quarta-feira, 29 de julho de 2009

Cachoeirano recebe título de cidadão de Vera Cruz


O comerciante Carlos Lomba Gaivota será homenageado pela Câmara de Vereadores do município Vera Cruz, na Ilha de Itaparica, com título de cidadão honorário. A honraria será entregue ao homenageado durante a sessão solene que será realizada sexta-feira,31, pelo aniversário de emancipação política de Vera Cruz. Conterrâneos do homenageado estão se preparando para prestigiar a solenidade. Carlos Lomba Gaivota, se estabeleceu em Vera Cruz onde reside e trabalha há quase duas décadas. Para celebrar esse momento importante da vida do cachoeirano, o Samba de Roda Filhos do Caquende promete agitar os convidados, após a cerimônia na Câmara de Vereadores. Nossos parabéns para Gaivota. (Foto: Gaivota(de boné preto).

AARP convoca reunião para amanhã


O presidente da Ong AARP-Associação de Amigos do Rio Paraguaçu, professor Juracy Cunha Rocha, está convocando todos os associados da entidade para reunião nesta quinta-feira, dia 30, às 19h30min, no salão de convenções da Pousada da Ajuda. Na pauta das discussões estarão os temas: avaliação de documentação referente à escritura da área junto à sede da ARRP(antigo Mercado de Peixes); análise da proposta de troca da sede da AARP;indicação de nomes para composição do Conselho Municipal de Meio Ambiente e contratação de estagiário e cobrança da bimensalidade.

Em defesa da profissão

Apoio parlamentar e manifestações ampliarão defesa do diploma em agosto

A movimentação na busca de apoio parlamentar à reinstituição da exigência do diploma para o exercício profissional do Jornalismo, debates e protestos contra a decisão do Supremo Tribunal Federal prosseguem. Os trabalhos no Congresso Nacional serão retomados dia 3 de agosto. Na semana passada, o ministro Gilmar Mendes foi alvo de protesto em Vitória.

Seguindo orientações da FENAJ, os Sindicatos de Jornalistas intensificam contatos com as bancadas federais de seus Estados ou regiões. A Federação encaminhou para cada Estado a lista daqueles que ainda não haviam se posicionado sobre a constituição da Frente Parlamentar em Defesa do Diploma. O objetivo do movimento é que, já na próxima semana, haja o número necessário de assinaturas para que a Frente Parlamentar seja oficialmente criada. Uma audiência pública sobre o diploma já está programada para a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio da Câmara dos Deputados. Será no dia 20 de agosto, às 9h30.

terça-feira, 28 de julho de 2009

II Conferência Municipal da Asssitência Social em Cachoeira

II Conferência da Assistência Social em Cachoeira


Será realizada no dia 3 de agosto (segunda-feira), a II Conferência Municipal de Assistência Social de Cachoeira, tendo como tema Participação e Controle Social do Sistema Único da Assistência Social – SUAS. A abertura da conferência está prevista para as 8 horas no Auditório da Fundação Hansen Bahia na Rua 13 de Maio-Centro Histórico. As atividades acontecerão durante todo o dia e será encerrado às 17h. Na parte da manhã será efetuado o credenciamento dos participantes. Em seguida haverá o pronunciamento das autoridades. Logo após, será lido o regimento interno da II Conferência Municipal de Assistência Social.

A professora Jucileide do Nascimento, coordenadora do Colegiado do Curso de Serviço Social da UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia é a palestrante convidada do evento. Após a palestra da convidada terá início a discussão dos grupos de trabalho e intervalo. Ainda na parte da manhã, os grupos retornam com suas propostas. A programação será suspensa para o almoço.


Na parte da tarde, das 13 às 17h, a programação prevista é a seguinte: apresentação cultural de crianças assistidas pelo PETI-Programa de Erradicação do Trabalho Infantil. Às 15h, explanação dos trabalhos dos grupos. Às 16 será feita a escolha dos delegados que vão representar o município na Conferência Estadual de Assistência Social. Para encerrar o evento está programada uma apresentação do grupo de alunos de música do Projeto Musical Dó, Ré, Mi desenvolvido pelo CRAS/Quilombola de Santiago do Iguape (Centro de Referência da Assistência Social). Será servido um coffee braek.

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Ombusdsman critica reportagem da Folha sobre surto da gripe suína






No último domingo (26), o ombudsman da Folha de S.Paulo, Carlos Eduardo Lins da Silva publicou um artigo em que critica reportagem do jornal sobre o surto do vírus H1N1 no Brasil. Segundo ele, a matéria "Gripe pode afetar até 67 milhões de brasileiros em oito semanas", publicada em 19 de julho, caracteriza-se como "um dos mais graves erros jornalísticos cometidos por este jornal", desde que assumiu o cargo, em abril de 2008.

Lins relatou que a reportagem, assinada pelo articulista Helio Scwartsman, baseou-se de forma equivocada em um estudo matemático do Ministério da Saúde, datado de 2006, para levantar o possível número de contágios para o vírus Influenza nos próximos dois meses. No artigo, o ombudsman questiona alerta exposto pelo autor da matéria, que pede "cuidados" para não extrapolar os dados para o atual surto de H1N1.

"Ora, se era preciso cautela, por que o jornal foi tão imprudente?", escreveu Lins, citando ainda a opinião de um leitor, enviada ao veículo por carta. "Já que não tem base em nada nas circunstâncias atuais, qual a relevância de publicar algo que evidentemente só pode causar pânico numa população que já está abarrotando os postos de saúde por causa da gripe, quando os casos mal passam do milhar?" parafraseou o ombudsman.

Para Lins, a publicação da reportagem levou os leitores a questionar um possível contágio da gripe. Segundo ele, "quem estivesse febril com tosse ao abrir o jornal pode ter procurado assistência médica".

Ao final, o ombudsman ainda critica o veículo, por não ter admitido erro no embasamento da pesquisa. Lins afirma que, em resposta à solicitação do Ministério da Saúde, a Redação da Folha de S.Paulo considerou "adequada" a reportagem e que "informar a genealogia do estudo na chamada teria sido interessante, mas não era absolutamente essencial". (Portal IMPRENSA)


Palestra sobre a nova gripe


Médicos, enfermeiros, dentistas, técnicos em enfermagem e agentes comuntários de saúde e da vigilância epidemiológica assistiram hoje pela manhã palestra sobre a nova gripe A H1N1 proferida por técnica da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, no Centro de Convenções.

Guerra de espadas será tema de debate no auditório da UFRB

A Ong A Cidadã está convocando a sociedade cachoeirana para uma discussão sobre guerra de espada na cidade: consequências e riscos para a vida e para o patrimônio. A reunião será no dia 2 de agosto(domingo) às 18, no auditório do CAHL(Centro de Artes Humanidades e Letras) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia(Quarteirão Leite Alves). Foram convidados para participar das discussões autoridades da Polícia Militar, o prefeito Tato Pereira, vereadores Ministério Público Juíza de Direito da Comarca, entre outras autoridades. Vale lembrar que, a queima de espada(guerra de espada), é proibida por lei municipal, cuja lei vem sendo descumprida ao longo dos últimos anos.

domingo, 26 de julho de 2009

Opalma ganha avenida pavimentada


O prefeito Tato Pereira ao lado do secretário de Obras e Meio Ambiente, Edgar Moura, do vereador Carlos Pereira, assessores e lideranças comunitárias, inaugurou ontem, à noite, a obra de pavimentação com paralelepípedo da Avenida Tiradentes(2.900 m²), na sede do distrito da Opalma. A obra, uma antiga reivindicação dos moradores locais foi executada com recursos próprios do município e integra o projeto de desenvolvimento integrado do meio rural de Cachoeira.

Em seu discurso, o prefeito Tato Pereira reafirmou o compromisso de levar mais benfeitorias para as comunidades da zona rural e anunciou a aquisição de uma nova ambulância, além de citar os investimentos já feitos na Opalma. Ele citou a importância da construção da escola creche do povodo denominado Buraco da Raposa, em seu primeiro mandato, para as crianças daquela localidade. Tato Pereira também citou a construção da praça da Opalma e a reconstrução dos dois colégios, implantação do Posto de Saúde da Família, extensão da eletrificação rural e melhoria de estradas vicinais.

O prefeito garantiu, após ouvir a reivindicação de um antigo morador que reclamou das péssimas condições da estrada da localidade conhecida como Brasília, que na primeira quinzena do próximo mês, a prefeitura irá recuperar todas as vias que ainda não foram beneficiadas no distrito da Opalma. Tato Pereira também destacou a pavimentação asfáltica da estrada que liga a Opalma ao São Francisco do Paraguaçu, já devida autorizada pelo governador do estado da Bahia, assinalando que esta foi uma reivindicação de seu governo. "Nós oferecemos, há um ano no dia 25 de Junho, ao governador Jaques Wagner, a contrapartida de R$ 1 milhão do município para a execução dessa obra que vai mudar defintivamente a vida das milahres de pessoas que vivem e trabalham na região do Vale do Iguape".



sábado, 25 de julho de 2009

Juliana Ribeiro é a atração cultural no aniversário da UFRB


Dia 29, no Auditório do Quarteirão Leite Alves, sede do Centro de Artes, Humanidades e Letras, da UFRB, em Cachoeira, acontece uma cerimônia de comemoração aos 4 anos de existência da Federal do Recôncavo.

