terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Vem aí, o Ano Novo! Só para os amigos.


A festa do Judas é no mês de abril.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010


terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Obaluaê homenageado



Dando prosseguimento ao ciclo anual de festas, o Terreiro Ilê Axé Mecê Alaketu Ogun Onirê, em Governador Mangabeira, sob os cuidados do Babá Leomar Rocha, realizou, na noite de ontem, as homenagens ao orixá Obaluaê. Sacerdotes e sacerdotisas de diversos terreiros da região, filhos e filhas de santo, além de um grande número de convidados prestigiaram a festa.

Papai Noel em Cachoeira

Para a garotada de Cachoeira, Papai Noel chegou mais cedo. A movimentada festa foi realizada domingo passado no Jardim Grande, com distribuição de brinquedos, pipoca e acesso gratuito aos brinquedos do parque infantil, além de diversas apresentações. A iniciativa foi da prefeitura de Cachoeira, através da |Secretaria de Assistência Social com o apoio do comércio local.

Festa do futebol cachoeirano


O time da Rua da Feira, vencendor do Campeonato de Futebol Interbairros, sagrou-se campeão municipal de Cachoeira, num jogo bastante acirrado domingo passado no Estádio 25 de Junho, contra o time de Capoeiruçu, o primeiro colocado do Campeonato Distrital. O evento que mobilizou um grande número de torcedores, fez parte do Calendário Esportivo 2010 do Município, patrocinado pela prefeitura.

Confraternização da prefeitura de Cachoeira



Funcionários, dirigentes do Conselho Comunitário, lideranças políticas participaram da festa de confraternização da prefeitura de Cachoeira, realizda no último sábado no Clube de Campo Cachoeira. Na oportunidade o prefeito Tato Pereira fez um balanço das realizações de sua gestão em 2010, e aproveitou para anunaciar as obras que serão realizadas em 2011,solicitadas pelos moradores das comunidades que serão beneficiadas.Compareceram ao evento o deputado reeleito para a Assembleia Legislativa do Estado, Nelson Leal, e Luis Argolo, eleito deputado federal. A reunião também foi prestigiada pelo vice-prefeito Wilson Souza do Lago, pelos vereadores Carlos Pereira Menezes, Wendel Cahves, Júlio Cesar Costa Sampaio, Angélica Sapucaia da Silva, Maria Lúcia Costa Santos e Eliana Gonzaga de Jesus. Secretários municipais e assessores da prefeitura participaram do evento.

Festas na zona rural

A prefeitura de Cachoeira e a Secretaria de Cultura e Turismo estão anunciando a programação das festas de São Francisco do Paraguaçu e Opalma. Confira:

Festa de Natal em São Francisco do Paraguaçu nos dias 24, 25 e 26 de dezembro

DIA – 24(sexta-feira)

Às 22H – Banda Sopikasso
Meia noite – Banda Sempre Envolvente
Duas horas – Suspiro do Iguape

DIA – 25(sábado)

16h – Sedução do Prazer
18h – Agita Samba
20h – Brotou Samba
22h – Nenho e Grupo Jeito de Amar

DIA 26- (Domingo)

16h – Samba de Roda Filhos do Caquende
18h – Samba de Roda Filhos da Barragem
20h – Banda Geração do Iguape
22h - Latitude Dez



Festa de ANO NOVO NA OPALMA
Nos dias 1º e 2 de janeiro

DIA 01(Sábado)

19h – Agita Samba
21h – No veneno
22h – Índio dos Teclados
01h - Nenho e Grupo Jeito de Amar

DIA 02 (Domingo)

16h – Geração do Iguape
18h - Sedução do Prazer
20h - Sombalanço
22h Jhan Black

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Feira de Saúde





Está acontecendo na Praça Ubaldino de Assis(Jardim Grande), as ações da III Feira de Saúde de Cachoeira, com a oferta de diversos serviços. Consultas médicas e atendimentos odontológicos estão sendo realizados na unidade móvel de saúde adquirida pela prefeitura municipal e inaugurada hoje. O evento foi aberto com uma caminhada dos usuários do Centro de Promoção à Saúde Edgar Teixeira Rocha. Foram instalados standes da Vigilância Epidemiológica, Vigilância Sanitária e do Caps Ana Nery. No local, profissionais estão realizando exame glicemia capilar,aferição da pressão arterial, além de orientações sobre DSTs/AIDS e saúde bucal. Ao lado do secretário municipal da Saúde, Mamede Dayube, o prefeito Tato Pereira, abriu oficialmente a Feira, dando por inaugurados os serviços da unidade móvel de saúde. Na Praça Ubaldino de Assis, também foi instalada uma unidade móvel do Hospital Aristides Maltez, para a realização de mamografias. O serviço é fruto da parceria firmada entre a prefeitura e a instituição referência na Bahia no tratamento do câncer.

Câmara promove festa de confraternização


Vereadores, funcionários da Câmara de Vereadores de Cachoeira, além de familiares e convidados, participaram da confraternização natalina realizada, ontem à noite, na Pousada do Convento. Em clima de descontração, aconteceu a tradicional troca de presentes com a brincadeira do amigo secreto. A festa foi prestigiada pelo atual presidente da Câmara, Carlos Menezes Pereira, o presidente recém-eleito, Júlio César Costa Sampaio, e mais os vereadores Gevaldo Simões, José Carlos Matos Silva e Maria Lúcia Costa Santos. A festa foi coroada com uma deliciosa ceia preparada pelo buffet comandado por Raimundo Pereira.

Estudantes de Gestão em Cooperativas realizam campanhas de comunicação e mobilização para instituições sociais

Os estudantes do terceiro semestre do curso de Gestão de Cooperativas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia realizaram campanhas de comunicação e mobilização para dez instituições sociais sem fins lucrativos. As campanhas visavam, além de divulgar a existência e os serviços oferecidos pela instituição, mobilizar a comunidade externa para ajudar em algo que a instituição tem carência.

Os estudantes fizeram o diagnóstico dos 'clientes', detectaram o que precisava ser divulgado e que tipo de mobilização, usando ferramentas da comunicação, seria mais interessante para resolver a carência. Criaram logomarcas e slogans, desenvolveram releases (textos informativos para a imprensa), boletins, folders, folhetos, foram às rádios divulgar as campanhas, fizeram vídeos, cartazes, camisas e mobilizaram muita gente.

As instituições atendidas:

Em Cruz - Abrigo dos Idosos, ASCOMCA, Pestalozzi, Obreiros da Fraternidade, Projeto Cristão Solidário, Comunidade da Baixa da Linha e Clube de Escoteiros.
Em Feira de Santana: Lar do Irmão Velho
Em Santo Antonio de Jesus: Hemoba
Em Castro Alves: Lar do Idoso.

A equipe de Feira de Santana envolveu ainda a Federação do Tênis de Mesa e fez um evento esportivo que conseguiu arrecadar 400 pacotes de fraldas geriátricas para o abrigo de idosos.

Em Cruz, a equipe que trabalhou com o abrigo de idosos local conseguiu intermediar um desconto de mais de 1.500 reais com uma empresa de fraldas e conseguiu que uma rádio divulgasse uma campanha que incentiva a visitação aos idosos. Também em Cruz uma outra equipe fez campanha em uma fábrica de calçados para arrecadar notas fiscais para a Pestalozzi local e conseguiram 13 mil notas, o que dá à instituição um prêmio de mil reais pelo projeto 'sua nota é um show de solidariedade' do governo estadual.

A ASCOMCA, que cuida de crianças em situação de risco, ganhou uma campanha visando arrecadar alimentos para uma festa de Natal e os alunos conseguiram o apoio da Igreja Adventista, para aumentar a arrecadação.

A associação espírita Obreiros da Fraternidade também ganhou uma campanha para arrecadar alimentos para ajudar nas cestas básicas que eles distribuem agora no final do ano.

O Projeto Cristão Solidário da Igreja Católica ficou conhecido entre os fiéis, que nem sabiam que ele existia, e só com a ajuda da comunidade interna da igreja, arrecadou mais de 100 kg de alimentos. Na comunidade da Baixa da Linha a campanha visava informar à sociedade sobre as condições precárias em que vive a população local, que não dispõe de infra-estrutura mínima, como sanitários nas casas, muitas ainda de taipa, com acentuado número de portadores de doenças de chagas. Eles viabilizaram audiências públicas com autoridades locais. Em Santo Antonio, a equipe que divulgou o HEMOBA local conseguiu patrocinadores para uma campanha de incentivo a doação de sangue e fizeram camisas que ficaram muito bonitas.

Ao todo foram dez instituições atendidas. Todas ganharam um vídeo produzido com fotos e postados na internet, para divulgação. A atividade foi desenvolvida na disciplina Comunicação em Organizações Sociais, ministrada pela Professora Alene Lins. Para ela, as campanhas possibilitaram colocar em prática boa parte da teoria estudada ao longo do semestre, que objetivou capacitar os estudantes para atuarem como comunicadores em instituições sem recursos destinados à comunicação. Todos os estudantes foram avaliados não só pela professora, mas também pelos administradores das instituições, que ficaram satisfeitos com a divulgação e com os resultados da mobilização. "É muito gratificante ver a Universidade agir pelo social e ajudar a mudar a realidade local, sem fazer assistencialismo, apenas com mecanismos da comunicação direcionada', afirmou a professora.



Link para as fotos: http://ufrb.edu.br/agencia/central-do-aluno/2135-estudantes-de-gestao-em-cooperativas-realizam-campanhas-de-comunicacao-e-mobilizacao-para-instituicoes-sociais

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

I EXPOARTE DO PROJETO MÃOS CRIATIVAS DE CACHOEIRA BAHIA

De 17 a 19 de dezembro (sexta a domingo) acontece a I EXPOARTE DO PROJETO MÃOS CRIATIVAS DE CACHOEIRA – BAHIA, a qual reúne inicialmente um grupo de 14 mulheres, dentre as quais encontramos experiências individuais no âmbito do artesanato de mais de 40 anos. Juntas elas formam um grupo forte, criativo, com originalidade, experiente com integração e interatividade, disposto a evoluir.

O evento acontece na Praça da Aclamação ao lado da Câmara de Vereadores de Cachoeira, a partir das 10h da manhã às 20h nestas 3 datas. A EXPO é uma atividade de turma do Curso de Artesão, cuja realização é da PRODETUR (Programa Bahia de Desenvolvimento Turístico), Secretaria de Turismo do Governo da Bahia, Ministério de Turismo do Governo Federal, com a execução e apoio do SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial), além do apoio da Secretaria de Turismo do Município e comerciantes da região.

Entre as atrações programadas, estão: sorteio de brindes, apresentação de trabalhos criados durante o evento com pelo menos um profissional realizando a peça no local, já que é grande o interesse do público em conhecer as técnicas para criação artesanal.

Na EXPO, o visitante terá a oportunidade de apreciar uma imensa gama de variedades de produtos de cerâmica, tapeçaria, tecelagem, com rendas, bordados, fuxico, pinturas (também em tela), customização, crochê, tricô, retalhos, ponto russo, ponto de cruz, entre outros. Dentre os principais produtos, destacamos: bonecas, bolsas, objetos de decoração, bijuterias, sandálias e muito mais.



