

Dentro da semana comemorativa ao Dia Internacional da Mulher, as parlamentares devem também levar suas reivindicações ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Na audiência, as parlamentares querem entregar um documento com propostas já deliberadas e que só dependem do apoio formal do presidente da República. "A audiência já foi solicitada e nós estamos confiantes de que o presidente Lula vai sim ouvir as representantes políticas das mulheres do nosso Brasil", frisa Sandra.

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

PSF da Ladeira da Cadeia promove festa no Dia do Idoso

Em clima de muita alegria e descontração, idosos moradores da Ladeira da Cadeia, participaram da comemoração em homenagem ao Dia do Idoso preparada pela equipe do PSF daquele bairro, ontem pela manhã. A festa contou com a presença do secretário de Saúde do Município, Mamede Dayube, agentes comunitários de saúde, o médico que atende no local, dentre entres presentes. Da programação coordenada pela enfermeira Tatiane Mateo Calumbi constaram apresentações musicais, palestras e atividades físicas. Além dessas atividades, os idosos também assistiram a uma peça de teatro com o ator Adrivando Alves e a participação de Tatiane Calumbi. Houve distribuição de brindes para os idosos presentes, samba com o Grupo Esmola Cantada e, para encerrar, foi servido um café da manhã com muitas frutas e sucos naturais no cardápio. No entanto, uma das ações mais importantes da programaçao foi a entrega da carteira de saúde do idoso distribuída pelo Minsitério da Saúde. No documento serão anotadas todas as visitas do portador ao médico, exames, vacina, etc.

Até quando?

Há alguns meses, estamos assistindo de forma passiva, ao meu ver, um processo gradativo de abandono de um ser humano sem demonstrar qualquer tipo de incômodo. Estou me referindo a um jovem com necessidades especiais, que é inclusive usuário do Centro de Atenção Psicossocial Ana Néri, que está perdendo as suas referências familiares e vem dormindo ao relento diariamente sob a marquise da Agência dos Correios. Para minha surpresa, soube que o jovem recebe um beneficio da Previdência Social.

O dinheiro, um salário mínimo, nesses caso é pago mensalmente para cobrir assegurar as condições mínimas de dignidade a pessoas com não são capazes para laborar e garantir o seu próprio sustento. Indignada com as condições deploráveis do rapaz, decidi fazer cobranças ao pessoal do CAPS e a à Secretaria de Saúde do Município. Tanto o o pessoal do CAPS quanto a Secretaria de Saúde garantiram que já encaminharam o caso ao Ministério Público e aguardam um posicionamento.
Da minha parte acho que esse caso precisa de solução urgente. A vida clama por isso.

Normalmente somos impelidos ao conformismo e repetimos: "O quê podemos fazer? Não há nada que possamos fazer..." Essa é atitude mais comum que nos leva a agir com indiferença diante de problemas que parecem que só atingem as famílias alheias. Vamos reagir e cobrar providências à todos aqueles que podem e têm o dever de fazer algo por aquele jovem. Vamos parar de fingir que o drama dele e de outros é invisível para nós.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Programa Monumenta executa obras na orla de Cachoeira

A orla da cidade de Cachoeira, no Recôncavo baiano, banhada por um dos mais emblemáticos e importantes rios da Bahia, o Rio Paraguaçu, vai passar por um projeto de requalificação urbana. A abertura da licitação aconteceu na semana passada (dia 5, setembro, 2007), pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC), órgão da secretaria estadual de Cultura, responsável pela execução das obras.

Orçada em cerca de R$ 1.8 milhões a primeira etapa do projeto contemplará ações paisagísticas e arborização da orla, na Rua do Cais, criação de calçadão com caminho preferencial para pedestres, intervenções para acessibilidade de pessoas com necessidades especiais, além de instalação de iluminação pública subterrânea. Ass obras da Orla de Cachoeira integram as ações do Programa Monumenta do Ministério da Cultura, que conta com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), além de contrapartidas federal e estadual.


"

Pensamento


"É praticamente uma lei na vida que quando uma porta se fecha para nós, outra se abre. A dificuldade está em que, freqüentemente, ficamos olhando com tanto pesar a porta fechada, que não vemos aquela que se abriu".
(Andrew Carnegie)

Dia do Idoso

Para comemorar o Dia do Idoso, a Secretaria Municipal da Cachoeira elaborou uma vasta programação com a realização de palestras educativas, difusão de informações sobre a saúde e os direitos dos idosos. Além dessas atividades também foi servido café da manhã. As atividades aconteceram em todas as Unidades de Saúde da Família do município tanto da sede como na zona rural. estará As ações comemorativas foram realizadas no dia 26 de fevereiro

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Nova explosão de fogos em Santo Antônio de Jesus faz duas vítimas

Uma tenda de fogos clandestina explodiu nesta manhã de terça feira (26/02/08), às 10h, deixando duas pessoas gravemente feridas em Santo Antônio de Jesus, a 184 km de Salvador. A explosão aconteceu numa serralheria onde funcionava uma produção ilegal de fogos de artifícios. Até o presente momento, nem a Polícia Civil nem o Exército compareceram ao local.


O novo acidente compromete a continuidade da solução amistosa da Comissão Interamericana de Direitos Humanos da OEA, apresentada após a explosão de uma fábrica clandestina que matou de 64 pessoas e deixou outras cinco com graves lesões em 11 de dezembro de 1998. Na ocasião, o Estado brasileiro assumiu a responsabilidade de fiscalizar e coibir a produção clandestina de fogos no Recôncavo Baiano. Após a explosão ocorrida hoje, a ONG Justiça Global, o Movimento 11 de Dezembro, e outras as organizações de direitos humanos de Santo Antônio de Jesus podem solicitar a suspensão da solução amistosa junto à OEA.


Roberto Carlos Barbosa dos Santos, 34 anos e Jefferson Ramos Santana, 14 anos, foram socorridos pela vizinhança e levados para o Hospital Geral do Estado em Salvador. Roberto Carlos Barbosa dos Santos está em estado gravíssimo.

Este é o segundo grave acidente envolvendo a produção clandestina de fogos que ocorre no município de Santo Antônio de Jesus no último ano. Em 27 de março de 2007, ocorreu uma nova explosão, vitimando Sólon dos Passos, 47 anos, que morreu em 11 de junho de 2007.

A gravíssima situação de Santo Antônio de Jesus vem sendo acompanhada pela Comissão de Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA).