Na programação, que começa às 18h, estão previstas a apresentação do Coral da UFRB, lançamento de vídeo institucional, palestra sobre a importância da UFRB para o Desenvolvimento social, cultural e econômico do Recôncavo, com o Secretário Estadual de Planejamento, Walter Pinheiro, além da atração cultural Juliana Ribeiro, patrocinada pela EMBASA (A Empresa Baiana de Água e Saneamento S.A.).

Juliana Ribeiro, cantora com nove anos de carreira, é, além de artista, historiadora, com pesquisa sobre a trajetória do samba e da música popular. Sua bela voz canta histórias do samba. Com formação técnica em canto lírico pela Faculdade Federal da Bahia, a moça aperfeiçoou seus estudos e pesquisas na área na Faculdade de Canto Popular (UNICAMP), em São Paulo, onde foi aluna especial. Hoje ela é aluna do mestrado na área de Cultura e Sociedade da Faculdade de Comunicação da UFBA.

Levada pelos ritmos da cultura popular como o lundu, o choro, o maxixe Sembas angolanos e Samba-de-Umbigada, a proposta do show da Juliana é mostrar a diversidade musical que deu origem ao Samba e seus desdobramentos. No repertório, canções inéditas de grandes compositores baianos associadas a clássicos de Xisto Bahia, Noel Rosa, Carmen Miranda, Monsueto, Clementina de Jesus e outros. Diferentes climas compõe o espetáculo numa associação de técnica com performance musical, ilustrando que nem sempre o samba foi este ritmo urbano e massivo, consagrado no Rio de Janeiro; há uma gama de manifestações populares que o precederam e que são muito identitárias à nossa cultura porém desconhecidas do público em geral. Por tudo isso, “De Areia”, é um show interativo, dançante e também prazeroso ao ouvido e inteligente aos sentidos.

O show acontece no auditório de um prédio secular, doado pela Prefeitura de Cachoeira para a UFRB e recuperado pelo Programa Monumenta, do IPHAN, sede dos cursos de cinema e audiovisual, jornalismo, história, museologia, serviço social e ciências sociais da Federal do Recôncavo.(Fonne Ascom/UFRB))

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Bancada do PSDB vai representar contra Sarney no conselho

Líder do partido já havia apresentado denúncias, mas representação só pode ser formalizada pelo partido

BRASÍLIA - A bancada do PSDB decidiu endossar as quatro denúncias contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), apresentadas pelo líder do partido, Arthur Virgílio (AM), ao Conselho de Ética. Técnicos do partido estão elaborando uma representação contra o peemedebista e o documento pode ser registrado no conselho ainda nesta sexta-feira.



As denúncias apresentadas por Virgílio responsabilizam José Sarney pela edição de atos secretos no Senado, alguns dos quais foram usados para contratar pessoas da família do senador, e ainda por suposta participação em um esquema de desvio de dinheiro de patrocínio cultural da Petrobras, recebido pela Fundação José Sarney. A representação do PSDB vai englobar as quatro denúncias.

Pelo regimento, as denúncias contra parlamentares podem ser apresentadas por parlamentar ao Conselho de Ética, pedindo apenas a investigação sobre determinada denúncia. Caberá ao colegiado decidir se as denúncias têm ou não fundamento para serem transformadas em representação. Já as representações, precisam ser endossadas por um partido político, e tem o poder de pedir abertura de processo por quebra de decoro parlamentar, sem investigação prévia.

Ao apresentar a representação com o mesmo teor das denúncias de Arthur Virgílio, o PSDB tenta acelerar a possível abertura de processo contra José Sarney e pressionar o peemedebista para se licenciar.

O PSOL foi o primeiro partido a registrar representação contra José Sarney no Conselho de Ética responsabilizando-o pela edição dos atos secretos. Na primeira semana de agosto, as bancadas do DEM e do PDT também deverão se reunir para decidir se entrarão ou não com representações contra Sarney.(AE)

quinta-feira, 23 de julho de 2009

TURISMO NAÚTICO NA BAÍA DE TODOS OS SANTOS SERÁ DISCUTIDO EM CACHOEIRA

Com objetivo discutir a formulação do Planejamento Estratégico do Turismo Náutico na Baía de Todos os Santos, será realizada na próxima segunda-feira (27), na Câmara de Vereadores, reunião com representantes da Secretaria de Turismo do Estado da Bahia, Secretaria de Cultura e Turismo do município de Cachoeira, empresários, autoridades e lideranças locais. A iniciativa, de acordo com os organizadores da reunião, resultará no contexto e visão para a atração de novos investimentos e o desenvolvimento dos negócios relacionados através da exploração racional dos recursos náuticos da Baía de Todos os Santos.

O encontro contará com a participação de técnicos da Fundação Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia - FEA/UFA contratada pela Secretaria de Turismo do Estado da Bahia para elaborar o Plano Estratégico Náutico da Baía de Todos os Santos. Na reunião, serão definidas as estratégias e ações que orientarão os setores públicos e privados a transformar a área num novo espaço turístico de atratividade internacional. A participação de representantes da sociedade, segundo os mobilizadores, no encontro contribuirá para o enriquecimento das discussões.

Secretaria de Saúde mobliza sociedade para previnir a nova gripe

A Secretaria de Saúde do Município de Cachoeira, por meio da Vigilância Epidemiológica, está mobilizando diversos segmentos da sociedade local para informar a sobre a nova gripe (NIH1). A iniciativa visa promover esclarecimentos sobre o contágio, sintomas e prevenção da doença. De acordo com a Sesab - Secretaria de Saúde do Estado da Bahia foram confirmados dois casos da doença no município de Cachoeira, especificamente no distrito de Capoeiruçu, pessoas que viajaram para a Argentina.

Nesta sexta-feira (24), acontecerá a primeira reunião com educadores e todos os trabalhadores da Educação do município, no Centro de Convenções de Cachoeira, a partir das 8h. Na próxima segunda-feira (27), está agendada uma reunião com técnicos da Sesab - Secretaria de Saúde do Estado da Bahia com o pessoal da Vigilância Epidemiológica de Cachoeira, também no Centro de Convenções, ainda sem confirmação de horário.

Ministério recebe 50 mil tratamentos para a nova gripe





O primeiro lote de 50 mil tratamentos contra Influenza A (H1N1), adquiridos pelo Ministério da Saúde, chegou a um dos depósitos do governo federal nesta terça-feira, 21 de julho. Eles serão distribuídos aos 68 hospitais de referência de todo o país para o atendimento aos pacientes com a nova gripe. Uma segunda leva dos remédios, mais 50 mil, será entregue até o dia 15 de agosto. E outros 750 mil tratamentos chegarão até o dia 30 de setembro.

O Ministério, por meio do Laboratório de Farmanguinhos, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz – RJ), já está produzindo 150 mil tratamentos, que estarão disponíveis para uso a partir do fim do mês. Ao todo, será um milhão de tratamentos.

Cada um dos tratamentos é composto por 10 comprimidos de fosfato de osetalmivir, quantidade indicada para uma pessoa. A remessa distribuída no país deve superar o número de casos graves, segundo o diretor de Vigilância Epidemiológica do Ministério da Saúde, Eduardo Hage. O medicamento é indicado apenas para essa parcela, que representa menos de 5% dos pacientes com os sintomas. “É esperado um aumento da procura pelo remédio agora no inverno, quando a doença atingirá um maior número de pessoas. Receberemos quantidade suficiente para atender essa demanda”, destaca Hage.

PRODUÇÃO PRÓPRIA
- O medicamento é considerado o mais eficiente, até o momento, no tratamento de influenza H1N1, sendo recomendado, inclusive, pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O Ministério da Saúde investiu R$ 34,75 milhões na compra dos 800 mil novos tratamentos. O contrato com a Roche foi firmado em junho.

O país possui matéria-prima para produzir um total de 9 milhões de tratamentos. O insumo foi adquirido em 2005, na época para uma possível epidemia de gripe aviária. “Estamos com estoque suficiente para enfrentar essa pandemia. Se houver necessidade, produziremos mais medicamentos”, afirmou Eduardo Hage.

Edital seleciona projetos de prevenção a violêncai entre jovens negros

Até o dia 15 de agosto está aberto o prazo para que prefeituras e estados busquem apoio do Governo Federal no desenvolvimento de projetos voltados a jovens negros em situação de vulnerabilidade social e segregação familiar. É o Projeto Farol – Oportunidade em Ação, promovido pela Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR/PR) em parceria com o Ministério da Justiça, no âmbito do Programa Nacional de Segurança com Cidadania (Pronasci).