A importância deste Projeto não está apenas no fato do aparecimento de um grupo empreendedor de mulheres e do desenvolvimento de suas famílias e comunidade, mas também reside no fato de serem protagonistas de uma arte que se renova inserida numa cidade histórica – Cachoeira/Bahia – afamada como heróica pelas ações libertacionárias, além de ser totalmente tombada desde 1971 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Histórico da Humanidade – fama esta que ultrapassa fronteiras.



Entre os objetivos do Projeto, destaca-se “conhecer, entender e explorar de forma sustentável os recursos naturais de fonte renovável como matérias-primas que a cidade de Cachoeira e região circunvizinha disponibilizam”.



O Projeto Mãos Criativas torna-se, então, não somente parte deste cenário, mas uma extensão de todo esse acervo cultural, um incentivo a práticas que apoiam a arte, a responsabilidade ecológica com o desenvolvimento sustentável, quando utiliza como suas matérias-primas fontes renováveis, tornando-se também uma fonte inspiração para outras comunidades.



Para maiores informações, contatos:



Projeto Mãos Criativas

Cachoeira - Bahia

Responsável: Marta Barbosa Farias – (71) 8824-6241.

E-mail: projetomaoscriativas@gmail.com

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Grandes atrações no Natal de Cachoeira




Os cachoeiranos terão este ano uma animada festa natalina com dois dias de agitação:24 e 25. O quartel general da festa será a Praça 25 de Junho, no Centro Histórico. No dia 24,sexta-feira, as atrações convidadas são: Kina Rodrigues, Diego Moraes e Cangaia de Jegue. No sábado, 25, os shows são do grupo cachoeirano Samba de Criolo, Kina Rodrigues e Colher de Pau. A iniciativa é do vereador Carlos Pareira. Os shows estão previstos para começar às 22h.

I ª EXPOARTE DO PROJETO MÃOS CRIATIVAS DE CACHOEIRA

DE 17 A 19 DE DEZEMBRO ( DE SEXTA A DOMINGO), DAS 10 DA MANHÃ ÀS 20HORAS, NA PRAÇA DA ACLAMAÇÃO AO LADO DA CÂMARA DE VEREADORES.



APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CRIADOS DURANTE O CURSO DE ARTESÃO, COM DEMONSTRAÇÃO AO VIVO DO PROCESSO DE CRIAÇÃO.

E MAIS: SORTEIO DE BRINDES



REALIZAÇÃO DO PROGRAMA BAHIA DE DESENVOLVIMNETO TURÍSTICO – PRODETUR

SECRETARIA DE CULTURA E TURISMO DA BAHIA

MINISTÉRIO DO TURISMO

COM EXECUÇÃO DO SENAC

APOIO: SECRETARIA DE CULTURA E TURISMO DE CACHOEIRA

PREFEITURA MUNICIPAL

CÂMARA DE VEREADORES

Morre em São Paulo, a feminista Heleieth Saffiotti.

O velório está sendo realizado desde as 7 horas, no Cemitério do Morumbi, em São Paulo, com sepultamento às 15 horas.

Heleieth foi uma das pioneiras do movimento feminista no Brasil. Uma das primeiras acadêmicas brasileiras a publicar livros e artigos sobre a condição das mulheres e seu nome é em si uma referência para a história do feminismo brasileiro.”

Feira de Saúde em Cachoeira, nesta sexta-feira.

SEXTA-FEIRA, DIA 17 DE DEZEMBRO:
7 HORAS DA MANHÃ: INÍCIO DA CAMINHADA DA SAÚDE-
SAÍDA- DO CENTRO DE PROMOÇÃO À SAÚDE EDGAR TEIXEIRA ROCHA - NO JARDIM GRANDE
8H- ENCERRAMNETO DA CAMINHADA COM AULA MUSICADA COM O PROF. JURACY ROCHA, NO JARDIM GRANDE
8H30MIN- CAFÉ DA MANHÃ
COM A PRESENÇA DO PREFEITO TATO PEREIRA, DO SECRETÁRIO DE SAÚDE MAMEDE DAYUBE E COORDENADORES DA SAÚDE
INAUGURAÇÃO A UNIDADE MÓVEL DE SÁUDE DA PREFEITURA
E MAIS: ATENDIMENTOS MÉDICO, ODONTÓGICO, VERIFICAÇÃO DE GLICEMIA CAPILAR, AFERIÇÃO DE PRESSÃO ARTERIAL E PALESTRAS EDUCATIVAS, STANDES DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA E DA VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA, ENTRE SERVIÇOS.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Exposição do acervo de Hansen Bahia comemora reabertura da sede em Cachoeira e marca início de nova gestão da Fundação

“O Homem e Seu Tempo: a Bahia de Hansen” será aberta no dia 17 de dezembro, às 18h, na sede da Fundação Hansen Bahia. Exposição comemora reabertura da sede em Cachoeira.

Criar laços com as artes contemporâneas, com o mercado de artes e estabelecer cooperação com entidades internacionais. São esses os novos desafios da Fundação Hansen Bahia que dá início a uma nova gestão institucional em parceria com a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Para marcar a nova “primavera”, a Hansen ganhou marca nova criada pelo publicitário João Silva e reabre sua sede na cidade de Cachoeira.

A exposição “O Homem e Seu Tempo: a Bahia de Hansen” será aberta no dia 17 de dezembro com programação que começa às 14h, com palestra do professor Dilson Midlej e de Evandro Sybine. Depois da apresentação de manifestações culturais às 17h, a ABERTURA da exposição será às 18h. O evento acontece na sede da Fundação Hansen Bahia, em Cachoeira.

“Passamos um tempo colaborando para redesenhar essa modelagem e a parceria com a UFRB está sendo fundamental. A Fundação Hansen tem um potencial de articulação internacional que não estava em prática. Com o novo desenho, a obra de Hansen continuará sendo importante para a população local e vai conectar o Recôncavo com o mundo”, explica o secretário de Cultura do Estado da Bahia, Márcio Meirelles, que também preside o Conselho Curador da Fundação.

A exposição “O Homem e Seu Tempo: a Bahia de Hansen” apresenta 40 obras que retratam a Bahia dos anos 50, com temas como religiosidade, Centro Histórico de Salvador, festas populares e atividades econômicas. ”A Bahia de Hansen, aborda e investiga temas sempre com um horizonte critico, são prostitutas, pescadores, homens e mulheres do povo, vaqueiros e cenas religiosas vistos em sua condição existencial”, explica Ayrson Heráclito, artista visual, curador e professor da UFRB/CAHL, em texto sobre o projeto.

Hansen Bahia - O período de iniciação artística de Hansen Bahia coincidiu com o desenvolvimento da gravura alemã e com o começo de vários movimentos artísticos importantes na Europa, a exemplo do expressionismo. Autodidata na técnica que lhe garantiu sucesso internacional, Hansen talhava a madeira com precisão e perfeição partilhada por poucos.

Em 1950, deixou a Alemanha e veio conhecer o Brasil. Em São Paulo, trabalhou como artista gráfico. Cinco anos mais tarde, mudou-se para a Bahia, onde viveu e produziu intensamente. A paixão pelo estado fez com que o gravador, depois de conquistar reconhecimento internacional, incorporasse o nome da terra e assumisse a assinatura Hansen Bahia.

Amante da nova terra, Hansen não se contentou apenas em naturalizar-se brasileiro. Doou à Bahia as obras relevantes do seu acervo e criou a Fundação Hansen Bahia, através de testamento, em abril de 1976. Apenas dois meses depois de inaugurar a primeira sede da fundação, o artista faleceu no dia 14 de junho de 1978, deixando para o estado o seu legado mais valioso: um enorme acervo de obras de arte e trinta livros publicados.

O publicitário João Silva, que criou a nova marca da Fundação Hansen, explica se inspirou na assinatura do próprio artista. “Revisitei toda a obra de Hansen e sua técnica. Além disso, o grande desafio era criar uma marca que tivesse um único elemento, em se tratando de nome composto. Valorizamos o nome Bahia, que além de ser a terra que o artista escolheu para viver, também passou a ser o seu nome”, explica Silva.

Fundação Hansen Bahia - A Fundação e Museu Hansen Bahia, entidade cultural de direito privado com sede na cidade de Cachoeira, região do Recôncavo baiano, e que tem o nome do artista alemão Karl Heinz Hansen (1915–1978), foi criada na década de 1970, e se propõe a divulgar e promover as 13 mil peças do acervo do artista e da sua esposa Hilse Hansen. A Fundação é uma das 13 instituições de caráter privado que recebe recursos do Fundo de Cultura através do Programa de Apoio às Ações Continuadas de Instituições Culturais da Bahia. A Bahia é o único estado brasileiro que construiu um programa de apoio.

Direitos Humanos

10º ENCONTRO ESTADUAL DE DIREITOS HUMANOS: "OS DIREITOS HUMANOS CONTRA A PRÁTICA DE CINISMO E DE HIPOCRISIA NA SOCIEDADE" No CAHL (Centro de Artes, Humanidades e Letras da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia), da UFRB, no Período: 15 e 16 de Dezembro de 2010. Presidente do Sindicato dos Jornalistas da Bahia, Marjorie Moura será uma das palestrantes do evento.
Inscrição gratuita no endereço eletrônico: www.idh.org.brOutras informações através do e-mail fundacao@idh.org.br ou telefone (71) 3335-5709.

AVISO DO SINJORBA

Os funcionários do Sinjorba entrarão em férias coletivas de 21 de dezembro de 2010 a 9 de janeiro de 2001. Jornalistas registrados, recém formados e estudantes devem se antecipar para fazer suas solicitações neste período. Contatos pelo (71)3321-1914.

Festa no Alecrim


Moradores do Alecrim e de comunidades vizinhas, participaram do grande caruru devocional oferecido todos os anos pelo líder comunitário Toninho. A festa, realizada sábado à noite, se estendeu até o anoitecer de ontem. A animação ficou por conta do samba de Roda Filhos do Caquende e do grupo Partido. com. O suculneto caruru, preprado no capricho foi servido generosamente para todos os convidados de Toninho, devoto fervoroso de São Cosme e São Damião.

sábado, 11 de dezembro de 2010

Thêátre des Vampires

Segunda feira, dia 13 de Dezembro, às 21:00h, no Jardim da Escola de Teatro da UFBA, nasce o 1o experimento público do Núcleo Viansatã de Investigação Cênica, intitulado Thêátre des Vampires, que abordará a história de casais emblemáticos da literatura universal, como Marco Antonio e Cleopatra, Romeu e Julieta e Arthur e Lancelot, entre outros, atráves do sentimento que os tornou malditos: a paixão.


Através de encenação ritualística inspirada em Antonin Artaud, o grupo, que completou 1 ano de trabalho, trata de enlaces inevitáveis, intensos, cegos e ardentes, com excertos de Shakespeare, da Bíblia e da mitologia medieval.