Em 2001, a ONG Justiça Global, o Fórum de Direitos Humanos de Santo Antonio de Jesus, o Movimento 11 de Dezembro, a Rede Social de Justiça e Direitos Humanos, Ailton José dos Santos, o deputado estadual Yulo Oiticica e o deputado federal Nelson Pellegrino apresentaram a denúncia na OEA contra o Estado brasileiro em razão da morte de 64 pessoas na fábrica clandestina ocorrida em 1998.


O novo acidente em Santo Antônio de Jesus confirma que o Estado brasileiro não tem cumprido as responsabilidades assumidas perante a OEA na audiência realizada em Washington em outubro de 2006. A continuidade da produção ilegal de fogos, que ocorre em sua maioria, em fundos de quintal ou na residência de trabalhadores recrutados pelos grandes produtores, como a família Prazeres Bastos, espelham a total ausência de fiscalização a que o município está submetido.

Morre aos 96 anos "Seu Luis" da Minerva Cachoeirana

Morreu ontem à noite em sua residência, na Rua João Vieira Lopes, centro de Cachoeira, aos 96 anos, o músico da Sociedade Lítero Musical Minerva Cachoeirana, Luis Soares da Cruz. Seu Luiz como era chamado carinhosamente por todos, estava enfermo havia alguns anos. Pessoa muito querida por todos os segmentos da comunidade era também ferroviário aposentado da antiga Leste do Brasil. Deixa os filhos Evandro, Gilvandro (professor Ceguinho) e a professora Maria José(Mazé), coordenadora do Colégio Estadual Rômulo Galvão da Cidade de São Félix, noras, netos e bisnetos. O corpo está sendo velado na sede da Minerva Cachoeirana de onde sairá às 14h30min para ser sepultado no Cemitério da Piedade.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Atenção à saúde do idoso avança em São Félix

O município de São Félix, no Recôncavo baiano, distante 110 km de Salvador, foi contemplado com liberação de recursos na ordem de R$ 80 mil do governo federal e R$ 40 mil da prefeitura para novos investimentos no Projeto Envelhecimento Ativo. O projeto contemplado desenvolve ações de atividades físicas, esportivas e de lazer voltadas para a população idosa do município por meio da Secretaria de Municipal de Saúde. A iniciativa pioneira da prefeitura de São Félix conta atualmente com 480 pessoas com idade acima de 60 anos cadastrados, o que representa cerca de 50% da população nessa faixa etária no município.

São Félix possui uma população de 15.302 habitantes segundo o censo do IBGE. Desse total, 800 são pessoas com idade acima de 60 anos; 200 estão com idade superior a 80 anos, e moram no município, 7 pessoas acima de um século de vida.

A liberação desses novos recursos vai permitir que a Secretaria de Saúde do município amplie as atividades que já são desenvolvidas pelo Projeto Envelhecimento Ativas e assim possa atender mais pessoas. Segundo o médico Odilon Cunha Rocha, da Secretaria de Saúde de São Félix, novos profissionais serão contratados para trabalhar com os idosos na implementação das ações do Centro Integrado de Promoção à Saúde, inaugurado no ano passado e onde são centralizadas as principais atividades do projeto. Parte dos recursos está sendo investido na construção de uma piscina que será utilizada para a prática da hidroginástica e também para procedimentos de fisioterapia nos casos recomendados por especialistas.

“As atividades na piscina vão complementar o programa de praticas de esportes e ginástica que são desenvolvidos no Centro Integrado de Promoção à Saúde”, disse o médico Odilon Rocha. Ele também observou que o Centro não é simplesmente uma academia de ginástica, “mas, um espaço onde as pessoas da terceira idade se exercitam e participam de diversas praticam saudáveis”. O funcionamento do projeto, de acordo com a avaliação do médico, está provocando “uma verdadeira revolução nos hábitos de um número significativo de pessoas da terceira idade na comunidade com relação à saúde”. Conforme os dados da Secretaria de Saúde de São Félix desde que o projeto começou a funcionar, houve um aumento no número de consultas médicas entre as pessoas de 55 a 70 anos. “Isso significa que as pessoas nessa faixa de idade estão demonstrando que estão preocupadas com a saúde”, esclareceu Odilon Rocha.

A Secretaria de Saúde do município também contabiliza como benefício das ações integradas de saúde, esporte e lazer, o crescimento do número de jovens também participando dos programas e das atividades esportivas. Ainda para a Secretaria de Saúde o envolvimento da juventude nessas atividades se reflete positivamente na redução do consumo de drogas lícitas e ilícitas, e no sexo feminino, a redução do índice de gravidez na adolescência.(Foto: A piscina que será utilizada para hidroginástica e fisioterapia).

TRE-BA TEM NOVO JUIZ

A edição do dia 21 do "Diário Oficial da União" trouxe um decreto do presidente Lula nomeando o advogado Maurício Vasconcelos para o cargo de juiz titular do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Maurício Vasconcelos leciona a disciplina direito processual penal na UCSAL e, pela segunda vez, é conselheiro estadual da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção da Bahia, onde preside a Comissão de Defesa e Prerrogativa. A data da posse do novo juiz ainda não foi definida, mas, ao que tudo indica, deve ocorrer na semana que vem durante sessão do TRE-Tribunal Regional Eleitoral.Enquanto isso, a Comarca de Cachoeira continua sem titular...

domingo, 24 de fevereiro de 2008

A Igreja e os seus bens

Ao longo dos anos em toda sua história, a Igreja Católica Apostólica e Romana acumulou bens, ergueu templos suntuosos para demonstrar a sua força o seu poderio. De uns tempos para cá, a Igreja vem desprezando as suas referências, como os seus templos. Muitas igrejas erguidas como símbolos da fé católica estão em processo de arruinamento. A Igreja reclama da falta de recursos para zelar pelo seu patrimônio e quase sempre apela para o poder público, sob a alegação de que seus imóveis são patrimônios culturais e que por isso o estado tem que zelar por eles.

Na maioria dos municípios brasileiros as contas de energia elétrica e de água das igrejas, são pagas pelo poder público ao contrário de outras religiões discriminadas como é o caso dos terreiros de candomblé que são mantidos e preservados pelos seus respectivos zeladores e adeptos. As casas de santo também são espaços sagrados e de relevante valor cultural, mas não contam com esse apoio importante do poder público.

Em diversas partes do País, templos católicos são restaurados com dinheiro público e ainda assim, a Igreja reclama que não tem condições de zelar pelo seu patrimônio e espera um novo processo de arruinamento para pedir socorro ao poder público. Se houvesse um pouco mais de atenção esses importantes bens não entrariam em decadência. Na capital da Bahia, várias igrejas estão em condições deploráveis, a exemplo da Igreja do Pilar,a Igreja da Ajuda, a dos Passos dentre outras.