Serão aproximadamente R$ 3,3 milhões, até o final deste ano, para o financiamento de projetos.

O objetivo é articular ações sociais para a prevenção da violência entre a juventude negra, em 13 estados e o Distrito Federal que participam do Pronasci (Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul; São Paulo e municípios goianos que fazem parte do Entorno do Distrito Federal). De acordo com levantamento do Ministério da Justiça, esses locais apresentam o maior índice de homicídio entre jovens.

Os municípios localizados nestes 13 estados e que tenham feito convênio com o Pronasci também poderão apresentar propostas. A lista está disponível no edital.

Por meio do edital de chamada pública terão apoio as iniciativas para ampliação do acesso a oportunidades econômicas, sociais, políticas e culturais de jovens com idade entre 15 e 24 anos, que estejam em situação infracional ou em conflito com a lei, com baixa escolaridade, expostos à violência doméstica e urbana.

quarta-feira, 22 de julho de 2009


22/07/2009 | 10:34
Confecom e defesa do diploma são prioridades dos jornalistas no segundo semestre
A luta em defesa do diploma e a participação das entidades sindicais dos jornalistas no processo da Conferência Nacional de Comunicação foram debatidas em reunião ampliada e em um seminário nacional da FENAJ, em São Paulo, no último final de semana. As duas questões serão priorizadas na agenda de lutas do segundo semestre para assegurar que o debate em torno da democratização da comunicação e da importância social do Jornalismo ganhe maior espaço na sociedade.

Na sexta-feira (17/7), a FENAJ realizou reunião ampliada de sua diretoria para definição de ações relativas à luta pela manutenção da exigência do diploma. Dirigentes de 25 Sindicatos de Jornalistas participaram da discussão. Já no Seminário sobre a Confecom, participaram também jornalistas, professores e representantes de outras entidades e categorias profissionais.

Sérgio Murillo de Andrade, presidente da FENAJ, conta que os dois espaços de discussão resultaram em mais de duas dezenas de propostas e encaminhamentos aprovados. “Tudo o que foi aprovado será divulgado no seu devido momento”, disse. Ele antecipou que permanecem as orientações aos Sindicatos para manterem os mesmos procedimentos quanto à emissão da carteira de jornalista, sindicalização e registro profissional. “Até porque, no que se refere aos registros, o próprio Ministério do Trabalho prossegue encaminhando apenas o dos diplomados até a publicação do acórdão do STF”.

Quanto às iniciativas que vêm ocorrendo no Congresso Nacional, de proposições de PECs e regulamentação da profissão, Murillo revela que a FENAJ não analisará, de imediato, o mérito de cada uma delas. O importante para a Federação e Sindicatos da categoria é que, tanto tais propostas quanto as audiências públicas que estão sendo agendadas, ampliam o debate sobre o diploma. “Agora a sociedade vai ter condições de acompanhar este debate que foi sonegado e escondido pelos donos da mídia”, considera Murillo, para quem a sociedade vai compreender o desconhecimento que o STF mostrou ter sobre o Jornalismo e o equívoco da decisão tomada.

Além da intensificação da agenda de lutas e protestos no segundo semestre, uma das ações imediatas dos Sindicatos e da categoria é buscar em seus Estados e regiões, neste período em que o Congresso Nacional está em recesso, contato com os parlamentares que ainda não assinaram a proposta de constituição da Frente Parlamentar em Defesa do Diploma. “Para oficializar sua criação no Congresso, são necessárias 191 assinaturas”, lembra Sérgio Murillo, registrando que a proposta já tem cerca de 150 apoiadores entre deputados e senadores. Com a frente formada, a perspectiva de agilizar a tramitação das matérias de interesse da categoria é maior.

O presidente da FENAJ conta, também, que a ideia das entidades da categoria é fazer do processo da Confecom um espaço privilegiado de debate sobre a profissão de jornalista, a realidade do setor de comunicações no País e a necessidade social do Jornalismo.

Entre os temas que a entidade pretende destacar no processo da Confecom estão a Lei de Imprensa, a Liberdade de expressão, o Conselho Federal de Jornalistas e um estatuto de ética para o Jornalismo, a regulamentação e o Jornalismo como necessidade social, além de questões como as outorgas e concessões, regulação de conteúdos, controle público e marco regulatório da comunicação.

Aniversário da UFRB

Para comemorar os quatro anos de criação da UFRB-Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, no próxima quarta-feira(29), foi programada uma vasta programação no Auditório do Quarteirão Leite Alves, em Cachoeira, com início previsto para as 18hs. Entre outras atividades previstas estão a apresentação do Coral da UFRB, lançamento de vídeo institucional, além palestra sobre a importância da UFRB para o desenvolvimento social, cultural e econômico do Recôncavo, com o Secretário Estadual de Planejamento, Walter Pinheiro.
A UFRB, criada em 29 de julho de 2005, por desmembramento da Escola de Agronomia da UFBA, funcionou sob tutoria por um ano, apenas com o que havia herdado. Nos prédios antigos do Campus Cruz das Almas, funcionavam quatro cursos: Agronomia, Engenharia Florestal, Engenharia de Pesca e Zootecnia (na graduação) e um mestrado nas áreas agrárias. O primeiro semestre sem tutoria iniciou em outubro de 2006 e o primeiro salto foi dado: três novos Campi, em Amargosa, Cachoeira e Santo Antonio de Jesus e criação de 11 novos cursos.
Atualmente, a comunidade acadêmica de 3.500 estudantes, em 26 cursos de graduação, seis deles, noturnos. A UFRB dispõe de quatro mestrados em funcionamento e mais um aprovado para começar em 2010. Possui um Doutorado nas áreas agrárias e mais de 300 professores, 97% doutores e mestres.

terça-feira, 21 de julho de 2009

Imprensa de Curitiba dá destaque à exposição de obras Hansen Bahia

O diretor da Fundação Hansen Bahia, Raimundo Vidal, que se encontra em Curitiba para a abertura da exposição de obras do artista Hansen Bahia, logo mais à noite na Galeria Caixa, no centro da cidade, informa que há uma grande expectativa de público para o evento. Ainda segundo Vidal, a imprensa local tem dado uma ampla cobertura à mostra. Ele informa que o jornal Gazeta do Povo, por exemplo, hoje dedicou uma página inteira do seu caderno de cultura à exposição.

A exposição, com curadoria de Lêda Deborah, traz 64 obras em suporte de papel e nove matrizes xilográficas restauradas pelo projeto “Preservação da Obra de Hansen Bahia”, apresentado pela Fundação Hansen Bahia, e selecionado pelo Programa CAIXA de Adoção de Entidades Culturais, que patrocina a recuperação, a ampliação e a promoção de importantes acervos em todo o país, fomentando ações localizadas de recuperação e disponibilização desses bens à sociedade. A exposição permanecerá aberta até o dia 16 de agosto de 2009. Alemão de nascimento, mas brasileiro por opção, Karl Heinz Hansen Bahia doou ainda em vida todo seu acervo à cidade de Cachoeira, no Recôncavo baiano.

ACERVO DA FUNDAÇÃO HANSEN BAHIA É EXPOSTO NA GALERIA DA CAIXA EM CURITIBA

Será aberta hoje (21), ao público, às 19h, na Galeria da Caixa (Rua Conselheiro Laurindo, Centro), em Curitiba, a exposição de obras do gravador alemão Hansen Bahia. A exposição, com curadoria de Lêda Deborah, traz 64 obras em suporte de papel e nove matrizes xilográficas restauradas pelo projeto “Preservação da Obra de Hansen Bahia”, apresentado pela Fundação Hansen Bahia, e selecionado pelo Programa CAIXA de Adoção de Entidades Culturais, que patrocina a recuperação, a ampliação e a promoção de importantes acervos em todo o país, fomentando ações localizadas de recuperação e disponibilização desses bens à sociedade. A exposição permanecerá aberta até o dia 16 de agosto de 2009. Alemão de nascimento, mas brasileiro por opção, Karl Heinz Hansen Bahia doou ainda em vida todo seu acervo à cidade de Cachoeira, no Recôncavo baiano.

A Fundação Hansen Bahia, instituída em 1976, é responsável pela salvaguarda do legado de Karl Heinz Hansen-Bahia, cujo acervo foi doado em vida à cidade de Cachoeira, no Recôncavo baiano. Cinco anos depois da morte do artista, a Fazenda Santa Bárbara, sua última residência, em São Félix, foi doada à Fundação Hansen-Bahia. A doação constava do testamento de Ilse Hansen, viúva do artista, falecida em 1983. No próximo mês, a Fundação Hansen Bahia se instalará em sua sede própria na cidade de Cachoeira, um imóvel recentemente restaurado pelo Programa Monumenta do governo federal em parceria com o governo do estado da Bahia, por meio da Secretaria de Cultura e Ipac.



O acervo da Fundação é constituído de 13 mil itens, entre gravuras, fotografias, álbuns de recortes, livros, documentos, mobiliário e objetos de uso pessoal. Há também uma biblioteca com cerca de mil títulos – incluindo dezenas de livros publicados ou ilustrados por Hansen-Bahia. As obras em suporte de papel são mais de quatro mil. Já as matrizes xilográficas totalizam 260.