O Núcleo Viansatã (carne e cetin) é parte do Coletivo Teatro Saladistar. O experimento, que fica em cartaz até o dia 21, sempre às 21:00h, e tem entrada franca, é dirigido pela encenadora Amanda Maia e possui 12 atuantes: Brisa Morena, Mirela Gonzales, Victor Diomondes, Vivian Rigueira, Jones Mota, Victor Gally, Fabiana Maia, Angelo Pinheiro, Maruan Sarraf, Sunny Mello, Juma Mascarenhas e Daniel Moreno.

Concertos Natalinos

Será encerrada hoje à noite, a partir das 20h, a 4ª Edição do Projeto Câmara Cultural- Concertos Natalinos, promovido pela Câmara de Vereadores de Cachoeira. As atrações da abertura do projeto foram o Sexteto de Sopros e a Filarmônica Lyra Ceciliana. Hoje será a vez do Coral Vozes da Catedral e da Filarmônica MInerva Cachoeirana.

Câmara Mirim

Foi realizada ontem a sessão de encerramento da turma de 2010 do Projeto A Câmara vai a Escola- Câmara Mirim. Na mesma solenidade foram empossados os novos estudantes que farão parte do projeto em 2011. Os estudantes que se despediram das atividades ontem foram agracidados com um computador. O projeto é de autoria do vereador Júlio César Costa Sampaio. Compareceram à sessão, além do vereador autor do projeto, o presidente da Mesa Diretora, Carlos Menezes Pereira e a vereadora Maria Lúcia Costa Santos. A solenidade contou com um grande público.

Festa dos Evangélicos em Cachoeira

Será no próximo dia 18(sábado), a partir das 20h, no Palco da Feira do Porto. O cantor Nengo Vieira será uma das atrações do evento que conta com patrocínio da prefeitura de Cachoeira, através da Secretaria Municial de Cultura e Turismo.

Paloma Braga

A jovem Paloma Braga acaba de concluir, com méritos, o curso de Jornalismo na Universidade Federal do recôncavo da Bahia. è mais uma vitória de uma cachoeirana que compartilhamos com muita alegria.

domingo, 5 de dezembro de 2010

Espetáculo Noite de Luz movimentou Cachoeira


As escadarias e janelas do prédio da Câmara de Vereadores serviram de cenário para o espetáculo Noite de Luz, produzido neste domingo, pelo Colégio Santissímo Sacramento, ntradicional instituição de ensino de Cachoeira, para marcar o final do ano letivo. Música, teatro e iluminação cênica fizeram parte do espetáculo que lembrou o nascimento de Jesus Cristo. Embalado pelo espírito natalino, o espetáculo atraiu um grande público para a Praça da Aclamação, além de pais e familiares dos alunos.

Cachoeira ganha iluminação natalina



A cidade histórica Monumento Nacional está ainda mais bonita com a iluminação natalina instalada pela prefeitura municipal. A decoração destaca, ainda mais, a beleza do centro histórico.

Siribox é o vencedor do campeonato de Futsal


Com um grande incentivo da torcida, a equipe do Siribox venceu, ontem à noite, o time Pagode Fiel por 5 X3, na Quadra de Esporte Municipal. O primeiro colocado do campeonato patrocinado pela prefeitura de Cachoeira, além da taça ganhou um prêmio no valor de R$1 mil. O vice campeão ganhou R$ 500,00. O prêmio do time vencedor foi entregue pelo presidente da Câmara de Vereadores, Carlos Pereira.

sábado, 4 de dezembro de 2010

Nivaldo Lancaster é cidadão honorário de Cachoeira

O radialista Nivaldo Lancaster, apresentador do programa Parguassu Notícias, da Paraguassu FM, acaba de receber o título de cidadão honorário de Cachoeira. O homenageado entre o presidente da Câmara Carlos Menezes Pereira e o deputado estadual eleito e também radialista, Carlos Geilson.

PEC 33/09 pode ser votada no Senado neste final de ano

Entidades apoiadoras da Campanha em Defesa do Diploma desenvolvem nova ofensiva para buscar garantir a aprovação do substitutivo à Proposta de Emenda Constitucional 33/09 – a PEC do Diploma – ainda este ano. A FENAJ e os Sindicatos de Jornalistas intensificam contato com parlamentares para que a matéria vá a voto na próxima semana, tendo em vista a previsão de que haverá quorum no plenário do Senado.

As últimas sessões do Senado em 2010 ocorrerão entre os dias 7 e 9 de dezembro. Como há um apelo do governo para a votação de matérias consideradas prioritárias, a previsão é de que haverá grande quorum. Entre os dias 7 e 9 de dezembro, ocorrem as últimas sessões do Senado. “Como tramita em regime especial, a PEC do diploma está na pauta permanentemente e é possível que nestas sessões se alcance o quórum necessário para a votação e aprovação”, explica o presidente da FENAJ, Celso Schröder.

Em comunicado às direções dos Sindicatos e entidades apoiadoras da proposta de reinstituição do diploma como requisito para o exercício da profissão de Jornalista, a direção da FENAJ e a Coordenação da Campanha em Defesa do Diploma solicitaram a intensificação dos contatos com os parlamentares nos estados para garantir o apoio e voto dos parlamentares. Para que a PEC dos Jornalistas seja aprovada em primeiro turno é preciso um quorum de 65 senadores presentes em plenário e o voto favorável de 49 deles.

Dirigentes da FENAJ e dos sindicatos de Jornalistas estarão em Brasília na semana em que ocorrem as últimas sessões do Senado para ampliar o diálogo com os parlamentares e acompanhar as votações.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

AROLDO MACEDO E GRUPO DE PERCUSSÃO DA UFBA DOMINGO, DIA 5, NO FESTIVAL EM CACHOEIRA

O show homenageia os 60 anos do Trio Elétrico

Com uma homenagem aos 60 anos do Trio Elétrico, o Grupo de Percussão da Escola de Música da Universidade Federal da Bahia e o músico Aroldo Macedo irão se apresentar no dia 5 de dezembro, como uma das atrações do I Festival de Música Instrumental do Interior da Bahia, na cidade de Cachoeira. O show terá lugar no CAHL - Centro de Artes, Humanidades e Letras da Universidade Federal do Recôncavo, com ingressos a R$ 2,00 (inteira). A abertura da noite estará sob o comando da Filarmônica Minerva Cachoeirana, às 19 horas. Em seguida apresentações do Quinteto de Madeira (de São Félix) e banda Quaternália (Feira de Santana).

Sob a coordenação do professor Jorge Sacramento, o Grupo de Percussão, hoje com 11 integrantes, traz um repertório de frevos e marchas com arranjos especiais, que fazem parte da história do Trio de Dodô e Osmar, como “Frevo Dobrado”, “Charriot”, “Zanzibar” e “Taine”, sem deixar de fora o hino do carnaval baiano, “Chame Gente”. Aroldo Macedo tem participação especial, tocando choros de sua autoria e do pai, Osmar Macedo.

O I Festival de Música Instrumental do Interior da Bahia tem o patrocínio da Petrobras e Ministério da Cultura; apoio financeiro do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado. É uma realização da Associação Instrumental da Bahia e tem produção da Mil Produções. A curadoria é do maestro e compositor Zeca Freitas e do ator e pianista Fernando Marinho. Depois de Cachoeira, a segunda etapa acontecerá em Jequié, nos dias 17, 18 e 19 de dezembro, no Centro de Cultura ACM.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

UNEB oferece 2.931 vagas para matrícula especial.

Inscrições para seleção (cursos presenciais e EaD) estão abertas só até sexta, dia 3

A UNEB está com inscrições abertas, até o próximo dia 3 de dezembro, para as categorias especiais de matrícula (transferências, portadores de diploma e rematrícula). Uma nova oportunidade para estudantes e profissionais que desejam ingressar na universidade.

Os interessados podem se inscrever em todos os seus departamentos e em 32 polos de educação a distância, na capital e no interior do estado, para o preenchimento de 2.059 vagas em cursos presenciais e 872 vagas em cursos na modalidade EaD.

Para a modalidade presencial, 1.937 vagas são reservadas para transferências internas e externas e rematrícula, e outras 122 para portadores de diploma. No ato da inscrição, os candidatos devem apresentar todos os documentos exigidos no edital da seleção.



Já para os cursos a distância, a totalidade de vagas disponibilizadas são destinadas para a transferência entre polos e rematrícula, conforme especificado no edital do processo seletivo.



De acordo com a Secretaria Geral dos Cursos (SGC) da Prograd, em caso de transferência interna, o discente deve solicitar inscrição no processo seletivo no departamento que estuda.



Os candidatos aos cursos presenciais serão submetidos à aplicação de prova escrita, prevista para o dia 14 de fevereiro de 2011. O resultado final das duas seleções será conhecido no dia 28 do mesmo mês.



Mais informações no site www.uneb.br



Serviço

O que: inscrições abertas para categorias especiais de matrícula.

Quando: até 3 de dezembro.

Onde: em todos os seus departamentos da UNEB e em 32 polos de EaD, na capital e no interior do estado .



Fonte sugerida

Favor consultar Assessoria de Comunicação da UNEB.

Abertura do Natal na Santa Casa

A Santa Casa de Misericórdia de Cachoeira promove nesta quinta-feira, programação cultural para marcar a baertura dos fesetjos natalinos na cidade Monumneto Nacional. Diversas atrações estão programadas para o evento que será realizado ao ar livre em frente ao prédio da instituição na Praça Dr. Milto, a partir das 20h. No sábado, dia 4, a Santa Casa mantém a tradição e presta homenagem a Santa Bárbara com a celebração de missa em louvor a Santa na Capela São João de Deus, às 20hs. Após a missa, sairá a procisssão com a imagem de Santa Bárbara carregada por fiéis, acompanhada das filarmônicas Lyra Ciciliana e Minerva cachoeirana.