Em Cachoeira, vemos de braços cruzados, a degradação da belíssima igreja dos Remédios, bem no coração da cidade. O velho imóvel abandonado pela Igreja sequer tem as portas abertas para ventilar o seu interior. Já assistimos este filme com a Igreja do Rosarinho. Espera-se que a história não se repita com a Capela d'Ajuda há pouco restaurada pelo Programa Monumenta, bem como o Rosarinho. Os católicos precisam zelar melhor pelos seus bens. A fé e a cultura agradecem.(Foto:Igreja dos Remédios: decadente e abandonada)

Calolé ganha creche escola

A comunidade do Tombo, região do Calolé de Cima, zona rural de Cachoeira, foi beneficiada com a inauguração da Escola Creche Maria Quitéria, ontem à noite. A obra foi entregue à comunidade pelo prefeito Tato Pereira. Participaram do ato inaugural, o secretário de Educação e Desportos, Alex Kaorner, lideranças comunitárias, os vereadores Wilson Souza do Lago e Eduardo Macêdo e muitos populares, além de outros representantes da administração municipal.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Extermínio na Bahia: movimentos sociais divulgam nota exigindo ações do governo

Um dia após a posse do novo secretário de segurança pública da Bahia, César Nunes, movimentos sociais de Salvador e organizações de direitos humanos divulgam nota denunciando a ação de grupos de extermínio e exigindo que as autoridades investiguem a execução de jovens negros, pobres e moradores da periferia da cidade de Salvador. Leia a seguir a íntegra da nota:

A Justiça Global, Movimento Sem Teto da Bahia (MSTB), Movimento Negro Unificado da Bahia (MNU-BA), Campanha Reaja ou será Mort@, Fórum Direitos Humanos, Comissão de Direitos Humanos do Conselho Regional de Psicologia-03 (BA/SE), Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Salvador (CJP) Escola Picolino de Artes do Circo, Centro de Estudos e Ação Social (CEAS) vêm através desta nota denunciar a atuação de grupos de extermínio na Bahia com indícios de ativa participação de agentes públicos (policiais militares e civis) nos recentes casos de execução sumária dos jovens Ricardo Matos dos Santos, 21 anos; Robson de Souza Pinho, 19 anos; Lucas Hungria, 16 anos; Djair Santana de Jesus, 16 anos; Alexandre Macedo Fraga, 17 anos e Douglas Santos do Nascimento, 16 anos.

É importante ressaltar que todos os jovens vitimados nas recentes ações de extermínio são negros, pobres e moradores da periferia da cidade. O que demonstra que essa população é a vítima preferencial desses grupos. O Mapa da Violência 2008 aponta que houve um aumento de aproximadamente 82% nos homicídios da população jovem em Salvador no período de 2002-2006.

Esses fatos foram dramaticamente explicitados com os assassinatos do artista circense Ricardo Matos dos Santos e Robson Pinho, no dia 22 de janeiro deste ano. Ricardo dos Santos foi alvejado quando jogava futebol com Robson Pinho, também assassinado. O ataque do grupo de extermínio a estes jovens demonstra o nítido caráter de limpeza social e racial desses crimes – executar sumariamente supostos criminosos, subvertendo um dos pilares do Estado democrático de Direito, que é o respeito ao princípio do devido processo legal, regido pelo contraditório e ampla defesa.

As organizações que assinam esta nota exigem do Governador do Estado da Bahia, Jaques Wagner; da Secretária de Justiça e Direitos Humanos, Marilia Murici; do novo Secretário de Segurança Pública, César Nunes e do Ministério Público a adoção imediata de ações para desmantelar os grupos de extermínio, além da investigação rigorosa e imparcial sobre a participação agentes públicos em ação de extermínio.

Ao mesmo tempo, exigimos a total proteção das testemunhas dos crimes, para que não se repita o episódio dos assassinatos de Aurina Rodrigues Santana, Paulo Rodrigo Rodrigues e Rodson da Silva Rodrigues, em 14 de agosto de 2007, mortos em conseqüência da denúncia feita por Aurina, liderança do Movimento Sem Teto de Salvador (MSTB) das torturas sofridas por seus filhos, cometidas por policiais militares. Assim como nos casos dos assassinatos de Clodoaldo Souza (Mc Blul), 22 anos; Edvandro Pereira, 19 anos e Antonio Conceição Reis (Antônio Nativo), 44 anos que continuam sem resposta.

As organizações que assinam esta nota esperam uma pronta e rápida resposta das autoridades públicas baianas e federais acerca destes crimes e pedem a realização de uma audiência pública no Estado da Bahia para debater a política de segurança publica.

Salvador, 22 de fevereiro de 2008.

Movimento Sem Teto da Bahia (MSTB)

Movimento Negro Unificado (MNU-BA)

Campanha Reaja ou será Mort@.

Comissão de Direitos Humanos do Conselho Regional de Psicologia-03 (BA/SE)

Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Salvador (CJP)

Fórum de Direitos Humanos

Justiça Global

Centro de Estudos e Ação Social (CEAS)

Escola Picolino de Artes do Circo

Centro da Defesa da Criança e do Adolescente (CEDECA-BA)

Justiça prorroga o prazo da revisão eleitoral

A Justiça Eleitoral prorrogou o prazo para o recastramento dos títulos eleitorais. Os retardatários que correm o risco de ter o documento cancelado vão poder regularizar a situação com a Justiça Eleitoral, a partir do mês de março. O prazo se estenderá até o dia 7 de maio do corrente ano. A partir de março, o Cartório Eleitoral estará funcionando para atender os retardatários das 8 às 15 horas. Para fazer o recadastramento será necessária a apresentação dos seguintes documentos: carteira de identidade, título de eleitor e comprovante de residência. Com a revisão feita no ano passado o município de Cachoeira perdeu seis mil eleitores cadastrados na 118ª zona.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

O IPHAN e Cachoeira I

A relação institucional entre o IPHAN e a comunidade de Cachoeira nunca foi das melhores. A comunidade reclama da inexistência de ações socioeducativas por parte do órgão federal que ao longo dos anos tem optado por ações coecertivas depois que infrações são cometidas contra o patrimônio tombado, muitas vezes por falta de orientação técnica. Apesar do IPHAN manter aberto um escritório em Cachoeira, a cidade não conta com a presença de um arquiteto residente que pudesse orientar as pessoas e não vir à cidade apenas com missões punitivas.
Deve ser por estas e outras que uma parte significativa da população avalia como péssima, a atuação do IPHAN em Cachoeira. Em recente enquete realizada por nosso blog 41% das pessoas que votaram optaram por péssima a atuação do órgão; 34% regular e 23% ótima.
Vale ressaltar também, que apesar de todas as contradições e problemas, o que restou do patrimônio arquitetônico de Cachoeira permanece preservado graças à existência do IPHAN no Brasil.