A intenção da curadora Lêda Deborah é levar a exposição “Hansen Bahia- Restauração do Acervo – 73 Obras” para diversos espaços culturais do país, de modo a propiciar maior reflexão sobre a obra e a vida do artista e da arte da xilogravura. A mostra itinerante começou em Salvador, depois Rio de Janeiro, Brasília e agora Curitiba. A próxima exposição acontecerá também no espaço da CAIXA Cultural de São Paulo. Em outubro, as obras retornam para exposição nas cidades baianas de Cachoeira e São Félix. “A maior homenagem que se pode fazer a um artista é mantê-lo vivo”, conclui a curadora, que é responsável pelo acervo desde 2003.



Karl Heinz Hansen Bahia (1915- 1978)

“Tudo o que sei e o que sou, devo à Bahia”.

Karl Heinz Hansen, alemão de Hamburgo, tem os primeiros trabalhos artísticos datados dos anos 40. O homem foi sempre o seu grande tema e a xilogravura, uma arte tradicional na Alemanha, a técnica a que mais se dedicou.

Convencido por um diplomata brasileiro na Suécia, onde residia depois da Segunda Guerra Mundial, Hansen chegou ao Brasil em 1950, aos 35 anos, para trabalhar como artista gráfico numa editora de São Paulo. Vinha em busca do futuro promissor e dos encantos naturais de que lhe falara o amigo em Estocolmo.



Mudou-se pela primeira vez para a Bahia em 1955. Ao longo dos três anos seguintes, realizou exposições, lançou álbuns de gravuras, executou painéis, concorreu ao Prêmio de Arte Contemporânea e participou da IV Bienal de São Paulo.

A Bahia, entretanto, não deu ao artista resposta econômica e Hansen voltou, em 1959, para Alemanha. Antes, porém, se despediu com a exposição “A Bahia de Hansen”, mostrando aos baianos o que levaria para o Velho Mundo. Foi neste período que o artista adotou o nome artístico de Hansen Bahia e conheceu seu último amor e musa, Ilse.

A inquietude do artista e o novo amor fizeram Hansen partir para a Etiópia a convite do imperador Salassiè, para fundar uma escola de belas artes em Addis Abeba. Em 1966, no término de sua missão, Hansen voltou definitivamente para a Bahia, onde ficou até sua morte em 1978.

O artista expôs duas vezes em Brasília: em 1973, com a mostra “Novos Trabalhos”; e em 1976, com “Retrospectiva”, exposição promovida pela Embaixada da Alemanha no Touring Club do Brasil, ocasião na qual Hansen ofereceu sua obra, por meio de testamento, à cidade de Cachoeira, instituindo a Fundação Hansen Bahia.



Serviço:

Exposição “Hansen Bahia – Restauração do Acervo – 73 Obras”

Local: Galeria da Caixa (Rua Conselheiro Laurindo, 280, Centro)

Data: Abertura 21 de julho, às 19h30. A exposição permanecerá aberta até o dia 16 de agosto de 2009

Horários de visitação: de terça a sábado das 10h às 21h, e domingos das 10h às 19h

Entrada franca para a exposição

Classificação etária: Livre

Informações: 2118-5114 / 2118-5410



--

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Novo tomógrafo da Santa Casa de São Félix



Exames de pacientes da Santa Casa São Félix, a 110 km de Salvador, já estão sendo feitos com aparelho tomógrafo de última geração, adquirido recentemente pela instituição para substituir equipamento instalado naquela unidade há mais de uma década. O equipamento permite a realização, em média ,de 600 exames mensais. Cunha Rocha. “Graças às avançadas tecnologias que incorpora, o aparelho realiza imagens com padrão de alta definição para diagnósticos precisos, o que vai contribuir para melhorar ainda mais, a qualidade do atendimento da Santa Casa à população de São Félix e região”, destacou o diretor-médico.

sábado, 18 de julho de 2009

CANDOMBLÉ É PATRIMÔNIO IMATERIAL NO RIO DE JANEIRO

Religiosos e pesquisadores comemoraram ontem a decisão do governo do Rio de declarar o candomblé um patrimônio imaterial do estado. A lei, proposta pelo deputado estadual Gilberto Palmares (PT), foi sancionada pelo governador em exercício, Luiz Fernando de Souza Pezão, e publicada anteontem no Diário Oficial. Projeto semelhante, que trata da umbanda, já foi aprovado na Alerj e aguarda sanção do governador. A museóloga e pesquisadora de Cultos Afro do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Márcia Netto comemorou: — Grande notícia! Acho que muda muita coisa para essas religiões que, até há pouco tempo, eram vistas como folclore ou seita. Vai ajudar a diminuir o preconceito, dar credibilidade e ajudar a desmistificar. O preconceito contra o candomblé vem desde a colonização. Gilberto Palmares espera que a lei ajude a reduzir a intolerância religiosa.

Galeria de arte processa Wikipédia por violar direitos de 3 mil imagens




A Wikipédia foi acionada na justiça britânica pela National Portrait Gallery, após a descoberta de que 3 mil imagens expostas pelo site - e pertencentes ao acervo da galeria - foram publicadas sem autorização prévia em uma página da Wikimedia Commons, local que permite que as imagens sejam usadas livremente.

A ação contra o site é destinada ao usuário a Derrick Coetzee, que fez a publicação de todas as imagens em alta resolução. A galeria, segundo informa a Magnet, teria enviado um documento solicitando que o usuário retire as tudo o que foi publicado até o dia 20 deste mês, senão será aberto o processo.(Portal IMPRENSA)

DIREITO AUTORAL: Por aqui, o direito autoral sempre está sendo aviltado. São inúmeras as vezes que já nos deparamos com imagens feitas por nós ilustrando publicações de terceiros sem a nossa devida autorização e até mesmo o crédito da autoria na foto.

Recentemente, foram utilizadas diversas fotos de autoria de Jomar Lima para decorar veículos públicos. O autor das obras , com base na lei do direito autoral, exigiu que o seu nome fosse colocado nas referidas fotos. O reivindicação do autor das fotos foi atendida evitando assim um procedimento judicial.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

CUT repudia fim do diploma de jornalista e alerta que ameaça todos trabalhadores


17/07/2009 | 17:49


A Central Única dos Trabalhadores acaba de aprovar moção de repúdio à decisão do Supremo Tribunal Federal que extinguiu a obrigatoriedade da formação universitária para o acesso à profissão de jornalista. Declara sua adesão à "luta em defesa do diploma de jornalista para garantir os critérios de responsabilidade social dessa importante profissão". E alerta que a decisão do STF diz respeito a todos os trabalhadores.

A CUT argumenta que sua ação desregulamentadora ameaça outras categorias, leva à precarização das relações do trabalho e também atinge os movimentos sociais, já tão criminalizados pela mídia.

Para a Central, a decisão do STF, na verdade, "privatiza a liberdade de expressão e de informação no Brasil". A moção foi aprovada ao final do 5º Encontro Nacional de Comunicação (ENACOM) da CUT, que reuniu sindicalistas de todo o país em São Paulo, de quarta-feira, dia 15, até esta sexta, dia 17. Leia abaixo a íntegra da moção.

São Paulo, 17 de julho de 2009

Moção de repúdio ao fim da exigência do diploma para o exercício do jornalismo

No último dia 17 de junho de 2009, o Brasil recebeu um duro golpe: a mais alta corte do País, o Supremo Tribunal Federal (STF), extinguiu a exigência do Diploma para o exercício da profissão de jornalista. Assim, quem decide agora quem será ou não jornalista são os patrões, que detêm o monopólio da comunicação. Agravando ainda mais a redução da influência dos profissionais sobre a linha editorial dos veículos e ameaçando a qualidade da informação que chega ao conjunto da sociedade.

Essa decisão diz respeito a todas as trabalhadoras e todos os trabalhadores brasileiros, pois se o jornalista hoje perdeu parte de sua regulamentação com a derrubada do inciso que exigia a formação específica (inciso quinto do artigo 4.º do Decreto-Lei 972/69) para o exercício profissional, abre-se um perigoso precedente para que outras profissões tenham suas regulamentações questionadas. O risco está também na possível precarização das relações capital-trabalho.

O cerceamento da liberdade de expressão está caracterizado no próprio voto do ministro Gilmar Mendes. Em seu arrazoado indica que, a partir de agora, "a autorregulamentação deve ser feita pelas empresas de comunicação". Desse modo, o STF privatiza a liberdade de expressão e de informação no Brasil.

Não podemos aceitar tal irregularidade e irresponsabilidade, uma vez que diuturnamente vemos esses mesmos meios de comunicação produzindo ataques e criminalizando os movimentos sociais e as organizações das trabalhadoras e dos trabalhadores.