Leo Gandelman é convidado especial do Festival de Música Instrumental neste sábado

Saxofonista, compositor, arranjador e um dos músicos mais influentes do Brasil, o carioca Leo Gandelman é o convidado especial da noite do dia 4 de dezembro, no I Festival de Música Instrumental do Interior da Bahia, que será realizado na cidade de Cachoeira. Durante três dias (3, 4 e 5 de dezembro), todas as atenções do público cachoeirense estarão voltadas para o CAHL - Centro de Artes, Humanidades e Letras da Universidade Federal do Recôncavo – onde se apresentarão as nove atrações do Festival, entre artistas da região, músicos de Salvador e os convidados especiais, a partir das 19 horas.
Leo Gandelman é o convidado da Banda Transcendental, uma das surpresas da noite. Com mais de 800 gravações em sua trajetória, o saxofonista tem um grande público cativo. É um instrumentista versátil, com trânsito fluente entre o jazz e o clássico, tendo participado dos aclamados concertos da Orquestra Sinfônica Brasileira no Lincoln Center e no Central Park, em Nova York, em 2001. Ingresso: R$ 2,00 (inteira). Também em Jequié - Depois de Cachoeira, a segunda etapa do Festival vai acontecer na cidade de Jequié, no Centro de Cultura ACM, nos dias 17, 18 e 19 de dezembro, com mais atrações. O I Festival de Música Instrumental do Interior da Bahia tem o patrocínio da Petrobras e Ministério da Cultura; apoio financeiro do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado. É uma realização da Associação Instrumental da Bahia e tem produção da Mil Produções. A curadoria é do maestro e compositor Zeca Freitas e do ator e pianista Fernando Marinho.
_______________________________

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Programação do I Festival de Música Instrumental do Interior da Bahia

ENCONTRO DE TALENTOS EM CACHOEIRA NO I FESTIVAL DE MÚSICA INSTRUMENTAL DO INTERIOR DA BAHIA nos dias 3, 4, e 5 de dezembro, no CAHL - Centro de Artes, Humanidades e Letras da Universidade Federal do Recôncavo.
ESPETÁCULOS SEMPRE A PARTIR DAS 19H
Dia 3 de dezembro Sexta-feira
Os Chorões do Recôncavo, Roque Adson e Instrumentistas Maragojipanos, Banda de Boca
Dia 4(sábado)
Sexteto de Sopro, Adson Sodré e Transcendental- Participação Especial de Léo Gandelman
Dia 5 Domingo
Quinteto de Madeiras
Quartenália
Núcleo de Percussão da UFBA- Participação especial de Aroldo Macedo
E MAIS: PARTICIPAÇÃO DE FILARMÔNICAS DO RECÔNCAVO
INGRESSOS: dois reais (inteira)
Um real(meia)

AS FILARMÔNICAS BAIANAS SERÃO HOMENAGEADAS

O I Festival de Música Instrumental do Interior da Bahia, que começa na próxima sexta-feira, 3 de dezembro, e vai até domingo (5), na cidade histórica de Cachoeira, prestará homenagens especiais a algumas personalidades e instituições baianas que contribuem de modo significativo para a criação e a difusão da música instrumental. Nas três noites da programação, que terá lugar no Centro de Artes da Universidade Federal do Recôncavo (CAHL - rua Maestro Irineu Sacramento, S/N, Centro), serão homenageadas todas as filarmônicas da Bahia, hoje em torno de 200 grupos, representadas no Festival pela Lyra Ceciliana, Minerva Cachoeirana e União Sanfelixta, de São Félix; o músico e compositor Mateus Aleluia, ex-Tincoãs; o artista visual e diretor do Centro Cultural Dannemann e idealizador do Festival de Filarmônicas do Recôncavo, Pedro Arcanjo; os 60 anos do Trio Elétrico de Dodô e Osmar, com a presença do músico Aroldo Macedo, e os 25 anos da TV Educativa da Bahia, emissora que tem apoiado e registrado as edições do Festival de Música Instrumental da Bahia, realizadas até então em Salvador. O Festival em Cachoeira tem o patrocínio da Petrobras e Ministério da Cultura; apoio financeiro do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado. É uma realização da Associação Instrumental da Bahia e tem produção da Mil Produções. A curadoria é do maestro e compositor Zeca Freitas e do ator e pianista Fernando Marinho. Depois de Cachoeira, a segunda etapa do Festival vai acontecer na cidade de Jequié, no Centro de Cultura ACM, nos dias 17, 18 e 19 de dezembro, com mais atrações.

AS FILARMÔNICAS – Instituições de grande tradição cultural no interior da Bahia, muitas delas centenárias, geralmente são sociedades civis sem fins lucrativos e que enfrentam dificuldades financeiras para se manter. Elas desempenham um importante papel social e educativo, ao formarem, através de escolas para crianças e jovens, verdadeiras gerações de músicos, compositores e regentes. As filarmônicas se apresentam em eventos sociais, datas cívicas e comemorativas por todo o interior, e seu repertório inclui hinos, marchas, dobrados, valsas, polcas, sonatas, sambas, MPB, erudito e outros ritmos. Hoje estimadas em cerca de 200 grupos em todo o Estado, no Festival as filarmônicas baianas serão homenageadas através de três representantes do Recôncavo: a Sociedade Cultural Orfeica Lyra Ceciliana, fundada em 13 de maio de 1870 pelo renomado maestro, compositor, arranjador e líder abolicionista, Manuel Tranquillino Bastos; a Sociedade Filarmônica União Sanfelixta, antes conhecida como Harpa Sanfelixta, fundada em 7 de setembro de 1916, na cidade de São Félix, e a Sociedade Lítero Musical Minerva Cachoeirana, outro importante símbolo da musicalidade regional, fundada em 10 de fevereiro de 1878. Elas farão a abertura da festa musical em Cachoeira.
Mateus Aleluia - Natural de Cachoeira, Bahia, é compositor, instrumentista e cantor, remanescente do grupo vocal Os Tincoãs, com discos gravados nas décadas de 70 e 80. O trabalho de pesquisa musical da ancestralidade africana dos Tincoãs resultou num convite para apresentações em Angola, que culminou com a permanência de Mateus Aleluia naquele país. De volta ao Brasil em 2002, hoje, ele é um dos integrantes da Banda Transcendental – que se apresenta no Festival - onde toca trompete e flugel horn. O grupo tem no seu trabalho de pesquisa a essência da música da Bahia, inspirada também nos Tincoãs, uma mistura da música barroca das igrejas e cultos católicos e da música afro tão enraizada e presente na cultura baiana. 60 Anos do Trio Elétrico – Mais uma homenagem do Festival, que traz para o público esse projeto desenvolvido pelo Grupo de Percussão da Escola de Música da Universidade Federal da Bahia, sob a coordenação do professor Jorge Sacramento, com a participação especial do músico Aroldo Macedo, filho mais jovem de Osmar Macedo, um dos criadores do Trio, instituição que revolucionou a música do carnaval baiano.

O Mágico e o Delegado

O filme do cineasta Fernando Coni Campos,baiano da cidade de Conceição do Almeida, filmado em Cachoeira e em Castro Alves, com os artistas,Nelson Xavier, Lutero Luis e Tânia Alves, dentre outros, será exibido, logo mias na Praça da Aclamação, em frente a Câmara de Vereadores. Muitos cachoeiranos participaram do filme, a exemplo do saudoso Aloisio Berto da Silva, o Pai Tomaz. Algumas cenas marcantes foram filmadas no Cine Teatro Glória, com a atriz Tânia Alves. Esta é uma boa pedida para esta quarta-feira, a partir das 19h. A iniciativa é do Cine Clube Mário Gusmão e conta com o apoio da Secretaria de Cultura e Turismo do município.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

ENCONTRO DE TALENTOS EM CACHOEIRA NO I FESTIVAL DE MÚSICA INSTRUMENTAL DO INTERIOR DA BAHIA Entre as atrações, filarmônicas, bandas, grupos regionais

A cidade histórica de Cachoeira será o cenário da primeira etapa do I Festival de Música Instrumental do Interior da Bahia, nos dias 3, 4, e 5 de dezembro, no CAHL - Centro de Artes, Humanidades e Letras da Universidade Federal do Recôncavo, na Rua Maestro Irineu Sacramento, S/N, Centro. A programação terá início sempre às 19 horas, com abertura de filarmônicas da região especialmente convidadas: Lyra Ceciliana de Cachoeira, Minerva Cachoeirana e União Sanfelista, de São Félix. Os ingressos custam R$ 2,00 (inteira) e R$ 1,00 (meia). O Festival tem o patrocínio da Petrobras e Ministério da Cultura; apoio financeiro do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado. É uma realização da Associação Instrumental da Bahia e tem produção da Mil Produções. A curadoria é do maestro e compositor Zeca Freitas e do ator e pianista Fernando Marinho. Depois de Cachoeira, a segunda etapa do Festival vai acontecer na cidade de Jequié, no Centro de Cultura ACM, nos dias 17, 18 e 19 de dezembro.

Uma programação diversificada e de boa qualidade está reservada para as três noites do festival inédito, que vai reunir talentos regionais, atrações de Salvador e convidados especiais. Dia 3, sexta-feira: Os Chorões do Recôncavo (Cachoeira); Roque Adson e Instrumentistas Maragojipanos; Banda de Boca (Salvador); dia 4, sábado: Sexteto de Sopros (Cachoeira); Adson Sodré Trio (Jequié); Banda Transcendental (Salvador), com participação especial do saxofonista carioca Leo Gandelman; dia 5, domingo: Quinteto de Madeiras (São Félix); Quaternália (Feira de Santana); Núcleo de Percussão da UFBA com participação especial de Aroldo Macedo no show Homenagem aos 60 anos do Trio Elétrico.

Workshop e Master Class – Também como parte do evento, serão realizados workshop e master class gratuitos, nos três dias, no CAHL, das 10 às 14 horas, com a participação de músicos e compositores, focalizando temas como a manutenção e conservação dos instrumentos musicais, performance dos músicos no palco, técnicas de improvisação e incentivo à pesquisa do repertório musical, entre outros.
EXPOSIÇÃO E HISTÓRIA - Além das atrações musicais, o público vai conhecer a Exposição Multimídia do Festival de Música Instrumental da Bahia, sobre as 16 edições realizadas em Salvador, principalmente no Teatro Castro Alves, desde os anos1980 até 2009. São painéis fotográficos e sonoros, material gráfico em diversos formatos, incluindo filipetas, programas, cartazes, camisas, CDs, vídeos e programas produzidos pela TV Educativa da Bahia. Em sua importante trajetória, o Festival apresentou espetáculos memoráveis com os maiores nomes da música instrumental da Bahia, do Brasil e, em algumas edições, também de outros países, como o mestre Sivuca, Wagner Tiso, Hermeto Pascoal, Naná Vasconcelos, Victor Biglione, César Camargo Mariano, Hamilton de Holanda, Jacques Morelenbaum, Spok Frevo, Rumpilezz e o renomado pianista chinês Mei-Ting Sun, em concerto com a Orquestra Sinfônica da Bahia sobre a regência do mastro Erick Vasconcelos. O material audiovisual da exposição foi editado por alunos do Curso de Cinema e Vídeo da Universidade Federal do Recôncavo, sob a coordenação do professor Adriano de Oliveira. A exposição tem curadoria de Fernando Marinho e dos fotógrafos Roberto de Sousa e Sora Maia.
Interior - “O Festival faz parte do calendário cultural da Bahia, e este ano só não foi realizado em Salvador por falta de patrocínio,” explica o curador Zeca Freitas. Por outro lado, a ideia de estender o evento para o interior, “estabelecendo um diálogo entre a Capital e outras cidades”, é uma meta antiga do próprio evento, e que pretende envolver a cada ano os principais territórios de identidade cultural, como Feira de Santana, Juazeiro, Mucugê, Camaçari, Lençóis e Vitória da Conquista, entre outros. “Esta nova trajetória nos permite plantar algumas ideias nas cidades, junto às suas lideranças políticas, empresariais e culturais, estabelecendo um intercâmbio com os grupos do interior, Salvador e do Brasil, fortalecendo e divulgando a música instrumental.”
Vitrine musical - Na seleção das atrações exclusivas do interior da Bahia (feita mediante inscrições dos interessados), “procuramos destacar a qualidade artística, a originalidade, a pesquisa sonora e as características de cada músico ou grupo, de modo a apresentar ao público uma vitrine bastante atraente daquilo que é produzido no campo da música instrumental na Bahia e no Brasil”, explica o também curador do evento, Fernando Marinho. Ao mesmo tempo, está tendo início um mapeamento para conhecer melhor quem são esses grupos, onde eles atuam, e se são regulares ou esporádicos.
FILARMÔNICAS - Marinho destaca ainda que nas três noites do Festival a abertura será feita por uma filarmônica tradicional da região: A Lyra Ceciliana de Cachoeira, União Sanfelista e Minerva Cachoeirana. “Para nós é uma honra muito grande. As filarmônicas são o principal grupo instrumental do interior baiano e elas existem na maior parte das cidades, reunindo pessoas de qualidade que são loucas e apaixonadas por música. As filarmônicas, para mim, são a grande escola, o mais importante centro social, uma verdadeira agremiação.”
Também em Jequié - Depois de Cachoeira, a segunda etapa do Festival vai acontecer na cidade de Jequié, no Centro de Cultura ACM, nos dias 17, 18 e 19 de dezembro, com mais atrações.
_____________________________________________