O IPHAN e Cachoeira II

Para surpresa de muitos cachoeiranos, até mesmo daqueles mais envolvidos com as questões da preservação do patrimônio artístico e cultural da Cidade Monumento Nacional, o IPHAN acaba de promover em Salvador, no Solar do Ferrão, no Pelourinho, o lançamento do livro O Conjunto do Carmo em Cachoeira, que traz detalhes da restauração do patrimônio. A obra organizada pela professora Maria Helena Flexor, resulta em um documento no qual estão relacionadas as peças sacras, a arquitetura e todo o processo de recuperação da secular Igreja e do Convento do Carmo. O livro foi financiado com recursos do Programa Monumenta que já recuperou 11 importantes imóveis públicos de Cachoeira. Os cachoeiranos estão questionando por que os responsáveis pelo evento escolheram Salvador para o referido lançamento e não a cidade histórica sede da obra que é o foco do livro. Argumentam que Cachoeira precisa ganhar mais visibilidade para mostrar a riqueza do seu patrimônio e até mesmo a importância das intervenções que o Programa Monumenta vem realizando para revitalizar e preservar os seus monumentos.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Morre o grande líder Chico Pinto

Morreu hoje em Salvador, no hospital São Raphael, o grande político Francisco Pinto, o nosso querido Chico Pinto. Morre e deixa para sempre uma história de luta pela redemocratização do Brasil. Enfrentou e foi perseguido pela ditadura militar, o jovem que ousou dizer não aos militares colocando em risco a sua vida, numa época de obscurantismo. Pagou caro por ter rechaçado nos anos de chumbo, a presença do ditador Pinochet no Brasil. Foi preso e teve o seu mandato de deputado federal cassado. Não se curvou contra as forças reacionárias da ditadura. Foi um lider para uma geração que cresceu num País onde o povo era impedido de escolher seus dirigentes. Foi um combatente sem tréguas do governo de exceção que mergulhou o Brasil nas trevas da falta de civilidade, no país da censura, da falta de garantias asseguradas aos cidadãos num estado de direito democrático. Sofreu, lutou e viu como um crítico a redemocratização do Brasil. A minha geração inquieta nunca vai esquecer os seus emocionantes discursos, a barba longa "cultivada nos porões da ditadura", o gorro de veludo que disfarçava a careca e virou uma marca. Esteve ao lado de Ulisses Guimarães, de Teotônio Vilela, de Mário Covas e de tantos outros na memorável campanha pelas Diretas Já.
Pinto vive em nossos corações.
Um exemplo, uma referência. Viva Chico Pinto!

Prefeito convoca audiência pública para prestação de contas

O prefeito de Cachoeira, Fernando Antônio da Silva Pereira, por meio do edital Nº. 01/2008 comunica a todos os segmentos da sociedade que em cumprimento ao Parágrafo 4º, Artigo 9 e Artigo 48 da LRF- Lei de Responsabilidade Fiscal Nº. 101 de 04 de maio de 2000, torna público que realizará Audiência Pública no dia 22 de fevereiro de 2008, às 10 horas no salão nobre da Câmara de Vereadores, destinada a demonstração e avaliação do cumprimento das metas fiscais do terceiro quadrimestre do exercício com as seguintes finalidades: Propiciar a participação de diversos segmentos da sociedade; viabilizar espaços democráticos de participação da sociedade civil na definição de políticas públicas voltadas para a responsabilidade da gestão fiscal; avaliar, discutir o cumprimento das metas fiscais apresentadas. A referida audiência tem como público alvo os vereadores cachoeiranos componentes da comissão permanente da Câmara de Finanças, orçamento e contas e demais membros do Poder Legislativo, em como o povo em geral.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Programação da festa de aniversário de Cachoeira

171 anos da Elevação de Cachoeira à categoria de Cidade

Dia 13/03 (Quinta-feira)

22:00 horas – Nenho e seus Teclados

00:00 horas – Fantasmão

02:00 horas – J. Araújo

Dia 14/03 (Sexta-feira)

22:00 horas – Sedução do Prazer

00:00 horas – VoaDois

02:00 horas – Só as Cabeças

Dia 15/03 (Sábado)

21:00 horas – Chorões do Recôncavo

22:00 horas – Agita Samba

00:00 horas – Chicana

02:00 horas – Leva Nós

Dia 16/03 (Domingo)

16:00 horas – Esmola Cantada

18:00 horas – Samba de Roda Filhos do Caquende

20:00 horas – Pura Malícia

22:00 horas – Vibra Samba

00:00 horas – Kortezia

Creche Escola no Tabuleiro

O prefeito Tato Pereira inaugurou ao lado do secretário de Educação do município, Alex, Kaorner, a Escola Creche João Matos da Silva, da comunidade do Tabuleiro da Vitória. No próximo sábado, o prefeito estará entregando a Escola Creche Maria Quitéria, na localidade do Tombo, no Calolé de Cima. Na próxima semana será a vez da inauguração da Escola Creche do Quebra- Bunda. As novas unidades de ensino vão funcionar em tempo integral com atividades educativas, recreativas e sociabilizantes.

Jornada Pedagógica em Cachoeira

Foi aberta hoje pela manhã, no antigo Centro de Convenções de Cachoeira, na Igreja da Ordem Primeira do Carmo, a Jornada Pedagógica 2008, promovida pela Secretaria Municipal de Educação e Desportos. A partir de amanhã serão realizadas oficinas com os participantes na Escola Aurelino Mário. Este ano, a Secretaria de Educação conta com parceria da Faculdade de Pedagogia do IAENE para a realização das atividades da jornada.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Engenheiro pompom

Desde que o governador Jaques Wagner ascendeu ao trono do Palácio de Ondina, o pompom já protagonizou dezenas de episódios dignos de registro pelo non sense das ações. Eis alguns deles: tentou dar carteirada do PT para se enfiar na UFRB-Universidade Federal do Recôncavo da Bahia como universitário; participou de armação sobre umas supostas fábricas, que segundo os envolvidos, não se instalaram em Cachoeira por causa do prefeito Tato Pereira(fato devidamente desmentido por meio de uma confissão pública feita por um dos envolvidos na trapaça); quis dar uma de rábula(advogado leigo) e tentou participar de uma audiência no Fórum, acompanhando um parceiro da farsa das fábricas e foi enxotado da sala pelo Juiz;

declarou numa emissora de rádio que o PT desempregou um pai de família da Ciretran para dar a vaga a um sobrinho seu advogado "que estaria vindo para Cachoeira para participar do próximo pleito eleitoral"; declarou que prestava "assessoria informal à companheira Carlinda, diretora da Direc 32, com sede em Cruz das Almas"; foi para uma emissora de rádio falar das datas dos vencimentos dos aposentados como se fosse uma autoridade da Previdência Social, demonstrando está preocupado com o movimento do seu estabelecimento comercial;
peregrinou por escolas da rede estadual com um pseudo-empreiteiro à tira-colo para influenciar diretoras na escolha de construtora para fazer reformas dos prédios.