Por meio dessa moção, representantes da Central Única dos Trabalhadores, reunidos em São Paulo para a realização do 5º Encontro Nacional de Comunicação (ENACOM), solidificam a luta por uma liberdade de expressão plena e de alcance de toda a sociedade. Não admitimos a troca da Universidade (instituição secular) pelos barões da mídia. Os critérios técnicos e éticos, apreendidos por estudantes de jornalismo e capazes de formar o profissional jornalista, não mais serão levados em consideração para a seleção de quem formulará a informação no Brasil.

Mas com a decisão do STF, corre-se o risco de tornar a sociedade ainda mais refém dos detentores dos meios de produção da informação. Informação essa que é um direito de todos. O conteúdo, hoje hegemônico, certamente será ainda mais manipulado.

Por isso, os delegados ao 5º ENACOM, ao defenderem uma mídia democrática e um novo marco regulatório da comunicação, repudiam a decisão do STF e reforçam a luta em defesa do diploma de jornalista para garantir os critérios de responsabilidade social dessa importante profissão, por meio de uma reinserção da formação específica para o exercício do jornalismo.

IPHAN COMPRA PRÉDIO DO CINEMA DE CACHOEIRA

O prédio do antigo Cine-teatro Glória de Cachoeira acaba de ser vendido pela família Vacarezza ao IPHAN-Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. O imóvel deverá ser restaurado pelo Projeto Monumenta, e deverá ser incorporado à UFRB -Universidade Federal do Recôncavo da Bahia- que oferece no CAHL-Centro de Artes Humanidades e Letras, o curso de Cinema. A confirmação da venda do imóvel foi feita pelo advogado da família Vacarezza, José Luiz da Anunciação Bernardo.
Em meados do mês de janeiro deste ano, a parte superior da parede lateral e telhado do prédio do antigo Cine Glória de Cachoeira, desabaram. Os escombros caíram no trecho da Rua 13 de Maio, do lado da desativada Pousada do Pai Tomaz. (Foto: escombros do prédio após o desbamento em janeiro).

Roger Sansi em Cachoeira



O antropólogo Roger Sansi, professor da Universidade de Londres, encontra-se em Cachoeira, onde colheu grande parte do material para a elaboraçãode sua tese de doutorado sobre a importância das imagens nos cultos religiosos de matriz africana. O trabalho de pesquisa resultou na publicação acadêmica Fetishes £ Monuments.

RELIGARE


Pela janela do mundo.
Foto de ZÉ LUIZ.

Justiça proibe José Simão de fazer piada com a atriz Juliana Paes






A justiça do Rio de Janeiro proibiu o colunista da Folha de S.Paulo, José Simão, de publicar comentários sobre a atriz Juliana Paes. De acordo com o juiz João Paulo Capanema -responsável pelo caso - o articulista do jornal paulistano teria feito "anedotas que ultrapassaram o limite da ficção de Maya", a personagem de Juliana na novela "Caminho das Índias", exibida pela Rede Globo.

Segundo o colunista do jornal O Globo, Ancelmo Góis, Simão teria brincado com o termo indiano "casta" - referência a condição social na Índia - ao dizer que "Juliana não é casta". Na decisão, fica vetado ao colunista mencionar os termos "casta" e "castidade" com o nome da atriz, sob pena de multa de R$ 10 mil por ocorrência.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

O homem e o rio


Final de tarde do dia 24 de junho de 2009, em Cachoeira.

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Festa de Nossa Senhora da Boa Morte 2009

A Festa anual da Secular Irmandade de Nossa Senhora da Boa Morte de Cachoeira, Cidade Histórica e Monumento Nacional acontecerá nos dias 13,14 e 15 de agosto. A festa de Nossa enhora da Boa Morte é considerada como a mais importante manifestação sincrética religiosa da Bahia, que une rituais essencialmente católicos com elementos do culto afro-brasileiro.
Os tradicionais festejos da irmandade composta por mulheres afrodescendentes com idade acima de quarenta anos, começa no dia 13 com o ritual do traslado do esquife de Nossa Senhora, às 18 horas, com saída do anexo da Capela d'Ajuda que pertence à Boa Morte, com destino à capela da Irmandade na Rua 13 de Maio, onde haverá uma celebração religiosa em memória das falecidas. Nesse dia, as irmãs vestem-se de branco em sinal de luto. Em seguida, as Irmãs participam da Ceia Branca com familiares e convidados. A ceia é composta por alimentos à base de peixe e frutos do mar, pão e vinho. Os pratos não levam azeite de dendê por isso é denominada de Cia Branca.
No dia 14, segundo dia da festa que costuma atrair um grande número de turistas, principalmente afroamericanos, as integrantes da Irmandade usam a beca com saia preta plissada, blusa branca bordada, cobram os cabelos com um lenço branco brodado chamado biôco. Elas usam também um chale de veludo que possui duas faces: uma preta e outra vermelha. Durante o ritual da procissão que simbloza o enterro de Nossa Senhora, as irmãs usam o chale com a face preta à mostra. A procissão do enterro de Nossa Senhora sai às 19 horas da igreja da Irmandade e pecorre as principais ruas do centro histórico de Cachoeira seguida de filarmônicas que tocam marchas fúnebres.

No dia 15, o último dia das celebrações religiosas públicas, acontece a grande procissão festiva da Assunção de Nossa Senhora. O cortejo sai da igreja da irmandade após a missa, marcada para ás 8 horas. Nesse dia, considerado o ponto alto da programação religiosa, as integrantes da irmandade vestem a beca, usam, jóias e deixam à mostra as contas de sues orixás, além de deixar a face vermelha do xale exposta. Esta manifestação religiosa é marcada pelas cores das flores que decoram o andor de Nossa Senhora da Glória, foguetório e muita alegria. Para as irmãs, é o dia da Ressurreição de Nossa Senhora e por isso é festejado com muita alegria. Após a procissão, as irmãs trocam o traje de gala por saias coloridas e blusa branca. Todas participam do samba de roda em homenagem à Nossa Senhora. A irmandade oferece a todos os presentes um farto banquete com feijoada, assados e saladas.

No dia 16, a Irmandade oferece à população, o tradicional escaldado com diversos tipos de carnes, verdura e pirão. O samba de roda tabém se apresenta e todos que quiserem pode sambar. A partir das 18h
No dia 17, também a partir das 18h, a festa continua com o samba de roda de Nossa Senhora ea distribuição de caruru e mungunzá.(Foto da Ceia Branca. Autor: Jomar Lima)
--

terça-feira, 14 de julho de 2009

Comissão do MEC quer desmembrar Jornalismo do departamento de Comunicação Social



O curso de Jornalismo pode se desmembrar da área de Comunicação Social e se tornar uma graduação autônoma. A medida é pauta de sugestão do Ministério da Educação (MEC) ao Conselho Nacional de Educação. Caso o desmembramento seja aprovado, a graduação em Jornalismo se unirá a Cinema e Audiovisual, cursos que recentemente se desvincularam da área de Comunicação Social.

A discussão sobre o tema, iniciada em fevereiro deste ano, deve ter um parecer até um fim de 2009. De acordo com o chefe do departamento de Comunicação Social da Universidade Federal do Paraná (UFPR), João Somma, o desmembramento do curso se deve à posição do Ministério, que classificou o Jornalismo como uma das quatro posições fundamentais para a democracia do país, ao lado de Pedagocia, Direito e Medicina.(Portal IMPRENSA)

Microsoft lança Office grátis na web


A gigante dos softwares reage. A Microsoft vai oferecer, gratuitamente, uma versão online do pacote de aplicativos para escritório Office, que inclui os populares Word e Excel. A companhia de Bill Gates quer enfrentar o rival Google Docs, que funciona gratuitamente a partir de qualquer browser de internet.

O Office Web estará disponível por meio do Windows Live, serviço pelo qual mais de 400 milhões de clientes terão acesso gratuito aos aplicativos, informou ontem a Microsoft. Usuários licenciados de longa data poderão baixar os programas em suas máquinas.

A Microsoft não prevê perdas financeiras com o Office Web porque ele será oferecido como opção de “mobilidade” para os clientes corporativos, que devem continuar a manter versões completas do software em suas máquinas.

A companhia afirmou que vai cortar o número de edições do Office de oito para cinco. Desde ontem, as pessoas podem ver uma apresentação prévia do novo Office 2010, que estará disponível no próximo ano.

O anúncio de levar o Office para a internet vem na semana seguinte ao Google ter apresentado seus planos de lançar um sistema operacional, o Chrome OS, que irá concorrer com o Windows, plataforma da Microsoft presente em nove de cada 10 computadores do planeta. Direcionado inicialmente a netbooks, os minilaptops voltados para a web, o sistema do Google estará disponível no segundo semestre de 2010.

Nos navegadores, a Microsoft vem sentindo o golpe. Os browsers Chrome, do Google, e Firefox, da Mozilla, vêm ganhando fatias perdidas pelo Explorer, que acompanha o Windows.