PROGRAMAÇÃO DO FESTIVALEM CACHOEIRA:
3/12 (SEXTA-FEIRA) 19 HORAS Abertura: Lyra Ceciliana de Cachoeira
BANDA DE BOCA (SALVADOR) - O grupo é uma das mais originais novidades musicais brasileiras. Tem como característica a perfeita reprodução com a voz do som de instrumentos como a guitarra, baixo, violino, violoncelo, percussão, bateria, sopros, sanfonas e até o triângulo. Criada em 1999 pelo músico e maestro Hiran Monteiro, reúne quatro vozes masculinas e uma feminina: Hiran Monteiro, Neto Moura, Poliana Monteiro, Arno Hübner e Fábio Eça. Com arranjos próprios, a banda possui vasto repertório, da MPB ao clássico, passando por ritmos nordestinos, o pop, funk e samba de roda. Em 2002 teve o reconhecimento nacional ao vencer em São Paulo, o 2o lugar no V Prêmio Visa de MPB - Edição Vocal, concorrendo com dois mil candidatos de todo o país. O grupo já gravou com Caetano Veloso e José Miguel Wisnik (Onqotô), Carlinhos Brown (Carlito Marrón) e Daniela Mercury (Balé Mulato). O show “A voz como instrumento” 2006-2007 conquistou três prêmios no Troféu Caymmi. O CD da Banda de Boca pras Crianças” foi indicado ao Grammy Latino 2010.
OS CHORÕES DO RECÔNCAVO (CACHOEIRA) - A ideia de formar o grupo surgiu em um festival de instrumentistas realizado na cidade baiana de São Félix, no qual se destacaram dois jovens integrantes da filarmônica Lyra Ceciliana: Nilton de Azevedo e Aradson Alves que decidiram convidar outros músicos da filarmônica para formar um grupo de choro, o que até então não era uma muito comum no Recôncavo. Com o apoio da Lyra Ceciliana e do ponto de cultura de Cachoeira, formaram os “Chorões do Recôncavo”. O grupo vem crescendo a cada dia e eles já se apresentaram em várias cidades como Recife, São Paulo, Salvador e Lençóis, na Chapada Diamantina.

ROQUE ADSON E INSTRUMENTISTAS MARAGOJIPANOS - Liderado pelo instrumentista Roque Adson, o grupo vem desenvolvendo um trabalho musical na região de Maragojipe, tendo em seu repertório salsas, choros, música erudita. Roque Adson ingressou na Filarmônica Terpsícore em 1988, mostrando talento como regente e contribuindo para a cultura musical da cidade. Tocou com grandes nomes da música baiana e brasileira. Participou de vários festivais, dentre eles o XIII Festival de Música Instrumental da Bahia.


4/12 (SÁBADO) 19 HORAS Abertura: Filarmônica União Sanfelista (São Félix)
LEO GANDELMAN (RIO DE JANEIRO) - Saxofonista, produtor, compositor e arranjador, é hoje um dos mais influentes músicos no Brasil. Aos 15 anos já era solista da Orquestra Sinfônica Brasileira. Além da sólida formação clássica, estudou no Berklee College of Music, nos Estados Unidos, onde seu trabalho também foi lançado com grande sucesso. Chegou a realizar seis temporadas de casa cheia no Blue Note de Nova Iorque. Com trânsito fluente entre o jazz e o clássico, participou como solista - em 2001 - dos concertos da Orquestra Sinfônica Brasileira no Lincoln Center e no Central Park, em Nova Iorque. Com o CD "Radamés e o Sax" ele ganhou o prêmio TIM 2007 como “Melhor Disco Instrumental” e “Melhor Produtor”. O artista lançou o CD e DVD “Sabe Você” pela EMI Music Brasil, uma releitura de canções brasileiras com a participação de nomes da MPB como Caetano Veloso, Chico Buarque, Milton Nascimento, Luiz Melodia, Leny Andrade, Ney Matogrosso e Leila Pinheiro. Gandelman Já realizou de mais de 800 gravações, incluindo trilhas sonoras para cinema, novelas e minisséries.

Banda Transcendental - O grupo tem no seu trabalho de pesquisa a mais pura e verdadeira essência da música da Bahia, uma mistura da música barroca tão presente nas igrejas e cultos católicos, e da música afro tão enraizada e presente na cultura baiana. É formado por Vinicius Freitas (saxofones e flauta), Mateus Aleluia - remanescente do grupo Os Tincoãs – (trompete e flugel horn), Jota Anderson (contrabaixo), Bira Marques (piano), Ricardo Braga,Luizinho du Gege e Kainã du Gege - pai e filho representantes da nação Gege – (percussão). A banda tem como influência os Tincoãs, que fizeram um trabalho afro-barroco cantado, e compositores como Tranquilino Bastos, Amando Nobre e Heráclito Guerreiro. Suas músicas contam uma história no contato imediato, sentimento adquirido nas vastas andanças pelas ruas de São Félix e Cachoeira, no Recôncavo Baiano.

SEXTETO DE SOPROS (CACHOEIRA) – Liderado por Paulo Vitor, o grupo trabalha com os diversos elementos e variantes dos instrumentos de sopros.

ADSON SODRÉ TRIO (JEQUIÉ) - Formado por Anderson Sodré (bateria), David Macedo (baixo) e liderado por Adson Sodré (guitarra), o trio desenvolve seu trabalho sobre o rock instrumental, com influências desde a música nordestina, passando pelo progressivo, jazz fusion e vertentes do rock. Em 2010 o guitarrista Adson Sodré concluiu o seu primeiro CD, “É assim que sou. Assim que soou” . O músico é conhecido no meio gospel pela suas participações de CDs e DVDs com cantores como Aline Barros (RJ), Carlinhos Félix (ES), Val Martins (RJ), Daniel e Samuel (GO). Adson participou do “Troféu Talento” (2007 a 2009), o maior evento da premiação gospel no Brasil, acompanhando intérpretes do gênero. Em 2008 o trio foi atração do festival da revista Guitar Player, executando, além de músicas próprias, o cover “Damage Control” do guitarrista John Petrucci, com vídeo postado no youtube.
5/12 (DOMINGO) 19 HORAS Abertura: Filarmônica Minerva Cachoeirana
AROLDO MACEDO – Filho de um dos inventores do trio elétrico, Osmar Macedo, o multi-instrumentista baiano Aroldo Macedo começou a estudar piano aos nove anos de idade. Aos doze, apaixonado pelos ritmos da terra, passou a tocar bateria. Segundo ele, foi esse o instrumento que lhe deu uma visão ampla da música, permitindo que fundisse choro, bossas e frevo, indo do dobrado ao rock. Sempre como autodidata, formou ao lado do pai e dos irmãos Armandinho, Betinho e André o grupo que transformou e modernizou as bandas de trio elétrico. Compôs músicas para o Trio Elétrico Dodô & Osmar, o grupo A Cor do Som e para Moraes Moreira.
NÚCLEO DE PERCUSSÃO DA UFBA - Coordenado pelo professor Jorge Sacramento, o Núcleo é um setor da Escola de Música da Universidade Federal da Bahia. Com a sua filosofia, Sacramento tem aumentado em qualidade e quantidade os alunos de percussão, resultado de 14 anos de trabalho na área de ensino, pesquisa e extensão, incluindo os conhecimentos da cultura afro-baiana. Juntamente com o maestro Angelo Rafael tem produzido muitos concertos. Em 2003, o grupo apresentou o “Tributo a Pixinguinha”, com músicas do compositor executadas nos instrumentos de teclas da percussão, conquistando a premiação na categoria especial do ano de 2003/2004 do Troféu Caymmi. Em 2004, aconteceu o show “Tributo a Waldir Azevedo”, lotando o Teatro do Sesi em toda a temporada. Em 2007, o grupo participou do projeto “Sonora Brasil”, produzido pelo Sesc, com apresentações em 74 cidades brasileiras.
QUINTETO DE MADEIRA (SÃO FÉLIX) - O Quinteto de Madeira (formado por Adenilson Almeida, Catarina Oliveira, Cidália dos Santos Neta, Luiz Carlos C. Santos e Otoncarlos Santana) nasceu na cidade de São Félix em 2008, para se apresentar no sarau dos alunos do Curso de Licenciatura em Música EAD pela UFRG com um polo sediado na cidade. Todos os músicos integram a Sociedade Filarmônica União Sanfelista e três destes são alunos da universidade. A iniciativa de formar um grupo de câmara se deu através do clarinetista Adenilson junto com seus amigos, com o objetivo de mostrar para a comunidade um trabalho diferenciado, e proporcionar aos ouvintes um repertório bastante eclético, apresentando composições do período barroco, como as do compositor Johan Sebastian Bach, até o período contemporâneo com o baiano Lindemberg Cardoso.


QUATERNÁLIA (FEIRA DE SANTANA)- O talento musical e o gosto pela música instrumental de quatro baianos fizeram surgir em 2008 o grupo Quaternália: Gilmar Araújo (guitarra semiacústica), Anderson Silva (baixo),Rogério Ferrer (piano,acordeón e violão), Adson Jr (bateria). Desde então, o grupo se apresenta em diversos bares com o projeto Quinta Instrumental, e em teatros de Feira de Santana. Teve atuação brilhante na Praça do Fórum no Dia do Músico, e no Natal na Praça. No seu repertório, clássicos da MPB e mundial em versões instrumentais com influências notória do jazz. Entre os músicos existe também uma preocupação com os arranjos, o que dá uma marca pessoal ao grupo. O Quaternália lançou este ano um CD instrumental com composições autorais e releituras.
_______________________________________

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Time da Rua da Feira vence Campeonato Interbairros


Com muita animação, a torcida do time da Rua da Feira festejou, ontem, a conquista do Campeonato Interbairros de Futebol promovido pela prefeitura municipal de Cachoeira. O time campeão, além do troféu a que fez jus pela conquista, também recebeu da prefeitura um prêmio de R$ 1 mil. O vice campeão, o representante do bairro do Caquende também festejou o segundo lugar. A partida foi dsputada no Campo de Futebol da Vila Morumbi que recebeu um número expressivo de torcedores, apesar do sol forte. Os campeões deixaram o campo de futebol animados por uma uma charanga.

sábado, 27 de novembro de 2010

Luz na Roça do Ventura: Vitória da Sociedade Civil

Conforme ofício n° 1168/2010, da secretaria Luiza Bairros, titular da Sepromi, dirigida a Pedro Erivaldo Francisco da Silva, coordenador da Associação Institucional de Defesa dos Direitos e Garantias Constitucionais e Infraconstitucionais da Região do Recôncavo- A Cidadã, a reforma da infraestrutura elétrica da Roça do Ventura foi uma reivindicação da Carta de Cachoeira, entregue no dia 25 de Junho do ano passado ao governador Jaques Wagner. A obra, já concluida, foi executada em parceria entre a Sepromi, Seinfra e Coelba. Na mesma correspondência a secretária informa, que, a solicitação de doação de computadores para terreiros de candomblé ,foi encaminhada à Secretaria de Ciência e Tecnologia da Informação, e que, o Mapeapemento dos Espaços de Religiao de Matriz Africana se encontra em pelneo andamento no Território Recôncavo, já tendo sido mapeados 30 terreiros no município de Cachoeira.