Agora, aparece dando uma de engenheiro civil peruando as obras de requalificação urbana do Porto de Cachoeira, uma obra do Programa Monumenta. O pagador oficial de mico da era Wagner, anda até mesmo com cópias da planta do projeto nas mãos. Empolgado como se fosse uma autoridade anda metendo o bedelho onde não lhe cabe. Esse rapaz está cada dia pior da cebeça; está forçando muito a dupla Tico e Teco. Não demora para dar um curto circuito.

Cachoeira se despede do Pe. Reinaldo

Com uma missa celebrada na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário, o padre Reinaldo Balbino despediu-se, ontem à noite da comunidade católica cachoeirana. Durante cinco anos, o religioso foi o responsável pela Paróquia de Nossa Senhora do Rosário. Agora, ele parte para cumprir uma nova missão na sua carreira evangelizadora em Salvador. Para o lugar do padre Reinaldo retorna para Cachoeira, o cônego Hélio Cézar Leal Villas Boas, que durante anos esteve à frente desta Paróquia e ultimamente encontrava-se em Santo Amaro. O religioso será auxiliado pelo padre Cid José.(foto: Pe. Reinaldo)

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Câmara inicia trabalhos

A Câmara de Vereadores de Cachoeira iniciou ontem à noite, os trabalhos do exercício legislativo de 2008, sob a presidência do veredor Edirami Clementino dos Santos. Na sessão de abertura foi lida a mensagem do Executivo Municipal pelo secretário de Saúde do município, Mamede Dayub Neto, que no ato representou o prefeito Tato Pereira, ausente por motivo de doença de um familiar. A platéia esteve lotada com as presenças de secretários municipais, servidores públicos e populares.

Prefeitura restaura sede da APAE

A prefeitura de Cachoeira fez a restauração total do prédio onde funciona a APAE-Associação de Pais e Amigos de Excepcionais, no bairro do Caquende. No local onde antes funcionava uma escola, foram executadas obras de restauração de toda infra-estrutura, pintura das paredes e melhoria das instalações hidráulica e pintura das paredes. Os antigos espaços foram readequados para atender as necessidades de funcionamento da APAE. O prédio agora conta com uma sala para fisioterapia, sala de reunião, espaço para atividades pedagógicas, um consultório médico, além de outros compartimentos que vão assegurar o bom desempenho da instituição que assiste cerca de 100 alunos. O presidente da APAE, Antônio Lima lembrou que a entidade luta com dificuldades para cumprir o seu papel de contribuir para inserir na sociedade pessoas com necessidades sociais e destacou o apoio que tem recebido do município por meio da administração do prefeito Tato Pereira. O secretário e Educação e Desporto de Cachoeira, Alex Kaorner disse a prefeitura está cumprindo o seu papel contribuindo para garantir com dignidade a inclusão de cidadãos na sociedade.

Merenda escolar ganha novas instalações

Encontrada em 2005, em condições lastimáveis, onde os alimentos era preparados em uma caixa de uma geladeira velha, remendada com cola e em meio à muita sujeira, a cantina da merenda escolar de Cachoeira foi totalmente restaurada pela prefeitura municipal. O resultado da obra pronta foi mostrado à comunidade ontem à noite. O refeitório, a copa e a cozinha foram azulejados. As pias velhas foram substituídas por novas em inox que oferecem mais condições de higiene. As instalações hidráulicas e elétricas também foram substituídas, assim como o antigo piso do local, onde é preparada parte da merenda escola que é distribuída na escolas da sede do município. A prefeitura adquiriu novos utensílios, geladeiras fogões, panelas e vasilhames. No local também é preparada a sopa que a prefeitura distribui para diariamente para famílias carentes.

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Parabéns para o fotógrafo Djalma Bernardo

O fotógrafo Djalma Bernardo festejou seus 83 anos de vida em família e com amigos, em Cachoeira, cidade que ele registrou durante décadas com as suas lentes.
Estiveram presentes para abraçar o aniversariante de hoje, seus irmãos Herval e Avani, os amigos
Beto e Denise Alem, o produtor artístico Valmir Pereira, eu, além de outros velhos e bons amigos. Os convidados foram recepcionados pela esposa do aniversariante, dona Tereza e pelos filhos, o advogado José Luiz da Anunciação Bernardo, e o economista Júlio.

Roubaram mesmo peças raras da igreja do Alecrim

A comunidade católica da Vila do Alecrim, zona rural de Cachoeira, confirma que houve mesmo roubo de peças da igreja. O fato aconteceu na madrugada de sábado para domingo. Segundo um morador do local, várias pessoas da comunidade ficaram na pracinha onde está localizada a igreja até às 2 horas da madrugada e não viram até esse horário nenhuma movimentação de suspeitos. Tudo indica que os ladrões sabiam a importância do que estavam levando. Após arrombarem a porta da igreja, roubaram dois crucifixos antigos de madeira, uma imagem de Deus Menino, também de madeira e policromia, uma bacia e um vaso de inox. Os autores do crime deixaram para trás todas as imagens de gesso que não têm valor no mercado negro de obras de arte.

"Quem não se comuncia, se trumbica..."

Na nota postada por mim "Cadê as cartilhas?", sobre as tais cartilhas que serviriam para ações de educação patrimonial produzida pelo IPHAN em conjunto com segmentos da comunidade, eu chamei a atenção da dificuldade que os técnicos do IPHAN têm para dialogar com a comunidade cachoeirana. Pelo visto, o entrave na comunicação não é só com os cachoeiranos. Acabo de receber um telefonema de um profissional da imprensa que ligou para a 7ª Superintendência Regional do IPHAN, em Salvador, a fim de obter informações sobre o recente roubo de imagens sacras do Convento de São Francisco do Paraguaçu.