Exposição de atividades do PETI em comemoração aos 19 anos do ECA

Uma exposição de fotos com o registro das atividades do PETI- Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, aberta, ontem, ao público no Centro de Cultura, em Cachoeira, marca os 19 anos do ECA- Estatuto da Criança e do Adolescente. Em Cachoeira, o programa do Ministério do Desenvolvimento Social em parceria com os governos do estado e do município atende aproximadamente 200 crianças na sede e nas comunidades rurais de Santiago do Iguape e São francisco do Paraguaçu. Até o final do mês, os monitores do PETI estarão desenvolvendo atividades com as crianças asssitidas pelo programa no Centro de Cultura. Estão programadas também a participação das crianças de Santiago do Iguape e do Capoeiruçu.
O trabalho dos cinco monitores do PETI consiste em desenolver atividades socioeducativas, e recreativas, além do reforço escolar, para combater o trabalho infantil no município. O programa conta com o apoio da prefeitura por meio da Secretaria de Assistência Social, tendo como coordenador Sérgio Rocha dos Santos.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Senador Inácio Arruda é designado relator da PEC que prevê exigência de diploma

A Comissão de Constituição de Justiça do Senado (CCJ) designou o senador Inácio Arruda (PCdoB-CE) como relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que visa restituir a exigência do diploma de Jornalismo para o exercício da profissão no Brasil.



De autoria do senador Antônio Carlos Valadares (PSB- SE), a PEC foi apresentada no dia 1º de julho, e obteve apoio de 50 dois 81 senadores. No dia 17 de junho, o Supremo Tribunal Federal (STF) revogou, por oito votos a um, a necessidade do diploma de Jornalismo.

Segundo o site Vermelho, Arruda afimou que "um jornalista deve se ocupar da apuração criteriosa de fatos, transmitindo a informação à população dentro de padrões éticos e de técnicas que garantam a imparcialidade da notícia e o respeito ao direito à informação, o que exige formação adequada e específica".

De acordo com o senador, nos próximos meses o texto da PEC deverá ser aperfeiçoado com audiências públicas com representantes de associações e federações de jornalistas e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), além de estudantes e jornalistas.

No túnel do tempo da política brasileira

video

Jornalista sudanesa é julgada por se vestir de maneira inadequada aos preceitos islâmicos

A jornalista sudanesa Lubna Ahmed al-Hussein pode ser condenada a levar 40 chibatadas por se vestir de maneira ofensiva no país. A informação é do jornal Los Angeles Times. Na acusação, as autoridades alegam que a vestimenta da profissional- como calça jeans- causaria "desconforto público" no Sudão.

Lubna foi presa no início deste mês, em Cartum, capital do país. Caso seja condenada, a jornalista poderá receber até 40 chibatadas das autoridades locais. A pena é baseada em uma lei sudanesa de 1991, que prevê punições a quem se veste de forma inadequada aos preceitos do país.

A jornalista é conhecida por criticar o fundamentalismo islâmico e a repressão no país africano. Se for condenada, Lubna disse que enviará convites a jornalistas e cidadãos para que assistam a pena, como forma de relato e protesto.

Gil critica criminalização à pirataria na internet

O cantor e ex-ministro da Cultura, Gilberto Gil, mostrou-se contrário às punições contra a pirataria de conteúdo na internet. Em entrevista ao jornal espanhol El Pais, o artista mencionou que as penas para a ação devem ser baseadas apenas em casos esporádicos, em obras que envolvem grande repercussão social.

"Estão em jogo as liberdades em uma sociedade democrática. Estas sanções só poderiam acontecer no caso de um grande consenso social", disse Gil, acrescentando que as autoridades devem criar limites entre o interesse comum e a "agenda do mundo capitalista".

Para o cantor, as divisas entre o que é licito ou criminoso no setor devem ser criadas após ampla discussão democrática. Gilberto Gil -que está em Paris como parte de uma turnê mundial -frequentemente permite que fãs fotografem e filmem suas apresentações. A informação é da agência AFP.(Portal Imprensa)


Em grande estilo

Foi comemorado ontem, o aniversário de Fory e do seu filho João Mauricio. Dezenas de amigos compareceram para abraçar os aniversariantes que recepcionaram os convivas com uma suculenta feijoada, petiscos e muitas cervejas. A confraternização contou com as presenças de tios e primos maternos de Maurício que vieram de Feira de Santana especialmente para compartilhar desse momento de celebração pela vida.

sábado, 11 de julho de 2009

Senador ACM Júnior propõe grupo de trabalho para discuttir regras para rádios comunitárias

O senador Antônio Carlos Magalhães Júnior (DEM-BA) propõe regulamentação na legislação referente às rádios comunitárias e TVs educativas do país. Em sessão realizada na última quarta-feira (8), na Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) do Senado, foi pedida a instauração de um grupo de trabalho na Casa para discutir o tema. Para o senador, o principal objetivo será estabelecer limites entre as rádios comunitárias e os veículos de finalidade comercial.



"Existe uma legislação para esse setor, mas que ainda não é específica. Sou a favor das rádios comunitárias. Mas precisamos criar uma fronteira entre essas emissoras e as rádios comerciais", disse o senador ao Portal IMPRENSA.

O senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) - presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) - ficará a cargo de reunir nomes para o grupo de trabalho. A expectativa é de que sejam discutidos temas polêmicos do setor, como a venda de espaço na programação e os limites da propaganda oficial. Segundo Júnior, a proposta, se aprovada, deve ter início no próximo semestre, após recesso da Casa. (Por Thiago Rosa/Redação Portal IMPRENSA)


Raioliversan retorna às colunas sociais

O colunável Raioliversan retoma a sua efervescente vida social, após um longo período afastado forçosamente por razões não reveladas publicamente. Agora, esbanjando prosperidade e muita disposição, reabre o seu apê cuidadosamente decorado com móveis e objetos dos anos da Jovem Guarda. A primeira festa gastronômica acontecerá logo mais em homenagem ao amigo Edgar Lima, recém-retornado de um tour pela África do Sul. Para recepcionar o amigo e um seleto grupo de convivas, Raioliversan promete servir galinha caipira à cabidela. Amanhã, o festival gastronômico de Raioliversan continua para uma empresária, mega importadora(made in Paraguay) de renome na região. O prato será feijão de corda preparado à moda mineira.

"CARTA ABERTA AOS ARTISTAS BAIANOS"

" Hoje, 03 de Julho de 2009, o Exmo. Governador do Estado da Bahia, Sr.
Jaques Wagner, declarou nos principais jornais locais que os protestos
ocorridos contra a atual política cultural e o Secretário de Cultura
Marcio Meirelles, durante a comemoração do 2 de Julho – data magna da
Bahia – partem das "viúvas do passado, acostumadas aos privilégios do
governo anterior".

É assustador que o Governador do Estado assim pense.

O Governador, ao declarar este pensamento, revela uma visão confusa de
cultura – porque não entende o papel da arte e de seus profissionais –
e minimiza a insatisfação dos artistas baianos com a atual gestão da
Secretaria de Cultura.

As pessoas que compareceram ao protesto são artistas – e não só de
teatro – que ao longo de suas vidas batalharam para o reconhecimento e
profissionalismos de suas atividades; são artistas conhecidos e
reconhecidos pela comunidade, alguns com nomes bastante relevantes.
Assusta-nos que o Governador, ao longo de quase três anos de governo,
não reconheça que existe, sim, uma grande insatisfação na área
cultural e que o nome do atual secretário, sistematicamente, pontuou
as manchetes dos jornais, envolvido sempre em uma polêmica relativa ao
desmonte da produção artística.

Chamar de "viúvas" os artistas baianos é, no mínimo, um desrespeito
com estes profissionais, pois nenhum governo deu aos artistas,
dos artistas, individualmente ou coletivamente. Se o Governador fosse
um homem com esclarecimento amplo na área da cultura, entenderia isto
muito bem.

A Classe Artística não trabalha para ideologia política partidária e
sim para a liberdade de expressão do ser humano, pois só através desta
é que podemos transformar o indivíduo.

Talvez more aí o poder da arte e a justificativa do descaso com que
vem sendo tratada a nossa cultura.

Nos respeite, Governador e reflita quando se dirigir a um grupo de
trabalhadores que, devido ao subjetivismo de suas profissões não pode
sequer recorrer à greve como instrumento de protesto. Mas não se
esqueça que somos formadores de opinião e temos o apreço das platéias.

O atual Secretário justifica o fracasso de sua gestão acusando a
escritora Aninha Franco de orquestrar os protestos do 2 de Julho. O
protesto ocorreu por iniciativa dos artistas e a citada escritora, em
momento algum, colaborou para isto. É importante ressaltar que toda a
mobilização ocorrida foi efetuada através de uma comunicação
estabelecida unicamente através de e-mails, sem a necessidade sequer
de uma reunião. Tudo isso, Sr. Secretário, para o Sr. perceber a
insatisfação que grande parte da classe artística soteropolitana – que
compareceu em massa – tem para com a política cultural dos atuais
governos: estadual e municipal.