I Seminário de Economia Informal no Turismo com vista a Copa 2014

O Conselho Comunitário Social e de Segurança Pública do Centro Histórico de Salvador – Conseg-CHS realiza nos dias 29 e 30 de novembro de 2010, I Seminário de Economia Informal no Turismo com vista a Copa 2014, no Teatro SESC – Pelourinho, na Praça José de Alencar, Centro Histórico, das 8 ao meio-dia. O objetivo do evento é firmar parcerias com instituições públicas e privadas para permitir que trabalhadores do mercado informal possam desenvolver suas atividades em harmonia com o trade turísitico e possa dispor de conhecimento técnico para participar efetivamente deste evento de grande potencial que também terá Salvador como uma das cidades-sede.

O público alvo são trabalhadores informais, micro e pequenos empresários do setor turístico, guias e monitores de turismo, agências de viagens de transporte de turismo.

Um café da manhã marca a recepção aos participantes no primeiro dia, quando a programação será aberta com a peça teatral “O Ambulante”, encenada pelo grupo Didá. A presidente da Conseg, Rose Kalile, abre o evento que contará com palestras da historiadora Antonietta de Aguiar Nunes, do presidente da Abrasel/Setur-Ba, Luiz Henrique, além de representantes da Secopa e Saltur .

No dia 30 será abordada a questão da segurança na mesa redonda composta pelo coronel Nasicmento9, do 18º BPM e delegada Maritta Silva. Às 20 horas será realizado show de confraternização no Terreiro de Jesus.

Apoio institucional: Sindicato dos Jornalistas Profissionais da Bahia

Maiores informações: tels 3322-0335, 9627-3064 e 9182-6598

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Campeões de Cachoeira serão conhecidos neste final de semana

Será amanhã, às 21h,na Quadra Municipal de Esportes, a solenidade de premiação das equipes campeã e vice do Torneio de Futsal, realizado pela prefeitura municipal. No domingo, no Campo de Futebol do Morumbi, serão premiados os vencedores do Campeonato Inter bairros.O prefeito Tato Pereira estará presente.

Ludmillah Anjos gravará seu primeiro dvd na cidade de Cachoeira

Ao lado de cantores e compositores como Jota Veloso, Ton Gouveia e do grupo cachoeirano Gêge Nagô, Ludmillah gravará seu primeiro DVD, cujo nome “Minha cara”. O dvd reunirá grandes sucessos que marcaram sua trajetória como cantora. O show está marcado para o dia 27 de novembro de 2010, a partir das 19h, no anfiteatro do Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), em Cachoeira.
Ludmillah Anjos de Souza, ou simplesmente Ludmillah, jovem guerreira da periferia de Salvador, trouxe consigo um talento surpreendente. Aos seis anos de idade, teve sua vida marcada pela canção. Começou participando de eventos musicais em sua comunidade e, aos 12 anos, iniciou sua trajetória com o movimento cultural chamado “Eu quero é provas”. Foi esse movimento que embalou Ludmillah para a carreira artística. Não se resumindo apenas a música, outros talentos ainda foram descobertos, como o teatro e a dança, por exemplo.
Várias cidades baianas aplaudiram de pé essa artista, que recebe esses aplausos com muito carinho. A Europa também foi palco das suas apresentações e carisma, com o espetáculo “Ginga Nilé Bahia”. Mas foi em território nacional que ela se firmou, se apresentando no Teatro Yemanjá, no Centro de Convenções, através da “Brasilis Dançantes”, um projeto da Fundação Cultural. A pequena de sorriso intenso e espontâneo, também participou das comemorações dos 60 anos da construtora Odebrech na Bahia, cantando o Hino da África, juntamente com o grupo étnico musical Vozes Reveladas e maestria de Sérgio Souto e Gilberto Gil. Seu talento ainda foi aclamado pelo Presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, no Fórum Mundial de Turismo, sediado no Teatro Castro Alves, em Salvador. Além disso, foi convidada por Monica Millet e Sérgio Souto a participar de um evento com repercussão mundial, conhecido como Percpan ou Encontro Mundial Percussivo. Esse evento ajudou Ludmillah a levantar grandes vôos como, por exemplo, a se tornar uma das grandes revelações do programa Ídolos, na Rede Record de Televisão. Foi aí que ela conseguiu mostrar seu talento para todo o Brasil. Hoje, com 25 anos de idade, é dona de um olhar expressivo que derrete qualquer coração. Uma mulher que respeita a diversidade cultural e musical brasileira inserindo, assim, em seu repertório, o que há de melhor do Pop, Black Music, MPB, Afoxé, Samba e Samba-reggae.
O dvd, com direção de Lucas Reis, Micaela Brandão e Larissa Oliveira, faz parte do projeto interdisciplinar dos alunos do curso de Cinema e Audiovisual da UFRB, do segundo semestre de 2010, com a orientação dos professores Guilherme Maia e Ayrson Heráclito.

Feijoada de Fato: só para profissionais de imprensa

Pelo quarto ano consecutivo, será realizada a Feijoada de Fato, evento de confraternização de jornalistas que lança o Reveillon do Hotel Catussaba - este ano com a "Natureza" como tema. Os organizadores do evento informam que será sorteada uma passagem ida e volta para Madri. Só participarão do sorteio profissionais de imprensa e o vencedor tem que estar presente no local. Outro aviso importante: será exigida a apresentação de identidade funcional ou carteira de alguma entidade oficial que represente a categoria. "É uma medida para tornar a nossa festa ainda mais confortável. É um evento para todos nós que trabalhamos em assessoria de imprensa, sites, jornais, televisão e emissoras de rádio. E para todos os colegas como, por exemplo, professores dos diversos cursos de comunicação social", informa a produtora e jornalista Flavia de Oliveira.

Jornalistas contarão com manual de jornalismo étnico-racial

No seminário Imprensa e Diversidade Étnico-Racial, ocorrido na noite da última quarta-feira, (24) o professor, PhD em História da Cultura Negra, Jaime Sodré um dos palestrantes do evento, elogiou a iniciativa da Secretaria Municipal da Reparação (Semur) representada pelos gestores Ailton Ferreira e Edmilson Sales e do Sindicato dos Jornalistas (Sinjorba), pela presidente Marjorie Moura. Na oportunidade, o historiador sugeriu que novos encontros sejam realizados. “Foi dado o pontapé inicial, a Secretaria e o Sinjorba estão de parabéns pela sensibilidade de levantar a discussão sobre o tratamento que a imprensa deve ter em relação às questões étnico-raciais”, enfatizou o professor.

Além da discussão sobre como a imprensa divulga as questões étnico-raciais, assunto muito bem acompanhado por Jaime Sodré que tem o hábito de arquivar todas as noticiais referentes, principalmente, às questões religiosas de matriz africana. Também no seminário, foi selada uma parceria entre a Semur e o Sinjorba, representado pela presidente Marjorie Moura. As duas instituições trabalharão em ação conjunta na confecção de um manual étnico-racial para ser utilizado pelos jornalistas, instrumento que servirá de suporte na elaboração de matérias com recorte racial.

Participou ainda do encontro a formanda em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo da Faculdade Social da Bahia e integrante do Instituto de Mídia Étnica, Juliana Dias, que contribuiu na discussão com seu trabalho de conclusão de curso Manual de Jornalismo Étnico-Racial.

Ascom - Semur (Secretaria Municipal da Reparação)
Maria Rocha
9933-6080

Nota de Pesar

A Diretoria do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (Sinjorba) vem a público manifestar seu pesar pelo falecimento do radialista, Edmundo Carvalho , pai do companheiro e radialista Edmundo Filho e sogro da diretora do Sinjorba, Fernanda Matos, ao tempo que nos solidarizamos com a dor de seus familiares.

Salvador, 25/11/2010.

Marjorie da Silva Moura
Presidente do Sinjorba

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Pinheiro e Lídice em Cachoeira

O grupo de estudos em ciência Política do Centro de Artes, Humanidades e Letras da UFRB promovem nesta sexta-feira (26) no auditório da universidade em Cachoeira o evento “O Senado e a nova conjuntura da política baiana”, com participação dos senadores eleitos Walter Pinheiro (PT) e Lídice da Mata (PSB). O evento faz parte do Ciclo de debates sobre política promovido pelo colegiado de Ciências Sociais da UFRB através da orientação do Cientista Político Maurício Silva e com participação de discentes de outros cursos da instituição.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Cursos de inglês e francês em Santo Antônio de Jesus oferecem 100 vagas

O Núcleo de Estudos Canadenses (NEC) do Campus V da UNEB, em Santo Antônio de Jesus, está com inscrições abertas, até o dia 26 de novembro, para as novas turmas dos cursos de inglês e francês, nível básico.

As inscrições devem ser realizadas no laboratório de línguas da unidade, das 14h às 17h. Os interessados devem apresentar, no ato da inscrição, formulário de matrícula (disponível na xerox) e cópias do RG e CPF. O investimento é de R$ 180. Estão sendo disponibilizadas 100 vagas.

As aulas estão previstas para iniciarem no campus em janeiro de 2011, sempre às quintas-feiras e aos sábados.

Mais informações no site www.uneb.br



SERVIÇO

O que: cursos de inglês e francês oferecem 100 vagas, em Santo Antônio de Jesus

Quando: inscrições até 26 de novembro

Onde: no Campus V da UNEB, em Santo Antônio de Jesus

I ENCONTRO DE POLÍTICAS E PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS DA BAÍA DO IGUAPE

Foi encerrado no último dia 19, no auditório da Fundação Hansen Bahia, o I Encontro de Políticas e Práticas Sustentáveis da Baía do Iguape, como parte do Programa Iguape Sustentável no âmbito do seu
eixo "educação para a sustentabilida", promovido pelo Ingá. O evento que ocorreu durante quatro dias(de 16 a 19), contando com atividades diversas, desde o diagnóstico participativo contou com o apoio da prefeitura municipal de Cachoeira, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, representada pelo secretário Lourival Trindade.
da realidade local, passando pela capacitação e formação dos participantes, até a construção coletiva de conhencimentos. As atividades de
formação voltadas para os Gestores Públicos locais e lideranças das comunidades da Baía do Iguape focalizarão as Políticas e Práticas para a
Sustentabilidade capazes de promover a Conservação à luz dos marcos jurídicos presentes na Legislação Ambiental, bem como trazendo
conhecimentos sobre as estratégias de desenvolvimento baseadas na Economia Solidária. O Encontro contou ainda com um colóquio sobre a
contribuição dos Saberes tradicionais para a Saúde.