A ligação teria sido cedo, tempo hábil suficiente para um jornalista preparar uma matéria para ser publicada no dia seguinte. Ocorre que informaram que o superintendente Leonardo Falangola "estava em reunião" e somente às 17 horas, ligaram retornando do IPHAN, quando a matéria já estava em processo de edição.

Isso também já ocorreu comigo várias vezes quando infelizmente apresentei um programa de rádio. Nós ligávamos para pedir informações e, a então superintendente da época, de prenome Etelvina sempre estava "em reunião". Uma das tentativas de falar com o pessoal do IPHAN foi quando a prefeitura, na gestão passada, pintou o Chafariz Imperial com tinta da cor de pêssego. Dona Etelvina não quis conceder entrevista para esclarecer por que o IPHAN havia permitido a pintura. No entanto, são muito ágeis quando o assunto é da conveniência do órgão e não da sociedade.
Por que esse pessoal do IPHAN é tão avesso à comunicação com a sociedade? Perguntar não ofende.

O IPHAN ainda rende comentários

Um leitor postou um comentário sobre a nota "Cadê as cartilhas?" no qual observa que eu havia retirado do blog um comentário de autoria do advogado José Luiz Bernardo acerca da nota "O destino do casarão do IPHAN". Na realidade, o texto do advogado não foi retirado, houve um erro técnico quando tentei juntar um outro comentário feito por um anônimo sobre a nota do advogado. Portanto, eis abaixo todos os comentários:

Anônimo disse...

"Antes constava um comentário de autoria do advogado Luiz da Anunciação Bernardo. Por que você o retirou? O texto é a expressão da verdade. Deveria continuar a fim de que os seus leitores saibam melhor sobre os servidores do Iphan em nossa cidade. Estão para tirar proveito. São reconhecidamente incompetentes!Razão por que não se relacionam bem com a comunidade, nem com os segmentos que integram a nossa sociedade.
Pena você ter excluído o comentário do advogado."

10 de Fevereiro de 2008 15:37



Anônimo disse...

"Tudo indica que será necessário a contratação de Sherlock Homes para investigar o destino do predio restaurado pertencente ao Iphan que abrigava o antigo Arquivo Municipal.'

6 de Fevereiro de 2008 09:37


José Luiz Anunciação Bernardo disse...

"Data Venia - esses técnicos do IPHAN se acham ... são incompetentes, insensíveis, frios e atabalhoados, efetivamente não trabalham, vivem em greve o tempo todo, inábeis para a iniciativa privada, só acham emprego no serviço público, que aliás ingressaram, a sua grande maioria, de forma imoral, sem prestar concurso público – ao arrepio do Constituição Federal vigente há mais de 19 anos. Querem uma hospedagem em Cachoeira para passar feriado, ferias e greves. Façamos um movimento de repudio, queremos o Arquivo Público Municipal de Cachoeira no seu velho local e que os técnicos do IPHAM vão para o local onde eles querem botar o Arquivo, ou então que eles vão pros quinto do inferno de onde nunca deveriam ter saído. José Luiz Anunciação Bernardo – OAB/BA n° 10.741"

domingo, 10 de fevereiro de 2008

Vídeo:Presente para Yemanjá:(10/02/2008)

video

Festa para Ogun em Mangabeira

Hoje, domingo(10) o coro vai comer(o trio de atabaques: rum rumpi e rumpilé), na roça do Ilê Oió Mêce Alaketu, no Portão em Governador Mangabeira, para Ogun, o orixá do ferro e da guerra do panteão africano. As atividades ritualísticas tiveram início na madrugada de hoje com a presença de todos os membros da casa. No início da tarde será servida a tradicional feijoada de Ogun. À noite será realizada a grande festa. Amanhã, segunda-feira, o terreiro retoma as atividades sagradas com o mandu, manifestação única das casas de ketu. No final da tarde começa o ritual do tabiopeu que antecede a distribuição do famoso escaldado servido com pirão, verduras e vários tipos de carne. E, para desacralizar a roça, pelo encerramento do ciclo de celebrações religiosas, o samba vai tomar conta do terreiro, uma manifestação também só vista nas casas de ketu. Ogunhê!(foto/2006 Dia do tabiopeu)

sábado, 9 de fevereiro de 2008

Minerva Cachoeirana festeja 125 anos

Fundada em 10 de fevereiro de 1878, a Sociedade Lítero Musical Minerva Cachoeriana, festeja neste domingo, 125 anos de existência. A data será comemorada com celebração de missa em ação de graças pela data às 8 horas na igreja matriz de Nossa Senhora do Rosário, seguida de passeata comemorativa pelas ruas principais da cidade. Logo após, haverá sessão solene na sede da Minerva e depois alço de confraternização. Em tempo: A Minerva elegeu democraticamente sua nova diretoria presidida pelo maçom e ex-diretor da Banda Marcial do Colégio Estadual da Cachoeira, Rogério César Almeida.

Educação em ebulição em Cruz das Almas

Inúmeras queixas vêm sendo formuladas por educadores e dirigentes de colégios contra a atual diretora da Direc 32 (Diretoria de Educação) em Cruz das Almas, a petista Carlinda Barros de Lacerda. A lista de reclamações contra a referida gestora vai de autoritarismo à incompetência administrativa. Recentemente, quem jogou mais lenha na fogueira foi o professor concursado Wesley Barbosa, lotado no Colégio Estadual Luciano Passos, que por meio de um documento enviado para diversas pessoas e instituições, defende-se de ações de Carlinda contra a sua pessoa e faz uma série de acusações a ela e a outras pessoas envolvidas com a Direc 32.
O babado é forte. Entre as acusações do professor Wesley está a presença e a influência de um certa senhora citada por ele, que não possuiria nenhum vinculo institucional com o referido órgão da Secretaria de Educação do Estado da Bahia.

Acho que este negócio de assessoria informal para a Educação no Estado da Bahia é uma invenção do atual governo petista, que anda enchendo de poderes imaginários a cabeça de cabos eleitorais desocupados. Não faz muito tempo, um sujeito destrambelhado que se diz "representante do governo Wagner", foi para um programa de uma emissora de rádio de Cachoeira, de grande audiência, é bom que se frise, dizer que estava "assessorando informalmente a companheira Carlinda na Direc em Cruz das Almas", a mesma que agora está sendo acusada de enfiar os pés pelas mãos no comando de tão importante órgão público como a Direc. O professor Wesley Barbosa, além de tornar público o bafafá que está acontecendo no caldeirão da Direc 32 promete, ainda, adotar medidas legais cabíveis no caso contra gestora petista.