A classe artística não precisa ser orquestrada, pois não é massa de
manobra. É uma classe pensante e crítica e, talvez por isto, é que
esteja sendo tão desrespeitada.

"Viúvas do passado", como sugere o Governador, são todos aqueles que
conseguem sobreviver aos governos, fazendo o seu ofício. São artistas
como Carybé, João Ubaldo, Edgard Navarro, Lázaro Ramos, Margareth
Menezes, Luis Caldas, Armandinho e Instituições como o Balé do TCA,
Balé Folclórico, Museu Carlos Costa Pinto, Instituto Histórico e
Geográfico, Theatro XVIII, Academia Baiana de Letras, Teatro Vila
Velha e todos os que conseguem elevar o nome do nosso Estado,
tornando-o um dos principais pólos de produção artística e uma das
expressões culturais mais representativas do Brasil.

Exigimos mais respeito, pois os privilegiados passam também pelo atual
Secretário de Cultura que sobreviveu, e muito bem, dentro dos governos
passados, conquistando o seu respaldo artístico em um sistema que ele
hoje, oportunamente, combate. A discussão cultural é muito mais
e a maioria dos nossos políticos parece ignorar esta verdade. Acusar
de privilegiados profissionais que em sua grande maioria não tem nem
uma casa própria, é ultrajante.

Qual o moral que um político tem hoje de se referir a uma classe de
trabalhadores que emociona, diverte, informa e eleva a autoestima da
população? Qual o moral que os grupos políticos podem ostentar em um
país onde o Congresso Nacional afunda em meio à corrupção? Onde o
Presidente da República, omissamente, a tudo assiste? Claro! Falar do
Presidente ou ter qualquer idéia contrária a atual corrente de
pensamento, virou coisa dos "privilegiados" e das "viúvas do passado".

A lógica empregada pelo Governador é tosca, assim como é distorcido o
pensamento de que "quem não está a meu favor está contra mim".

Chegamos até o atual governo fazendo oposição aos grupos que estiveram
no poder, uma oposição em nome da liberdade, pois somos artistas e
precisamos dela e é em nome dela que agora estamos também criticando e
nos posicionando contra a atual gestão ou falta de gestão cultural.
Não temos compromisso com nenhum partido. A nossa bandeira não
perpassa pelas ideologias partidárias e sim pela liberdade na garantia
do Estado verdadeiramente democrático e de direito.

Por isso, nos respeite, Sr. Governador.


Salvador, 03/07/2009



Sindicato dos Artistas e Técnicos do Estado da Bahia

Presidente: Fernando José Marinho

Secretário Geral: José Carlos da Silva

sexta-feira, 10 de julho de 2009

PARABÉNS PARA OS ANIVERSARIANTES DO DIA DE HOJE



JOÃO MAURÍCIO E...
... SEU PAI, O ESCULTOR FORY


Muitos anos de vida, paz e muitas felicidades para os dois aniversariantes do dia 10 de julho!

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Eles sonham em dominar Cachoeira

Aquela dupla de obcecados pelo Poder em Cachoeira, a cada dia está mais parecida com os personagens de desenho animado Pinky e Cérebro. Enquanto os personagens de uma série americana animada de televisão vivem traçando planos mirabolantes para dominar o mundo(sob razão nunca revelada), a dupla de obcecados vive tramando para dominar Cachoeira.

No desenho animado, Pinky, um dos protagonistas é branco, completamente infantil, abobalhado e beira os limites da idiotice, e geralmente acaba fazendo alguma coisa que irrita Cérebro, seja estragando seus planos mirabolantes ou acabando com sua paciência. Pinky considera Cérebro seu melhor amigo, embora este viva se aborrecendo com sua baixa inteligência. São raríssimos os momentos em que Pinky demonstra inteligência, faz algo correto ou não enfurece Cérebro.

O outro protagonista do desenho, Cérebro, possui uma cabeça enorme evidenciando um cérebro do mesmo tamanho. Carrancudo e ambicioso, ele gasta suas noites traçando planos meticulosos para tentando-em vão-conquistar o mundo. Tais planos são usualmente estragados por fatores externos e inusitados ou o mais frequente-pelas idiotices de Pinky. Nos raros momentos em que demonstra qualquer afeto ou deixa suas ambições de lado, Cérebro valoriza ao máximo sua amizade e estima por Pinky. Zeronodo é um nome que demonstra poder, é utilizado por Cérebro nos seu planos de conquista do planeta Terra.

Cada episódio é caracterizado(tanto no início como no final) pela famosa tirada onde Pinky, o idiota, pergunta:
"Cérebro, o que faremos amanhã a noite?" e Cérebro responde: "A mesma coisa que fazemos todas as noites, Pinky... Tentar conquistar o mundo!"

O Cérebro cachoeirano responderia: "A mesma coisa que fazemos todas as noites, Pinky...tentar dominar Cachoeira!"

Qualquer semelhança com personagens da vida real que vivem em Cachoeira não terá sido mera coincidência.

UFRB promove chat sobre o novo processo seletivo

O chat Prosel da UFRB vai ser realizado no dia 13 de julho DE 2009.
O encontro online será às 15:00hs e os participantes poderão tirar dúvidas online com pedagogas da PROGRAD da UFRB sobre o Processo Seletivo que será realizado em janeiro de 2010, com a utilização do Novo ENEM. O link para o chat será disponibilizado poucas horas antes do início, no site www.ufrb.edu.br/prosel

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Câmara aprova projeto de lei que libera o uso da Internet nas campanhas

Nesta quarta-feira (8), a Câmara dos Deputados aprovou um projeto de lei que libera o uso da Internet nas campanhas eleitorais.

Para o deputado Flávio Dino (PCdoB-MA), relator do caso, o uso da internet democratizará as campanhas, proporcionará o diálogo e incentivará a participação política de vários segmentos da população, além de diminuir o custo das campanhas.

"O uso da internet nas campanhas é um grande avanço", disse Dino, de acordo com a Agência Brasil. O texto propõe, ainda, algumas regras para o uso da web. Entre elas, está a prevenção contra campanhas caluniosas ou uso de spam, além de limites para doações online de pessoas físicas e jurídicas.

O projeto ainda deverá ser analisado pelo Senado, Se for aprovado e promulgado até o inicio de outubro, as novas regras eleitorais já valerão para as eleições do ano que vem.

Deputado protocola PEC que restitui exigência do diplma de Jornalismo

Nesta quarta-feira (8), o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) protocolou a Proposta de Emenda à Constituição 386/2009, que visa restituir a exigência do diploma de Jornalismo para o exercício da profissão no Brasil. No dia 17 de junho, uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) acabou com a exigência do diploma.

A matéria recebeu 191 assinaturas, 20 além do necessário para tramitar na Câmara dos Deputados. O deputado formulou a proposta após reuniões com jornalistas, professores e estudantes da área.(Portal IMPRENSA)

O olhar de Zé Luiz sobre a Ponte D. Pedro II


Em homenagem ao aniversário da Ponte Imperial D. Pedro II

Quilombola pompom


Pelo balanço da carroça não demora para aparecer na região da Bacia do Iguape, um novo irmão do quilombo, já que está na moda ser quilombola. Gente que nunca pisou no massapê, para se aparecer, é capaz até de tomar banho de lama de mangue e sair por aí cantarolando "...lelê, lelê, lelê, lelê... vida de nêgo é dificil..."

Tá duvidano, zifiu?

terça-feira, 7 de julho de 2009

Manifestações


Reação contrária à decisão do STF cresce nacionalmente
Um apitaço ontem em Salvador, pela manhã, recepcionou o ministro Gilmar Mendes em sua visita à capital baiana. Atos de protesto, manifestações de Legislativos estaduais, municipais e posicionamentos de entidades registram o descontentamento social com a decisão proferida pelo Supremo Tribunal Federal, no dia 17 de junho, extinguindo com a exigência do diploma para o exercício profissional do Jornalismo.


Luz e mico para todos


O Governador do Estado Jaques Wagner foi induzido a pagar um grande mico cachoeirano por conta dos que se dizem seus "aliados". Na cidade Heróica e Monumento Nacional, Wagner assinou no dia 25 de junho, "ordens de serviços" do Programa Luz para Todos, para a comunidade do Alto do Tororó.

Um dublê de cabo eleitoral e oficce-boy voluntário do governo, mais que depressa correu para a Antiga Fazenda Bastos no Alto do Tororó para fazer alarido com a notícia e, de quebra, dizer que foi o autor da reivindicação. Como sempre faz, saiu no escuro, nas trevas. Lá chegando, encontrou a luz que brilha já há algum tempo, nas casas dos moradores daquela comunidade.

O rei das trapalhadas teria, então, procurado o presidente da Associação Comunitária da Fazenda Bastos para "informar" que a comunidade "ganharia" luz elétrica. O líder comunitário espantado com a "novidade", garantiu que na Fazenda Bastos havia apenas duas residências sem energia elétrica.

O trapalhão ficou com cara de tacho. É o que dar não conhecer a realidade das comunidades e ficar por ai posando de liderança sem liderados. Que mico!