Esta atividade, além de dar continuidade às ações educativas do Progrma Iguape Sustentável, teve também o objetivo de empoderar as
comunidades e os gestores públicos locais, contribuíndo para fortalecer a formação do senso crítico, da consciência socioambiental, o reconhencimento
e a valorização cultural das comunidades urbanas e rurais da Baía do Iguape.
Durante o encontro aconteceram as seguintes atividades:Dia 16/11/2010 - Terça Feira

14:00h - abertura do Evento - Órgãos do Governo Estadual
15:30h - Apresentação de 03 Práticas Sustentáveis - Lideranças Locais
17:30h - Coquetel de Confraternização

Dia 17/11/2010 - Formação para Gestores Públicos Municipais

08:30h - atividade: Construção de Mapa Socioambiental (INGÁ)
10:00h - Intervalo
10:30h - Atividade: Construção do Mapa Socioambiental (INGÁ)

14:00h - Atividade: Práticas Sustentáveis para a Conservação (INGÁ)
15:30h - Intervalo
16;00h - Atividade: Práticas Sustentáveis para a Conservação (INGÁ)

Dia 18/11/2010 - Formação para Gestores Públicos Municipais

08:30h - Atividade: Práticas Sustentáveis para a Conservação (INGÁ)
10:00h - Intervalo
10:30h - Atividade: Práticas Sustentáveis para a Conservação (INGÁ)

14:00h - Atividade: Legislação Ambiental/Gestão Compartilhada (SEMA)
16:00h - Intervalo
16:30h - Atividade: Educação Ambiental a Luz da Legislação (INGÁ)

Dia 19/11/2010 - Formação para Gestores Públicos Municipais

08:30 - atividade: Povos e Comunidades Tradicionais a Luz da Legislação (INGÁ)
10:30 - Intervalo
10:30-h - Atividade: Instrumentos e Responsabilidades na Gestão das Águas (INGÁ)

14:00h - Atividade: Introdução a Economia Solidária (SETRE)
16:00h - Intervalo
16:30h - atividade Saúde: Saberes Tradicionais (Médico de Porto Príncipe e Lideranças Locais)
17:30h Congraçamento e Finalização das Atividades

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Abate e comercialização de aves será tema de audiência pública na Câmara

O Ministério Público Estadual e a Divisão de Vigilância Sanitária do município de Cachoeira, convidam a toda comunidade cachoeirana para audiência pública, nesta quarta-feira, 24 de novembro, Às 14h, na Câmara de Vereadores, a fim de discutir o abate e comercialização de aves nos estabelecimentos comerciais deste município.

E o barquinho vai...


Foto: Alzira Costa, 23/11/2010.

Cores e Nomes


Foto de autoria de Fory em 22/11/2010.

Memória: Mestre Tamba

O saudoso Cândido Xavier, conhecido como Tamba, grande ceramista cachoeirano. Foto da década de 80, na Praça 25 de Junho, em frente a Cabana do Pai Thomaz. (Foto: Arquivo pessoal de Gaivota)

Seminário Imprensa e Diversidade Étnico-Racial

O Sindicato dos Jornalistas da Bahia (Sinjorba) e Secretaria Municipal da Reparação (Semur) realizam no dia 24 de novembro (quarta--feira), às 19 horas, na Faculdade da Cidade - Comércio, o Seminário Imprensa e Diversidade Étnico-Racial com participação do professor Jaime Sodré, PhD em História da Cultura Negra, doutor em História Social, docente da UNEB e CEFET,e Xicarongoma Ogan do Candomblé. Também participa a formanda em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo da Faculdade Social da Bahia e integrante do Instituto Mídia Étnica Juliana Dias que vai falar sobre seu trabalho de conclusão de curso 'Manual de Jornalismo Étnico-Racial'.

No evento, o Sinjorba, representado pela presidente Marjorie Moura, firmará parceria com Semur, na pessoa do secretário Ailton Ferreira para elaboração de uma cartilha destinada aos jornalistas contendo indicações sobre o tratamento adequado a ser dado às questões etnico-raciais e das religioes de origim africana, na elaboração de pautas e no material produzido diariamente pela midia.

O evento é aberto ao público.

Maiores informações: Marjorie Moura (9952-2287) e Maria Rocha (Semur 4009-2634 e 9933-6080)


--

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Livro sobre O Centro Histórico da Cidade do Salvador


Será lançado no próximo sábado, dia 27, na Livraria LDM, na Rua Direita da Piedade, nº 22, Piedade, o livro Centro Centro Histórico da Cidade do Salvador, publicado pela UEFS Editora , de autoria do sociólogo Juarez Duarte Bomfim.
A Obra:
Fundada em 1549, Salvador foi a capital do Brasil Colônia até 1763 e hoje é a terceira cidade do país em população. Mas, o que aconteceu com ela? O que é seu Centro histórico, que se tornou Patrimônio da Humanidade? Por que e como, no início da década de 1990, os moradores do Pelourinho foram deportados?

Com lúcida paixão pela cidade em que nasceu, Juarez Duarte Bomfim se fez essas e outras perguntas durante anos. Para respondê-las, escreveu este livro, cujo texto é, originalmente, a tese de doutorado em Geografia, aprovada com louvor, que ele defendeu na Universidade de Salamanca, Espanha, em 2007.

Resultado de extensa e consistente pesquisa bibliográfica e de campo, é um livro essencial para se compreender por que Salvador, construída como um símbolo da cultura europeia na América, uma afirmação do Império ultramarino português, em pleno Renascimento, veio a se transformar, ao longo de meio milênio, no símbolo mais expressivo da cultura afro-brasileira.

O Autor:

Juarez Duarte Bomfim, baiano de Salvador, nascido em 1959, é sociólogo e mestre em Administração pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), doutor em Geografia Humana pela Universidade de Salamanca, Espanha; professor-adjunto do Departamento de Ciências Humanas e Filosofia da Universidade Estadual de Feira de Santana (DCHF-UEFS), da Área de Conhecimento em Ciência Política. Tem trabalhos publicados no campo da Sociologia, Ciência Política, Teoria das Organizações e Geografia Urbana. É colaborador do JornalGrandeBahia.com.br

E-mail de contato: juarezbomfim@uol.com.br

Olha a cocada!


De todas as cores e sabores.

A nossa identidade passa por aqui

A Escola Municipal Aurelino Mário promoveu, na última sexta-feira, desfile alegórico com representações da identidade cultural de Cachoeira, através de suas manifestações religiosas e populares. O evento culminou o trabalho de pesquisa realizado em sala de aula por educadores e alunos do estabelecimento.

Os Direitos Humanos contra a Prática de Cinismo e Hipocrisia na Sociedade

A Fundação Instituto de Direitos Humanos promove, anualmente, um encontro estadual para debater e propor alternativas sobre assuntos que tratam de violação ou de omissão aos direitos fundamentais da pessoa humana, sendo que o X ENCONTRO ESTADUAL DE DIREITOS HUMANOS ocorrerá nos dias 15 e 16 de dezembro de 2010, no Centro de Artes, Humanidades e Letras da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, na Cidade de Cachoeira - Estado da Bahia, tendo como tema “OS DIREITOS HUMANOS CONTRA A PRÁTICA DE CINISMO E DE HIPOCRISIA NA SOCIEDADE”.

Pretende-se, nesse encontro, promover debates no sentido de que os participantes compreendam que as ações individuais e isoladas têm escassa repercussão na sociedade e são insuficientes para promover as mudanças necessárias, como também explorar exemplos de atitudes éticas que favoreçam o exercício pleno e efetivo dos Direitos Humanos e, com isso, tentar criar condições de conscientização para o exercício da cidadania na plenitude da dignidade humana.

A FUNDAÇÃO IDH cobrirá as despesas de transporte, hospedagem e alimentação das pessoas interessadas, residentes em Salvador, inscritos por meio do site www.idh.org.br , que forem selecionados para participar do evento, na forma definida pela Coordenação do evento.

Outras informações através do e-mail fundacao@idh.org.br ou telefone (71) 3335-5709.

domingo, 21 de novembro de 2010

O melhor lugar do mundo é aqui e agora


O escultor Fory desfruta o domingo ensolarado num paraiso tropical. Na foto, o artista ao lado de José Carlos Lomba.

O show da Esmola Cantada


A Esmola Cantada brilhou nas comemorações da Consciência Negra na Câmara de Vereadores.

Babalorixá Benício Souza preservando a tradição


Esta sendo ministrado no Terreiro Ogun Mêje, zelado pelo babalorixá Benício Souza, oficina de confecção artesanal de atabaques e barricas para jovens da comunidade. O resultado da inicitiva porde ser visto na Galeria da Câmara de Vereadores, na exposição baerta oa público na última quinta feira, como parte das comemoerações do Dia da Consciência Negra. (Foto: Benício Souza, Valmir do Gêge Nagô, Buda, responsável pela Roça do Ventura eo vice-prefeito Wilson Souza do Lago).

Secretário de Cultura e Turismo participa de seminario no Rio de Janeiro

O secretário de Cultura e Turismo do município de Cachoeira, Lourival Trindade, viaja para o Rio de Janeiro, nesta segunda-feira,para participar do Seminário de Gestão de Patrimônio Histórico. O evento é uma iniciativa do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional(IPHAN) e Unesco, com foco no PACH (Programa de Aceleração do Crescimento das Cidades Históricas, do qual Cachoeira integra.

sábado, 20 de novembro de 2010

Semana da Consciência Negra:Cachoeiranos homenageados


Após a palestra sobre Religião e Intolerância Religiosa, proferida pelo antropólogo Xavier Gilles Vatin, diretor do Centro de Artes, Humanidades e Letras(CAHL) da UFRB, a Câmara de Vereadores, prestou homenagem aos cachoeiranos: Marcelino Gomes de Jesus, sacerdote do candomblé; os escultores Fory e Mister Nascimento; yakekerê Márcia Lopes, do Terreiro Guarany de Oxossi. A concorrida sessão especial em homenagem ao Dia Nacional da Consciência Negra foi conduzida pelo presidente da Mesa Diretora, Carlos Menezes Pereira, na últiam quinta-feira(18). Os homenageados receberam a honraria das mãos dos vereadores pelos vereadores Wendel Chaves da Silva, Luis Carlos de Freitas Monteiro, Júslio César Costa Sampaio e Maria Lúcia Costa Santos.
Em seguida, foi aberta a exposição da Oficina de Confecção de Atabaques da Sociedade Filhos de Santo Antônio, e de pintura com telas da artista plástica Cecília Ferreira. A programação foi encerrada com as apresentações da Esmola Cantada da Ladeira da Cadeia e do Samba de Roda Filhos do Caquende.