Quanto às supostas insanidades que Carlinda esteja cometendo no comando da Direc, desconfio que deva também ter alguma influência de um certo folclórico( no sentido pejorativo da palavra mesmo) "assessor informal" vinculado ao fictício PT de Cachoeira. O tal "assessor informal" deverá ganhar em breve, o troféu do maior pagador de mico petista da Bahia da era Wagner.

Meu Deus! Deve ter dedo pompom cachoeirano nos ares da Direc em Cruz das Almas. Nossa Senhora do Bonsucesso proteja seus filhos amados desta terra contra a insanidade dessa gente desprovida de juízo! Por aqui agente se apega à Nossa Senhora do Rosário contra esse povo que só conta com dois neuorônios: Tico e Teco.

Cadê as cartilhas?

O IPHAN promoveu, não faz muito tempo, um grande evento público nas dependências do Convento da Ordem Terceira do Carmo para fazer o lançamento oficial de uma cartilha voltada para as questões de educação patrimonial tendo com foco principal as vivências e experiências do povo da heróica Cachoeira, cidade Monumento Nacional. A referida cartilha, conforme foi anunciado deverá ser ferramenta importante no processo educativo da população para a preservação do seu patrimônio.

No dia do referido lançamento não faltaram discursos patrióticos, ensaios de lágrimas e vertigens pelo 'excesso de amor" à Cachoeira, piadinhas para governantes e dirigentes de instituições. Litros e mais litros de azeite de dendê foram utilizados para fritar milhares de acarajés, pelas baianas, devidamente instaladas nas dependências do templo secular, recentemente totalmente restaurado pelo Programa Monumenta. E cadê o objeto de tanta pirotecnia? Alguns minguados exemplares da tão festejada cartilha, foram distribuídos para alguns gatos pingados presentes. E a colossal prometida tiragem que iria para as escolas aonde foi parar? Na realidade, não foi nem impressa até agora.

O regabofe melado de dendê serviu também para o IPHAN festejar os seus 70 anos de fundação. Mas cadê a cartilha? Perguntar não ofende. Com a palavra o pessoal do IPHAN que é avesso fornecer informações para a sociedade.

Cachoeira vai reverenciar orixás das águas

Adeptos do candomblé de diversos municípios do Recôncavo baiano se reúnem neste domingo, dia 10, em Cachoeira cidade histórica distante 110 km de Salvador, para o ritual coletivo do presente para Iemanjá e todas as demais divindades que habitam e protegem as águas a exemplo de Oxum e Nanã.

Estão sendo aguardados os mais importantes zeladores de casas de santo das nações ketu, jêje mahi, angola, nagô e ijexá para cerimônia que a cada ano atrai um grande número de adeptos das religiões de matrizes africanas, populares e visitantes.
Para realizar a cerimônia, os organizadores contam com o apoio da prefeitura de Cachoeira, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo que, além de oferecer toda infra-estrutura para o evento, ainda disponibiliza o transporte dos babalorixás, yalorixás e filhos de santo dos terreiros de candomblé das cidades vizinhas.

"Geralmente, cada uma dessas casas realizam seus rituais individualmente, em datas diferentes, mas esta oferenda coletiva necessita do apoio da prefeitura, pois são muitas pessoas que participam", disse o prefeito de Cachoeira, Fernando Antônio da Silva Pereira(PMDB), para justificar a presença do município no ritual religioso.

Os balaios com as oferendas serão transportados a partir das 16 horas, em canoas e barcos de pequeno porte que partem do Porto de Cachoeira, local onde antigamente desembarcaram milhares de negros africanos para trabalhar como escravos engenhos do Recôncavo. Do porto, as embarcações seguem para o local conhecido como a Pedra da Baleia no meio do Rio Paraguaçu.No local considerado sagrado pelo povo de santo, os balaios serão depositados nas águas do Rio Paraguaçu que sofre a influência das marés.

"Cada terreiro prepara o seu próprio balaio com os presentes, de acordo com os seus princípios, mas também, no barracão armado na Praça Teixeira de Freitas, há balaios para que qualquer pessoa leve a sua oferenda", explica a estudante Maria do
Santos, 20, iniciada no candomblé desde os doze.

"O presente coletivo consolida, reafirma e simboliza o candomblé como religião e não apenas como expressão cultural ou "folclore" como se poderia pensar. O fato de entregar presente às águas coloca o candomblé como uma religião ritualística demonstrando a sacralidade e o misticismo que o Recôncavo tem e reverencia aquilo que constitui a sua identidade", diz Celso de Jesus Silva, 30 anos, mestrando em Filosofia contemporânea pela UFBA - Universidade Federal da Bahia.

Antes da saída das embarcações, ogãs alabês dos terreiros que vão participar da cerimônia tocarão o xirê em homenagem aos orixás. Após o ritual religioso, três grupos culturais de Cachoeira vão animar o público presente. O Gege Nagô será o primeiro grupo a se apresentar no palco armado na Praça Teixeira de Freitas. Em seguida, a Esmola Cantada, folguedo de origem religiosa católica faz a sua apresentação. O encerramento da programação cultural será com o Samba de Roda Filhos do Caquende. (foto da festa de 2007, de Jomar Lima).

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Os deuses não cessam de brotar

Na madrugada desta sexta-feira, seis novos iaôs saíram do roncó e deram seus respectivos nomes sagrados no salão, no Terreiro Ilê Oió Mecê Alaketu Ogun, fundado pelo saudoso Leopoldo Silvério da Rocha, agora zelado pelo seu filho de sangue Leomar Rocha. A renovação das energias do axé está assegurada nesta saída do primeiro barco de filhos de santo do Babá Leomar Rocha. Foi uma cerimônia muito bonita. Entre os iaôs estava José Antônio de Obaluaê.

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Larápios levam imagens sacras de Cachoeira

Ladrões roubaram imagens sacras do Convento de Santo Antônio na Vila São Francisco do Paraguaçu, na madrugada de hoje. Segundo moradores da comundade, os gatunos utilizaram machado e pé de cabra para arrombar as portas do templo. O roubo mostra mais uma vez a falta de segurança para o nosso povo e para nossos bens patrimoniais. Espera-se que a polícia aja com celeridade para pegar os ladrões.

Sábia Minerva!