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Estão abertas as Pré-inscrições no "Curso de Prevenção ao Uso de Drogas para Educadores de Escolas Públicas" - Edição 2009.

Professores, coordenadores e gestores de escolas públicas dos anos finais (6º ao 9º ano) ou séries finais (5ª a 8ª) do ensino fundamental e do ensino médio de todo o país têm, até 06 de julho, para realizar a pré-inscrição no Curso de Prevenção ao Uso de Drogas para Educadores de Escolas Públicas.
A capacitação, oferecida pelo Ministério da Educação (MEC) e pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD) do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, na modalidade à distância, terá duração de quatro meses, carga horária de 120h e certificado de Extensão Universitária, emitido pela Universidade de Brasília (UnB).
O curso tem como objetivo capacitar educadores de escolas públicas para o desenvolvimento de programas de prevenção do uso de drogas e outros comportamentos de risco no contexto escolar.

Pré-Inscrições poderão ser realizadas pelo site:
www.prevencao.mec.senad.gov.br http://www.prevencao.mec.senad.gov.br

Carlos Ribeiro lança livro em Cachoeira


Literatura e cinema num só lugar


À luz das narrativas é o nome do livro do professor e escritor Carlos Ribeiro que será lançado nesta quarta-feira, 08 de julho, a partir das 19 horas, em meio à exibição do filme “Sonhos”, de Akira Kurosawa. O evento será no espaço Café com Arte Sebo Ana Néri, em Cachoeira.

O escritor e professor do Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Carlos Ribeiro, reúne pela primeira vez, no livro À luz das narrativas, resenhas e artigos publicados em periódicos literários sobre obras e autores.

Dentre os artigos incluídos no livro, destacam-se dois nos quais são analisadas características específicas de dois gêneros literários, o conto e a crônica, e uma reflexão sobre a função das bibliotecas numa sociedade marcada pelo predomínio dos meios audiovisuais. Aos artigos seguem-se resenhas sobre obras e autores de nacionalidades e períodos históricos diversos e reflexões sobre um extenso leque de escritores.

O lançamento do livro integra a programação do CineCaos que exibirá, nesta mesma noite, o filme “Sonhos” do cineasta japonês Akira Kurosawa que conta oito episódios sobre diferentes situações da vida.

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Inscrições para ENEM podem ser feitas em unidades da UFRB

Os Centros de Ensino da UFRB estão disponibilizando pontos de inscrição para os candidatos ao novo ENEM. Haverá um computador com internet disponível para os interessados, nos centros do CAHL em Cachoeira, CCS, em Santo Antonio de Jesus, CFP em Amargosa, CCAAB e CETEC em Cruz das Almas. Com isso a UFRB pretende facilitar a vida de estudantes de escolas públicas do interior que não tem acesso a internet ou que tem dificuldade para fazer a inscrição online. As inscrições para o Novo ENEM vão até dia 17 de Julho.
A Federal do Recôncavo não vai fazer vestibular e todos os futuros estudantes precisam passar pelo PROSEL, Processo seletivo, após fazerem a prova do Novo ENEM. É com a nota do Novo ENEM que o estudante vai ser selecionado para os 26 cursos de graduação da UFRB.

Mais informações com a Pró-reitora de Graduação Dinalva Melo, no 75 3621-9109 e 3621-9214.

quinta-feira, 2 de julho de 2009

MP-SP investiga igreja por ter publicado texto de jornalista sem autorização




O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) acatou a denúncia da Apijor (Associação Brasileira da Propriedade Intelectual do Jornalista) contra a seção brasileira da igreja do Avivamento Mundial - Assembléia de Deus Ministério de Boston (World Revival Church Boston Ministries), que teria publicado o texto de uma jornalista sem a devida autorização.

Em dezembro de 2003, a jornalista Alessandra Silvério teve seu texto "Jornalismo, uma questão de ética" veiculado no jornal Mensageiro Cristão, distribuído aos fiéis brasileiros e norte-americanos. O artigo foi reproduzido na íntegra no editorial da publicação, mas creditado ao jornalista Roberto Vieira, que declarou a Alessandra ter cometido um "meio erro". O texto de Alessandra fez parte de seu trabralho de conclusão de curso na graduação de Jornalismo.

De acordo com a Apijor, Vieira admitiu ter "copiado 60%", mas, em seu entendimento, por essa prática ser comum nos Estados Unidos, não a considera como um plágio.

A condenação

A igreja foi condenada a pagar R$ 42.830,59 de indenização por crime de direitos autorais, com os devidos ajustes monetários a partir da publicação do texto, em dezembro de 2003, além do pagamento de juros legais de 1% ao mês.

A sentença determinou também que a igreja deverá publicar errata em três jornais com circulação expressiva em Curitiba (PR), cidade em que reside a jornalista que moveu a ação. Na errata deveria constar a autoria do texto plagiado a Alessandra. Isso deveria acontecer dentro de um prazo de cinco dias a partir da sentença (27/07/2007), sob pena diária de R$ 1 mil por descumprimento.

No entanto, a igreja não cumpriu a determinação e, em detrimento às denúncias de possível crime financeiro , evasão de divisas e riqueza acumulada de forma ilícita através da a exploração da fé, a Apijor recorreu ao MP-SP para que fosse apurado o não-pagamento da indenização.

No momento, a ação proposta pela jornalista tramita na 27ª Vara Cível Central da Justiça de São Paulo.

Um levantamento feito por uma advogada pró-bono acionada por Alessandra nos EUA revelou que a igreja acumula mais de US$ 2 milhões em bens.(Portal da Imprensa)


Saudades

Há dezoito anos, exatamente no dia 2 de Julho de 1991, falecia o ex-combatente da Segunda Guerra Mundial, o cachoeirano Wandercock do Nascimento. Pessoa de sentimentos humanos elevados e merecedor de muito respeito e admiração pela humildade, partilha , carinho para com todos à sua volta, sem qualquer tipo de discriminação ou vaidades. Um ser humano de verdade.

"SECÇÃO NOTICIOSA"

A Ophersina- Deve hoje chegar às 10 horas do dia de hoje, da cidade de Cachoeira, a ilustre philarmonica Ophersina, que a convite da 25 de Março, vem prestar-se a tocar em toda a festa do Dous de Julho.
Actos de tanto patriotismo registramos sem commentario.

Carro triunphal-Hontem às 9 horas da noite, precedido de numerosos cavalheiros, foi puchado da praça do Imperador o carro triunphal, do Dous de Julho, o qual depois de pecorrer às ruas da cidade foi depositado no Campo do Gado.
Batalhões patrioticos- Consta-nos que será puchado pela digna philarmonica Orphesina, o pomposo batalhão dos Artistas que terá por commandante o distincto negociante Cornélio Cypriano de Assis.
Consta-nos também que o magnífico Batalhão do Commercio, comandado pelo digno negociante Leonel José de Cerqueira, será puchado pela prestante philarmonica 25 de Março."(JORNAL O ECHO FEIRENSE,2 DE JULHO DE 1878)

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Em defesa da profissão


Agenda de atividades contra decisão do STF é crescente
Protestos contra a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que acabou com a exigência do diploma universitário de Jornalismo como requisito para o exercício da profissão, acontecem em todo o país. Audiências públicas estão sendo organizadas nas assembléias legislativas de vários estados para debater o fim da exigência do diploma. E na Câmara dos Deputados haverá audiência no dia 9 de julho. O apoio à luta dos jornalistas e da sociedade cresce, também, entre entidades nacionais e internacionais

Bando Anunciador convoca o povo para festa do Dois de Julho em São Félix


No dia 1 de Julho, acontece o Bando Anunciador do Dois de Julho pelas principais ruas da cidade, às 19h. Após o Bando Anunciador haverá apresentação de manifestações culturais populares. No dia Dois de Julho, a programação será aberta às 6 horas com alvorada de fogos com salva de 21 tiros em homengame aos heróis da Independência da Bahia. Às 8h autoridades participam da solenidade de hasteamento das bandeiras no Paço Municipal. Às 9 horas em ponto será dada a largada da Corrida da Independência.

Na parte da tarde, a partir das 13h30min, a programação será retomada com arealização de sessão solene na Câmara de Vereadores, tendo como orador o bispo diocesano da Igreja católica Apostólica Brasileira, Dom Roque Cardoso Nonato. Após a sessão solene, terá início o desfile cívico com o tema 'As Lutas pela Independência e as Lutas pela Sobrevivência", com a participção de escolas, bandas marciais e fanfarras, autoridades e os carros do Caoboclo e da Cabocla. O descerramento das bandeiras está previsto para às 18h, após o desfile cívico. Em seguida, será reinaugurado o Paço Municipal; às 19h show pirotécnico epara encerrar apresentação de fanfarras e recondução do carro do caboclo para Cachoeira. Foto: Bibi Conceição, Coordenadora de Cultura de São Félix, é responsável pela ornamentação do Carro da Cabocla que sai no desfile do 2 de Julho.