Obras do Museu Nacional da Cultura Afro - Brasileira serão reiniciadas

Na próxima segunda feira, dia 22 de novembro, às 16 horas, o MINC – Ministério da Cultura e a AMAFRO- Amigos da Cultura Afro Brasileira, assinam um Convênio de Cooperação no valor de 10 milhões de reais, para a restauração do prédio do antigo tesouro do Estado, e instalação do MUNCAB – Museu Nacional da Cultura Afro- Brasileira, na Rua do Tesouro s/n, próximo à Igreja da Ajuda, no Centro Histórico de Salvador.

Às 16 horas, o presidente da AMAFRO, o poeta José Carlos Capinan e o Ministro da Cultura, Juca Ferreira, concederão uma entrevista coletiva para falar sobre a importância do Museu para a cultura brasileira, além de Juca fazer um balanço do seu trabalho à frente do MINC.

Após a entrevista, a soprano Virgínia Rodrigues abrirá a programação, cantando o hino nacional. Para a comemoração, está prevista a vinda à Bahia de convidados ilustres, como o ator Lázaro Ramos, o Mestre Abdias do Nascimento, Dona Ivone Lara, atores, cantores e intelectuais brasileiros, além de autoridades africanas no nosso país.



Carlinhos Brown, Tiganá Santana, Lazzo, Jorge Portugal, Dody Só, Roberto Mendes, Ilê Aiyê, Cortejo Afro, Olodum, grupos de samba de roda e de capoeira, farão parte da programação cultural, que também contará com o lançamento de uma revista da Fundação Palmares.



O projeto do Museu Nacional da Cultura Afro Brasileira, batizado de “museu em processo”, pelo seu idealizador, o poeta José Carlos Capinan, tem a previsão de estar concluído em 2012. O MUCAB será instalado em 2 prédios, o Tesouro 1, antigo prédio do tesouro do Estado, de 1920, e o Tesouro 2, que abrigará importante biblioteca referência para a cultura afro brasileira.



As obras realizadas com a assinatura deste convênio deverão estar concluídas em 9 meses. Já no início do próximo ano, o Museu deverá abrir as portas ao público, com a exposição permanente e uma exposição temporária. Em breve, também serão implantados os núcleos de educação, museologia, museografia, e gestão. Toda a obra (tesouro 1 e tesouro 2), está orçada em 21 milhões de reais.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

PROJETO VOZES EM GESTO SELECIONA SURDOS PARA CAPACITAÇÃO EM TEATRO

Entre os dias 18/11/2010 a 07/01/2011 estão abertas as inscrições para surdos interessados em participar de aulas de Teatro, LIBRAS e Mímica Corporal Dramática. Os interessados deverão preencher uma ficha de inscrição, e junto a ela, entregar uma cópia da carteira de identidade, comprovante de residência e audiometria (atualizada).
A ficha e as cópias devem ser entregues no CESBA – Centro de Surdos da Bahia - (Rua Augusto Guimarães, nº 172, Ladeira da Soledade, Barbalho/ Liberdade) - (71) 3243-0828, das 9h as 18h, de segunda a sexta.
NÃO PERCA!

Leandro Rocha
Produtor Cultural
PROJETO VOZES EM GESTO
(71) 8622-2519

Tato fica



A juíza eleitoral de Cachoeira, Ana Lúcia Ferreira, considerou improcedente, a ação contra o prefeito Tato Pereira, movida por um grupo de adversários que o acusavam de abuso de poder econômico nas eleições municipais de 2008. A sentença da magistrada publicada quinta-feira, dia 18, jogou por terra as pretensões dos adversários do prefeito que desde o processo da candidatura para sua reeleição tentam afastá-lo da vida pública. Na realidade, esta é mais uma derrota que os adversários de Tato amargam no campo jurídico. Perdem nas urnas e também na Justiça. Tato permanece no cargo.
Alunos do III semestre do curso de Gestão de Cooperativas da UFRB, com orientação da docente Alene Lins da disciplina de Comunicação em Organizações Sociais. Está realizando a "Campanha Obreira e Você Fazendo um Natal mais Fraterno", com o intuito de arrecadar alimentos não perecíveis para serem doados em forma de cestas básicas, para famílias carentes cadastradas na Associação Espírita Obreiros da Fraternidade, localizada na Rua Cícero Nazareno, nº 192, centro, Cruz das Almas – BA
Instalamos postos de coleta em diversos pontos como: UFRB (Pavilhão I), CompService (Rua JJ Seabra, 173 Centro), Eletrosom (Praça do Lavrador, nº 237, Centro(procurar Evanise)), e na própria sede da associação.

No dia 21/11/10 os voluntários da campanha estarão arrecadando alimentos no bairro da Suzana e circunvizinhos.
A campanha de arrecadação será realizada de 01/11 a 05/12 e sua finalização será com a entrega das cestas básicas às famílias carentes na própria sede.
A campanha está sendo efetuada com a autorização do presidente da AEOF Alexandre Almassy e Coordenadores Social e Letícia Marques e Isael Damasceno –
Para maiores informações:
Adriana (75) 8214-9644 (dricka.santos.sl@bol.com.br);
Evanise (75) 8177-5661 (evanise-cm@hotmail.com);
Josileide (75) 8133-9233) (leidevitena@hotmail.com);
Marivaldo (75) 8169-0993 (marivalsilvarcc@hotmail.com);
Nora Nei (75) 9921-1352 (nandagatinha28@hotmail.com);
Silvana (75) 8146-1725 (sylvanasoueu@hotmail.com).

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Câmara de Cachoeira celebra Dia da Consciência Negra

A Câmara de Vereadores de Cachoeira, cidade histórica do Recôncavo baiano (distante 110 km de Salvador) promove, na Semana da Consciência Negra, uma diversificada programação na próxima quinta-feira (18) para marcar a data. As atividades serão concentradas no prédio da Câmara, e terão início às 19h30min com a palestra sobre o tema “Religião e Intolerância Religiosa”, a ser proferida pelo antropólogo Xavier Gilles Vatin, diretor do Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB).

Após a palestra do antropólogo Xavier Vatin, o presidente da Mesa Diretora da Câmara, Carlos Menezes Pereira, conduzirá o ato de entrega de honrarias aos cachoeiranos Marcelino Gomes de Jesus, sacerdote do candomblé, escultores Fory e Mister Nascimento e a yakekerê (mãe pequena) Márcia Maria Lopes do Terreiro Guarany de Oxossi. “Os homenageados são pessoas que se destacam na sociedade pela afirmação da identidade do povo negro, por meio de suas atividades religiosas, artísticas e sociais”, explicou o presidente da Câmara a escolha dos nomes.

A programação prosseguirá com a abertura da exposição de atabaques dos alunos do curso de confecção artesanal do instrumento, ministrado na Sociedade Filhos de Santo Antônio – Terreiro Ogum Mêge. No mesmo espaço, também serão expostos pinturas de orixás da artista Cecília Ferreira. Ainda como partes das comemorações estão previstas apresentações do samba de roda Filhos do Caquende e da Esmola Cantada. A Câmara de Vereadores, na oportunidade distribuirá para o público presente, material educativo sobre a prevenção da AIDS e de Doenças Sexualmente Transmissíveis, preservativos masculinos e femininos.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Após adiamento, PEC do diploma é levada para votação no Senado

Nesta terça-feira (16), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 33/09, que exige a volta da obrigatoriedade do diploma para exercer o Jornalismo, será votada em primeiro turno no Senado, segundo informou o portal Consultor Jurídico. A votação da PEC havia sido adiada duas vezes - em setembro e em outubro -, por falta de quórum.

Outra proposta sobre o mesmo tema, de autoria do deputado Paulo Pimenta (PT-RS), também aguarda para ser levada para votação no Plenário. Em julho, a PEC 386/09 recebeu parecer favorável da Comissão Especial da Câmara dos Deputados.

A PEC 33/09, de autoria do senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), foi apresentada depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) considerou inconstitucional a obrigatoriedade do diploma de jornalista para o exercício da profissão, em junho de 2009. No início de outubro, apenas 35 dos 81 senadores que iriam participar da sessão compareceram ao Plenário, inviabilizando o processo.

Um levantamento informal realizado pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) em agosto, revelou que a aprovação da emenda pelos senadores é incerta: apenas 48% deles se mostraram favoráveis à PEC. O presidente da Fenaj, Sérgio Murillo, havia afirmado que existe um "lobby" de entidades que são contra o projeto, e que representariam o interesse dos empregadores, como a Associação Brasileiras de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) e a Associação Nacional dos Jornais (ANJ). "Isso é absolutamente visível. Tem gente o dia inteiro dentro do Congresso Nacional, gente profissional, que é paga pra isso. E tem o poder do dinheiro, de negociar exposição pública...", declarou Murillo.(Redação Portal IMPRENSA)

Edital da Funasa

A Fundação Nacional de Saúde – Funasa, publicou dia 08 no Diário Oficial da União – DOU o Edital de Chamamento Público nº 002/2010-DENSP/FUNASA/MS, para apresentação de Projetos relativos à ação de “Implementação de Projetos de Coleta e Reciclagem de Materiais”.

Este Edital de Chamamento Público tem por objeto a seleção de projetos de Associações ou Cooperativas, sem fins lucrativos, voltadas diretamente às atividades de coleta e processamento de material reciclável, a serem apoiadas financeiramente pela Funasa, por meio de celebração de Termo de Convênio.

Poderão participar deste Edital as Associações ou Cooperativas de todo o território nacional, de qualquer região, estado e município, incluindo o Distrito Federal e desde que integradas por catadores de materiais recicláveis.

Para implementação do disposto no objeto deste Edital, as Associações e Cooperativas selecionadas serão apoiadas por projeto em até R$ 200.000,00 (duzentos mil reais) pela Funasa.

A ação representa um investimento total de R$ 9.764.584,94 no âmbito do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC)/Funasa para este ano, com estimativa de contemplar no mínimo 48 (quarenta e oito) Associações ou Cooperativas, até atingir o total do recurso orçamentário disponibilizado para a segunda etapa desta ação.

Nas propostas a serem apresentadas estão previstas apenas despesas qualificadas como de investimento, atendendo as seguintes finalidades:

a) Construção ou ampliação de galpão de triagem;

b) Aquisição de equipamentos para operacionalização das unidades de triagem; e

c) Aquisição de caminhões e outros veículos a serem utilizados nas atividades de coleta e transporte de materiais recicláveis.

Nas propostas a serem apresentadas, NÃO SERÃO FINANCIÁVEIS os seguintes tipos de despesas:

a) Qualquer tipo de obras, ressalvadas as previstas na letra “a”, do item 5.4.1, deste Edital;

b) Despesas de qualquer tipo que se destine à elaboração da proposta;

c) Despesas com serviços de consultoria ou assistência técnica; e

d) Quaisquer despesas de custeio.

As Cooperativas ou Associações que tiveram suas propostas elegíveis, por meio do Edital de Chamamento Público nº 001/2010, não poderão participar deste Edital de Chamamento Público nº 002/2010.

Para fins de participação neste Edital, só terão validade as propostas enviadas para análise via SICONV, no período de 09 de novembro de 2010 e 23 de novembro de 2010.

Mais informações poderão ser obtidas pelo telefone (0XX61) 3314.6622 ou no endereço eletrônico apoioaoscatadores@funasa.gov.br.