Minerva era filha de Júpiter, após este engolir a deusa Métis (Prudência). Com uma forte dor de cabeça, pediu a Vulcano que abrisse sua cabeça com o seu melhor machado, após o qual saiu Minerva, já adulta, portando escudo, lança e armadura. Era considerada uma das duas deusas virgens, ao lado de Diana.
Deusa da sabedoria, das artes e da guerra, era filha de Júpiter. Minerva e Neptuno disputaram entre si qual dos dois daria o nome à cidade que Cécropes, rei dos atenienses, havia mandado construir na Ática. Essa honra caberia àquele que fizesse coisa de maior beleza e significado. Minerva, com um golpe de lança, fez nascer da terra uma oliveira em flor, e Neptuno, com um golpe do seu tridente, fez nascer um cavalo alado e fogoso. Os deuses, que presidiram a este duelo, decidiram em favor de Minerva, já que a oliveira florida, além de muito bela, era o símbolo da paz. Assim, a cidade nova da Ática foi chamada Atenas, de Atena, nome que os gregos davam a esta deusa.
A propósito da narrativa acima, a filarmônica cachoeirana batizada com o nome da deusa acaba de mudar de direção. Como se numa reviravolta provocada pelos deuses do Olimpo, a história da Minerva Cachoeirana toma novos rumos. Os deuses estão atentos!

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Ex - quase tudo

As igrejas neopetencostais estão repletas de ex-quase tudo. São ex- maconheiros, ex-piranhas, ex-estupradores, ex-bibas, ex- zezonas, ex-viroteiras, ex-traficantes, ex-assaltantes, ex-piriguetes, ex- um bocado de coisas. A julgar pelos currículos anunciados em carros de som convidando o povo para os testemunhos públicos("...ex- cheirador de cocaína, ex-maconheiro, ex-estelionatário, ex....., faz palestra hoje contando as suas desventuras no mundo, antes de se entregar à Jesus...") estes templos devem estar carregados de anjinhos. Daqui a pouco, vão faltar lugares no tão almejado céu para tanto back trank convertido... Oh! Glória!

terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

MPE pode melar a folia de mascarado

"Quanto riso! Oh! quanta alegria..." Enquanto tentava relembrar letras de antigos carnavais, quando ainda havia cantores não imitadores de gorilas grunindo em altas potências como somos obrigados ouvir atualmente, eis que recebo a notícia alvissareira: O Ministério Público Estadual finalmente decidiu denunciar à Justiça, as traquinagens de um sombra, fantasama, falso empresário, juntamente com um gestor público de um município de Recôncavo baiano. Vale lembrar que o 'gasparzinho se vira nos 30', aquele que é tudo mas não é nadica de nada, já anda imbricado com a Justiça por calote, emissão de cheques sem fundos, calúnia, etc. Enquanto Clarindo Silva, o primeiro Reimo Momo xôxo da história do carnaval baiano, está se preparando para guardar a sua coroa obtida na base da carteirada, o baile de mascarado só está começando.
"Ei, você aí! me dá um dinheiro aí. Se não vai dar, você vai ver...". Essa é música carnavalesca predileta de mascarado.

O destino do casarão do IPHAN

Intrigada com o manutenção e preservação do casarão pertencente ao IPHAN- Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional , à Rua Bejamin Constant, na Ladeira da Cadeia, restaurado pelo Programa Monumenta, dado como reeinagurado há mais de seis meses, que permanece fechado e sem nenhuma utilidade pública, recebi a seguinte resposta do atual superintendente regional do órgão, Leonardo Falangola:

Em resposta a Vossa solicitação informamos que o casarão referido, à Rua Benjamin Constant, deverá ser ocupado por esta instituição neste ano que se inicia. A sua nova função está sendo definida em conjunto por esta Superintendência regional e a Presidência do IPHAN. oportunidade, confirmamos a intenção de transformá-lo em hospedaria.
Esta é a resposta da 7ª Superintendência Regional do IPHAN.

Vamos às nossas considerações: No antigo casarão funcionou por quase três décadas ou mais, o Arquivo Público Municipal de Cachoeira. Ao que parece a contragosto dos técnicos do IPHAN porque na primeria oportunidade que tiveram despejaram o arquivo sob a alegação da implantação de uma casa de hospedagem para funicionários do referido órfão federal. É bom não esquecer que não se tem notícais de nenhum técnico do IPHAN morando e trabalhando em Cachoeira. Todos residem em Salvador, visitam a cidade para cumprir as suas funções e rapidamente retornam para a capital. O casarão naquelas proporções e com a estrutura que ganhou com restauração mais se assemelha à uma confortável pousada para muitos hóspedes. O IPHAN reclama que tem funcionários de menos para exercer a sua função na Bahia que é a de fiscalizar e preservar o patrimônio histórico e artístico nacional. Então para quê vai servir mesmo o casarão? Não seria mais uma ação de seperdício de dinheiro, retaliação ou perversidade de humanos pecadores?
Ah, o casarão também poderá funcionar para receber funcionários festeiros do IPHAN em época de festas em Cachoeira como já se viu muito em outra "hospedaria" para técnicos de um certo órgão público que existe na cidade Monumento Nacional.

Em tempo: O acervo do Arquivo Municipal foi parar num sobrado à margem do Rio Paraguaçu, cheio de escadas que dificultam a acessibildiade de idosos e pessoas com necessidades especiais de locomoção. A suposta hospedaria para técnicos permanece fechada.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

Sorteio de vagas nas escolas

Em Santo Antônio de Jesus, pais de alunos vão ter que enfrentar um sorteio para ter direito a uma vaga de um colégio da rede esatdual de ensino. É mole?

Começou a safra de vendilhões

O Rei Momo mal começou a reinar, mas já tem gente por aí, rezando para o Carnaval acabar. É que depois do Carnaval, o Brasil começa a despertar de fato das férias, e, como este é um ano eleitoral, picaretas e vendilhões que mercam votos(às vezes nem tantos como alerdaeam que têm) e elogios deslavados, estão afoitos para onerar a tabela da falta de vergonha. Ficam nas esquinas plantando fofocas, levando e trazendo futricas. Tudo isso, para ganhar alguns caraminguás de político, sair do "vermelhão" e poder pagar umas continhas. E se tudo der certo, até descolar um encosto. Isso é em tudo quanto é lugar onde pululam picaretas oportunistas.

Cabeção nas nuvens

Pedro Erivaldo Francisco, o popular Cabeção que inaugurou a prática da militância cidadã como membro do Partido dos Trabalhadores em Cachoeira( Partido que na realidade só existe no papel), está feliz da vida. Entrou por mérito no Curso de Museologia da UFRB-Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, e, ainda por cima, imprimiu mais uma derrota aos seus inimigos petistas que tentaram lhe expulsar do partido. Passou no vestibular e não saiu do PT. Tem gente que queria dar carteirada para entrar na UFRB, que pousa de miltante de esquerda e faz aliança com corruptos que deve estar morrendo de inveja das conquistas do velho Cabeça.